História Eu e Meus Sete Irmãos - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bleach
Personagens Aizen Sousuke, Byakuya Kuchiki, Gin Ichimaru, Grimmjow Jaegerjaquez, Ichigo Kurosaki, Mayuri, Rangiku Matsumoto, Renji Abarai, Rukia Kuchiki, Toushirou Hitsugaya, Ukitake, Ulquiorra Schiffer
Tags Bleach Romance, Drama, Shoujo
Exibições 25
Palavras 1.971
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Colegial, Escolar, Esporte, Famí­lia, Festa, Harem, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Estupro, Incesto, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oi meus queridos me desculpe pela demora,mas prometo não demorar tanto dessa vez!

Espero que entendam tudo que vai acontecer !

Boa leitura !!!!

Capítulo 12 - A louca de momo-chan


Fanfic / Fanfiction Eu e Meus Sete Irmãos - Capítulo 12 - A louca de momo-chan

Estavam  todos quietos o caminho todo até chegar na casa grande de praia,o clima tenso estava no ar e ichigo,kaien,Matsumoto e gin não estavam entendendo nada do que estava a acontecer,mas sabiam que algo muito sério e ruim tinha ocorrido já que rukia não estava junto e os outros irmãos estavam nervosos e com ódio ,dava pra sentir o clima de raiva e tristeza se misturando no ar.

 

 

-Bem  nós chegamos,da pra parar  com  esse clima de suspense e contar o que está acontecendo e o porque de rukia não esta aqui com agente. Perguntou ichigo cruzando os braços  olhando sério para os irmãos.

 

 

-Que historia é essa dela ter sido seqüestrada  byakuya?! –  Como vocês sabem disso?! Perguntou Gin andando pela sala passando a mão nos cabelos.

 

 

-Como assim seqüestrada que porra que esta acontecendo mayuri!!!!! Grita ichigo nervoso indo em direção do irmão e o pegando pela camisa,o mesmo o olha triste e abaixa a cabeça confirmando.

 

 

-Solta o mayuri  ichigo a culpa não é dele! Fala Aizen separando os irmãos.

 

 

-O que esta acontecendo gente?!!!Pergunta Matsumoto deixando lagrimas saírem de seu rosto.

 

 

-Por favor nos digam o que esta acontecendo,onde ela está? –Temos que ir atrás dela,ela pode esta em perigo?!  - Falem alguma coisaaaaaa!!!!! Diz alto kaien nervoso olhando para todos na sala.

 

 

-Bem eu irei explicar!  Diz Byakuya com toda calma do mundo. –So peço atenção e se acalmem,precisam ouvir tudo com calma,mas antes por favor grimmjow traga o suspeito.

 

 

-E pra já irmão!! Grimmjow fala com ódio no olhar e logo sai da sala indo em direção do carro pegar ulquiorra que estava no porta malas amarrado.

 

 

-Que porra esta acontecendo aqui,já to ficando puto com vocês!! Fala ichigo nervoso. –Que merda de suspeito é esse.

 

 

-Acalma ichigo,deixa o grimmjow traze-lo e o byakuya explicar tudo,tenha calma. Fala Aizen calmamente.

 

 

EM OUTRO LUGAR.........

 

 

-Ela ainda esta dormindo? Pergunta momo-chan .

 

-Sim,acho que eu exagerei colocando esse sonífero acho que coloquei de mais. Fala Ashido a momo-chan.

 

 

-Não tem problema! –O que mais queria esta aqui comigo agora,é só uma questão de tempo para eu ter o que quero,eu vou destruir a vida dessa pirralha maldita. Momo-chan olha com ódio para rukia que estava desmaiada sendo colocada numa cadeira amarrada por Ashido,que fazia tudo que a irmã mandasse.

 

 

-Porque  odeias tanto essa menina,ela me parece ser tão doce e meiga,não me passou ser uma pessoa má. Fala Ashido com toda calma do mundo para irmã que serra os dentes com ódio.

 

 

-Não se engane com essa daí meu irmãozinho,ela é uma erva daninha e não vale nem o ar que respira.

 

 

-Esta feito irmã,se quiseres pode começar! Fala Ashido a momo-chan que sorri ao irmão com tamanha felicidade como se tivesse ganhado um presente.

 

 

-Vamos começar a brincadeira! Momo-chan da um sorriso diabólico vai ate um balcão atrás de rukia e tira um balde com água e vai em direção a rukia com toda calma do mundo,olha bem para a menina e grita. – ESTÁ NA HORA DE ACORDA VADIA!!!! Momo-chan joga o balde de água gelado na cara de rukia que com o susto levanta a cabeça e começa a tossir por causa do frio e da água que ela engoliu um pouco.

