História Eu e meu violão - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Eldarya
Tags Trouxisse Aguda
Exibições 48
Palavras 1.347
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Bishoujo, Comédia, Ficção, Luta, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


OI GENTEEEEEEEEY

Sério, eu faço um especial de 12 likes e aí... Eu olho E VEJO QUE TEM 16! Comassim? Nem encerrei o especial de 12

ARIGATO ARIGATO ARIGATOOOOOOOO!

Leia aí S2

~ Bia-san

Capítulo 12 - A verdade


Eu fiquei parada, apenas esperando ver a figura do elfo enfurecido

"Heeh heeh"

O elfo saiu da sala de alquimia furiosíssimo, quase roxo de raiva

- Ally você ME PAGA!

Eu comecei a voar que nem uma loca pelo Q.G

~Dash run run run~

Eu fui até as lojas quando encontrei Purreru, o purreko que cuida da loja de mascotes

- PURRERU!

- A-ahn? A-ah! Ally! Do que p-precisa? - (N/A - Fala sério gente o Purreru é um fofo :33)

- Me ajuda, tem um elfo fulo da vida atrás de mim

- E-entre aqui na loja

- Obrigada! Obrigada!

Nós entramos e ele me apontou uma cadeira para eu me sentar

- O-o que fez dessa vez p-para deixar Eza-Ezarel desse jeito?

- Huh?

- A-ah! M-me desculpe! E-estou s-sendo intrometido e-e...

- Não! Que isso! Te conto com todo prazer!

- O-ok!

- Assim... - contei pra ele sobre a Sabalia e a bagunça que eu fiz

- S-se esconda!

Eu nem perguntei, corri pra baixo do balcão da loja e me encolhi quietinha

- PURRERU!

- S-sim, senhor Ezarel?

- Viu Ally por aí?

- A-ally? Ah...

"É agora, esse é meu fim, já podem assinar o documento de óbito"

- E-eu acho q-que ela foi para a-a clareira dos c-cedros

- Fazer o que lá?

- T-tomar um ar

- Hm. Vou indo

- A-até uma p-próxima senhor E-Ezarel!

O elfo sai da loja

- Posso sair?

- Acho que s-sim

- Obrigada, sério, te devo uma. Acho que se ele me visse ele me esganava!

- Hahah!

- Bom, pode cuidar da Sabalia um pouco? É perigoso correr com ela no colo

- C-claro!

- Me lembre de te pagar depois

Saí da loja e logo na minha frente vi Ezarel, olhando para os lado, provavelmente me procurando

"Você fica tirando sarro de mim, agora vai ter o que merece"

Andei atrás dele e cheguei bem perto. Ele andava de costas, o que facilitava meu trabalho. Comecei a tirar a fita que amarrava seu longo cabelo bem de leve, até a hora que consegui

"Isso vai ser hilário"

Ele sentiu o cabelo solto e olhou pra trás imediatamente, e quando virou pra frente...

- Belos cabelos, decoração de jardim!

Ele dessa vez ficou púrpura de tanta raiva. Eu tratei de sair voada dali (literalmente)

ALLY!!!

Eu voei pra cima de uma árvore bem alta

- ALLY CADÊ VOCÊ?

- Aqui em cima, Mister Cabelos-ao-vento

- DEVOLVE A FITA

- Ahn... Não

- Eu vou contar a Miiko suas gracinhas

- Ela não vai fazer nada. É só eu ameaçar desistir de ajuda-la e ela perdoa

- Sua...

- Meça suas palavras, parça, posso fazer coisa bem pior do que dar sumiço na sua fitinha de cabelo

- O que você quer de mim?

- Hm?

- O que você quer de mim? O que eu fiz?

- E você pergunta?

- Se pudesse me expli-

- Um: Quebrou meu violão; Dois: Me magoou; Três: Machucou minhas costas ao me lançar contra a árvore; Quatro; Aquela sua resposta de que tinha me lançado de encontro com a árvore por reputação não preciso nem comentar e por último: Traiu minha confiança assim como a maioria do pessoal do Q.G.

- ...

Eu saí de cima da árvore

- Se quiser que eu pare, aqui vai uma dica do que fazer: sem desculpas esfarrapadas, quero desculpas sinceras. Até lá, vai continuar sendo Mister Cabelos-ao-vento

- Eu tenho uma caixa inteira dessas fitinhas

- Já olhou o topo da árvore? Talvez possa enxerga-la daqui do chão

Eu fui até o Q.G, afim de ir na enfermaria, nem de longe eu quero que esse machucado na coxa infeccione

- Ugh, voar cansa

Eu ia entrar no Q.G quando...

- VOCÊ! O QUE FAZ AQUI? VOCÊ NÃO É AUTORIZA-

- Shiu, piranha. Miiko me autorizou a voltar pra cá

- EU NÃO ACREDITO!