 

 

-Como!! –Onde eu estou?! –Momo-chan sua louca o que você esta fazendo comigo?!! Pergunta rukia com olhos assustados olhando para mulher a sua frente sorrindo e com olhos  cheios de raiva.

 

 

-Ohhhh!!!  Como a princesinha dos irmãos quer saber, sua vadia imunda,eu peguei  você para fazer de sua vida um inferno e fazer pagar por tudo que me fez passar de ruim sua vadia.

 

 

-Está louca  garota,nunca fiz nada a sua pessoa,você que fez comigo ,tão pouco sou vadia sua louca a única vadia aqui é você que dava pro meu irmão e fazia tudo que ele queria.

 

 

-CALA A BOCA SUA PUTA DE MERDA!!!!   Momo-chan deu um tapa bem forte na cara de rukia que virou o pescoço com a força do tapa mas não teve nenhuma reação se mostrando forte.

 

 

-Se você quer me fazer sofrer acho bom começar a melhorar sua escrota,não senti nada com essa sua mão imunda. Rukia olhava para momo-chan séria sem tirar os olhos um minuto se quer mostrando que não tinha medo da mesma.

 

 

-Acho bom a garotinha se comporta porque se não vou mandar meu irmão brincar com você querida rukia, HAUAHUAHUAHAUHUAHUA!!! Momo-chan dava uma gargalhada mor0tal na cara de rukia que mesmo com medo não se entregava,continuava firme.

 

 

-Então  Ashido és irmão dessa mulher,já se sabe que não vale nada! Fala rukia olhando seria para o rapaz a sua frente que se aproxima dela e fala em seu ouvido.

 

 

-Bem que antes tenho certeza que estava  molhadinha e preparada para abrir as pernas para mim,não é verdade rukia?! –Eu percebi que estava louca para abrir as pernas pra esse rapaz que não vale nada.

 

 

-Nunca seria louca de ter algo com alguém da sua índole,muito mais sabendo que és parente desse lixo. Rukia fala alto olhando serio pro mesmo que não pensa duas vezes e taca uma tapa em sua face.

 

 

-Olha como fala de minha irmã sua vadia,a próxima vez não deixarei passar.

 

 

-Não tenho medo de nenhum dos dois,quando meus irmãos souberem que sumi,vocês estão lascados.

 

 

-HUAHUAHUAHAUHAU!!!! Gargalhava Momo-chan olhando para rukia com desdém. –Eles nunca vão encontrar esse lugar,aqui será seu tumulo!! Momo-Chan  saiu da sala junto com o irmão deixando uma rukia toda molhada e com a face ardendo.

 

Rukia

Eu não sei como isso pode acontecer,como fui burra e não percebi que Ashido era uma pessoa ruim e de má índole,é rukia o tempo esta passando e você esta se tornando uma trouxa, agora esta aqui em lugar nenhum amarrada em uma cadeira esperando pela morte,pena que eu não pude me despedir de meus irmãos,do kaien e da Matsumoto,eu os amo tanto,espero que eles não sofram muito com a minha partida e eles fiquem  bem,;e papai acho que vamos nos encontrar mais cedo do que o senhor pensa,me espere que estou chegando,mas não irei sem lutar,como o senhor me ensinou a muito tempo atrás nunca abaixa a cabeça para o inimigo,ate o final mantenha a dignidade,é isso que irei fazer e não importa as conseqüências.

 

 

Rukia escuta a porta se abrir e vê momo-chan entrando juntamente com o irmão ao seu lado com um pedaço de um tipo de pau ou graveto,ela engoliu o seco e respirou fundo,decidida estava a agüentar ate o fim,não importasse o quanto sofresse,não iria da o gostinho da vitória para uma mulher tão baixa como a momo-chan.

 

 

-Está pronta para o inferno em sua vida começar queria rukia! Momo-chan sorria feliz da vida jogando o pedaço de graveto de um lado para o outro.

 

 

-Pode vim vadia,estou preparada  para suas loucuras e vacinada contra puta como você.

 

 

-Huahuahuahua!! – Acho melhor melhorar essa língua por que se não já viu a coisa vai piorar. Fala momo-chan a rukia

 

 

-Não tenho medo de você sua vadia de quinta. Rukia falava com toda convicção e  segurança.

 

 

-Ashido pegue aquele balde em cima do balcão e traga para mim.

 

 

-Sim irmã! Ashido pega o tal balde em cima do balcão e leva ate momo-chan que sorri vendo o irmão indo até ela. –Está aqui e agora o que eu faço?!

 

 

-Jogue nela  e va sentar no banco!

 

-Sim irmã! Ashido faz o que a irmã manda e vai se sentar esperando para vê o que iria acontecer daqui por diante.

 

 

-Agora rukia eu quero ouvir musica e ela será seus gritos de dor que irei escutar! HAUHUAHUAHUAHUAHUHUAHIUAHUA!!!

 

 

Momo-chan pega o graveto ou pedaço de pau não se sabendo bem e taca com toda força que tem nas pernas de rukia que com a força do golpe se contorce de dor mas nada se escuta,momo-chan olhando para  rukia e sua feição sem nenhuma reação a deixa com mais raiva e serra os dentes olhando para a menina que nada faz so a olha indiferente,mas uma vez ela com mais força taca mas uma porrada nas pernas de rukia que se meche um pouco mas não solta nenhum som de dor deixando momo-chan irritada.

 

 

-Maldita!! Porque não grita sua pirralhada maldita.quero ouvir seus gritos de dor sua NOJENTA!!! Momo-chan grita e fica com mais raiva ainda.

 

 

Ela pega e da varias porradas  pelo corpo todo de rukia a marcando nos braços e nas pernas,bate uma,duas,três,quatro,cinco,vinte,quarenta e por fim para desistindo,já tinha percebido que dali não sairia nenhum grito,rukia estava ensangüentada e com cortes horríveis pelo corpo todo,com certeza ficaria marcas  horríveis,a menina parecia  que não estava mas presente no mesmo espaço que momo-chan e Ashido,seus olhos não tinham brilho e estava perdendo a cor,na verdade rukia estava em outro lugar,para fugir da dor ela  foi para uma lembrança distante,quando ela brincava na areia da casa grande de praia com seu querido pai,sabia que estava machucada,mas não sentia nada nem raiva nenhum sentimento se quer,poderiam pensar que ela estava louca,mas não estava,ela tinha feito isso como escape para suportar a dor  e deu certo,ashido anda ate a irmã e tira o pedaço de madeira de sua mão,momo-chan não faz nada somente entrega ao irmão e vai andando para o banco que o mesmo estava e suspira.  

 

 

-Acho que já esta bom de bater nessa menina,se continuar assim vai matá-la,realmente quer acabar com sua vida por causa dela monalisa. Pergunta ashido sério olhando para a irmã.

 

 

-Estou com muita raiva,queria muito vê e ter o gosto de vê-la implorar,mas não tive esse gostinho,essa vadia ate isso me tirou.huahuahuahuahua!!!!! Momo-chan gargalhava da própria cara deixando seu irmão preocupado.

 

 

-Monalisa eu aceitei lhe ajudar porque me disse que essa menina aprontou com você  muito serio e queria se vingar dando uma lição que ela nunca teve quando criança ate agora,que era uma menina mimada e sem escrúpulos,ulquiorra achou estranho,pois achou a menina e sua família diferente de como você nos falou,mas mesmo assim continuamos seguindo  com os planos para vê-la feliz,agora assassinato eu não irei participar e nem deixarei que continue,eu a amo,és minha irmã e não deixarei que vá por esse buraco,sabes que terá conseqüências o que fizeste não sabes momo-chan?!  

 

 

-Sei........ e não ligo pras conseqüências,estou muito satisfeita de vê-la no estado que a deixei. Momo-chan sorri de lado e deita no colo do irmão que inicia um carinho em seus cabelos.

 

 

-E agora o que eu devo fazer! Ashido se pergunta olhando para rukia desmaiada e amarrada na cadeira toda ensangüentada e continua fazendo carinho em sua irmã.

 

 

DE VOLTA A CASA DA PRAIA.......

 

Byakuya já tinha explicado tudo a todos,eles  estavam na ajuda de procurar por rukia e onde ela poderia  estar,um ponto principal era ter o irmão da seqüestradora e dinheiro para mover céus e terra para achar a pequena deles,o delegado já estava ciente do ocorrido e homens selecionados por Aizen, mayuri e grimmjow já estavam na cidade vasculhando por tudo,Byakuya estava na delegacia ajudando o delegado com alguma informação que aparecia,ichigo e kaien estavam na sala de segurança  perto da praia procurando algo nas filmagens,ichigo sempre fora bom nisso,não muito mas dava pra ajudar,Matsumoto e gin estavam de carro andando pela cidade procurando pelos becos e histugaya resolveu ficar em casa com ulquiorra esperando noticias caso aparecesse algo de novo,horas se passam e nada de noticas de rukia o que já estava deixando todos nervosos com essa situação,sabia-se que a mulher era louca e podia ter feito algo com a menina ou ate matado,mas eles tinham esperanças,quando menos se espera quando mayuri sai de uma loja de vendas de prancha,seu telefone toca e ele reconhece o numero,engole o seco e olha pros irmãos e avisa que era momo-chan.

 

 

-Oi mayuri quanto tempo meu amor! Fala momo-chan com a voz mais natural do mundo. –Sentiu saudades.?! Pergunta a mesma como se fosse uma conversa de amantes e amigos.

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...