- Pergunte a ela, piranha

- COM A AUTORIZAÇÃO DELA OU NÃO, VOCÊ NÃO VAI FICAR AQUI NO MEU CAMINHO!

Ela pula no meu pescoço e começa a apertar.

"Não reaja, não reaja, não reaja, alguém vai vim, não reaja"

- E-eu n-ão v-vou ca-ir no seu jo-gui-nho, p-p-piranha

- ALAJÉA O QUE SIGNIFICA ISSO?

"Finalmente chegou na hora certa"

- E-ez, não-

- Não o que? Saia de cima dela

- Mas... mas...

- Agora

"G-zuis, tava meio calor mas olha, depois dessa voz fria acho que fui parar no Himalaia"

 - SUA DESGRAÇADA!

Ela apertou com mais força ainda

- P-para, e-eu n-ão posso... e-explodir, n-não cairei d-duas vezes no mesmo lu-lugar

- DESGRAÇADA! VOCÊ ME PAGA!!!

O Ezarel segurou Alajéa que se debatia

- *Cof* *cof*

Eu me levantei

- *COF* Olha aqui - disse com a voz falha pela falta de ar - tanto você piranha, quanto você, decoração de jardim *COF* *COF*

Eu parei um pouco, sem ar

- Você, piranha, vai falar pra todo mundo *COF* *COF* o que você fez na enfermaria

- NUNCA!

- Então você confirma que fez?

- N-não Ez, ela está louca

- Você se queimou *COF*. Caiu na própria armadilha

- Agora vamos te lev-

- Eu não... - suspirei, essa falta de ar tava foda viu - terminei.

- Hm?

- Você. VOCÊ precisou ver o extremo pra acreditar, sab- *COF* *COF* *COF* sabia? Você assim como quase todos os outros - dei uma pequena pausa - não acreditaram nem com provas. Espero que saiba que daqui pra frente.... Eu VOU piorar

Fui até a Miiko

- MIIKO

- A-ally? O que foi?

- Chame todos. TODOS, ok?

- C-certo

Cinco minutos e todos estavam na sala do cristal, me encarando

- Ah, aí vem a piranha

- Me solta, Ez! 

"Voz melooosa"

- Pode se pronunciar, querida

- NUNCA! - ela parou ao notar que todos estavam ali

- Pronuncie você, então -disse apontando pro elfo

- Bom, eu estava voltando para o Q.G, normalmente, quando vi a seguinte cena: Alajéa, em cima de Ally, tentando sufoca-la

- É MENTIRA!

- Aah,é? Que dó, está sofrendo com a injustiça! SÓ QUE NÃO.

- Sua...

- Se é mentira, me explique - eu disse, deixando o pescoço à mostra - essas marcas de mãos no meu pescoço

- ...

- Aaah, certo, ponto meu

- QUER SABER? QUE SE DANE! EU ARMEI TUDO! TENTEI MATA-LA NA ENFERMARIA, MAS ELA ACORDOU E REVIDOU, ASSIM EU ERA A VÍTIMA! DESDE O INÍCIO, CONVENCI A TODOS QUE ELA ERA SUSPEITA! FELIZ?

- Muito. Acabou de gritar a verdade na frente de t-o-d-o o Q.G

- GRRRRRR

- Mas agora, é minha vez de falar, não? Kero, Ykhar, Leifan e Mery, venham aqui

- Mery? Como sabe que Mery está aqui?

- Eu sabia que ele viria aqui

Eles vieram ao meu lado, um passo atrás

- ELES olharam o meu lado. ELES reconheceram que foi um acidente. ELES não caíram na lábia da Alajéa. Porque?

Ykhar: Ela se envolveu com um namorado meu

Leiftan: Ela falou mal de mim pelas costas

Kero: Ela me humilhou na frente de todos

Mery: Ela já me xingou de: Pirralho, pentelho, Black - ele parou - vocês sabem o que e além de que, tia Ally é minha amiga

- Obrigada. Agora, onde está o Máscara?

Ele apareceu atrás de mim

- Chamou?

- AI NÃO ME ASSUSTA ASSIM PORRA

- Desculpa

Todos olharam espantados

- Eu não sei o que ele fez ou deixou de fazer, ok? Só queria agradece-lo de uma maneira especial. Porque? Bom, ele me acolheu quando fui banida. Me treinou, quanto aos poderes. Ele prestou ajuda sem me julgar. Só isso mesmo, já podem voltar a fazer o que estavam fazendo antes de convoca-los aqui

Eu ia me retirar quando...

- Uhg...! - Levei uma facada pelas costas

- Você não achou que eu ia deixar barato, achou?

Eu caí de joelhos, mas tive forças para responde-la

- Já perdi o olho, perder sangue então nem se fala. Você não me atinge fazendo um corte a mais pra coleção

- ALLY!

Apaguei

 

 

 


Notas Finais


Se petróleo é feito de fósseis decompostos, os dinossauros de plástico são de verdade?

ATÉ UMA PRÓXIMA VEZ!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...