História Eu e, Minha! Vida! Conturbada!! - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Kris Wu, Lay, Lu Han, Personagens Originais, Sehun, Suho, Tao, Xiumin
Tags Exo, Vida Conturbada
Exibições 22
Palavras 3.525
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oi~ gente essa é minha primeira fanfic, por favor leiam, e mim avisem se tiver algum erro ,beijos, e espero que vocês tenham uma ótima leitura.

Capítulo 1 - Cap.1😋


Fanfic / Fanfiction Eu e, Minha! Vida! Conturbada!! - Capítulo 1 - Cap.1😋

O quê se fazer, em um sábado de manhã ?,quando você está com a perna quebrada, primeiramente você não, pode mecher a perna ,e também não pode fazer,muito esforço ná perna.Foi o médico quê falou ,mais não significa que ,eu irei ter o privilégio de desfrutar disso, por quê tem "PESSOAS" que não deixam.


Mais seria mais fácil não tentar, fazer esforço se eu não tivesse ,cinco indivíduos, tentando destruir meu querido apartamento...Affs ,Mas que merda, esses viado ainda vão mim pagar. 

A vou mim apresenta eu sou _____ tenho 20 anos e sou coreana, moro sozinha no meu apartamento em Seul- Coreia do Sul ,e tenho uma vida de merda meu povo lindo.


*barulho de pratos caindo,no chão e bastante gritaria vindo dá cozinha*


Eu dessi às escadas,correndo feito loca, não sei como, eu não cai desse k7 de escada... kkkkkkk ai sé o médico mim visse correndo assim ele arrancaria o gessu dá minha perna e ,faria eu o engolir.kkk eu não consigo esquecer a cara de raiva dele...voltando. Eu já cheguei gritando na cozinha.


-MAS QUE INFERNO É ESSE??.....-eles continuaram com a briga e nem mim olharam, fiquei muito chatiada eu ,cheguei gritando e eles nem pararam...esses viado tão mim ignorando é -Hamm... sério quê isso tá acontecendo- eu fiquei com bastante raiva tipo nunca foi ignorada e tô sendo agora por esses merdas. Mais voltando ão assunto.


        Assim quê eu cheguei, eu vi uma, cena quê mim deixaria feliz ,se não fosse dentro do meu apartatamentinho quê, eu ainda nem terminei de pagar, "Oh desgraça... eu tenho quê ,rever essas minhas amizades ,se é que eu posso, chamar isso de amizade".


       Mais então eu vou ,descrever à cena que erá do tipo de você pensar assim "POR QUÊ EU AINDA NAO MUDEI A PORRA DA FECHADURA DESSE APARTAMENTO"mais fazer o quê né.

então a cena erá de um, Baek e de um Tao, tacando meus queridos pratos e copos em um "SER HUMANO, QUALQUER", e de um Luhan quê tentava, segurar o Baek e o Tao,tadinho esse só tentava mesmo, por quê ninguém consegue segurar, essas duas bixas locas.


Tipo agora eu tenho quê falar uma coisa , eu achava que ,meu amiguinho Lay fosse lesado, mais dessa fez ele se superou, só para você saber o besta do Lay tava nó meio dos ,copos e pratos que àqueles dois "FDP" ainda jogavam, mais já do outro lado tinha, um Kyung tentando mandar aquele "SER HUMANO, QUALQUER" ,ir embora mais o próprio "SER HUMANO, QUALQUER"quê usava uma ,porra de uma máscara, só tentava falar,e eu já tava cheia dó ódio, e eles só continuavam e eu to começando, acha quê eu, vou ter quê baixar , o cassete neles e vai ser agora.


-PARAAAAPARAAA,K7, VOCÊS NÃO MORAM AQUI ,ENTÃO NÃO DISTRUAM A PORRA DESSE APARTAMENTO, E SE QUISEREM BRIGAR DE VERDADE, EU EMPRESTO ÀS MINHAS FACAS SEUS PUTOS.-assim quê eu gritei o Baek, jogou o seu último copo,quê foi em direção ao Lay que em vez ,de sair correndo ou de tentar se proteger, o filho de uma puta, mim puxou para frente dele,e eu foi assertada em cheio, bem ná cabeça com, um copo quê se estraçalho encima dá própria, eu senti uma dor quê ,só mim fez, ter vontade de morrer ná quele momento, doía mais ainda quando ,eu tentava fechar os olhos , alguém mim pega nó colo e sai correndo, depois disso eu consegui ouvir alguém falando algo sobre hospital, eu só consigo mim lembra disso e mais nada. "PRONTO AGORA EU, VOU VER AQUELE MÉDICO COM CARA DE CU":pensei antes de apagar.


                                  *QUEBRA DE TEMPO*


Eu acordo com uma dor na cabeça quê ainda pedia para que eu praticasse à arte do suicídio, olho para todos os lados e percebo, quê eles mim trouxeram mesmo para esse inferno de hospital, de novo,eu não fasso à minima ideia ,de que horas são, eo relógio desse quarto,nó minimo tá quebrado, por quê a porra só fica em 7h ,ainda por cima ,eu não tenho nada para fazer,e essa porra,de relógio tá mim incomodando.


-Caraio, não dá mais- falo pegando,um dos travesseiros e jogo nó relógio-MORRE DIABO!!!-assim quê eu falei, a porta se abre, e à pessoa que abriu a porta acaba, sendo acertada com um traviseiro ná cara, eu comessei à dar risada,mais tive que para por quê à pessoa que foi atingida retirou o travesseiro com toda grosseria , e ai eu pode ver o rosto do médico "TO MUITO PUTINHO PARA  TE ATENDER COMO UMA PESSOA NORMAL", eu quero saber,quem foi ò infeliz que deu, um trabalho para uma pessoa, tão trevosa, insuportável e grossera,ele jogou o traviseiro na poltrona quê, se encontra do lado dá porta, e começou a se aproximá dá minha cama, com uma bandeja repleta de comida hospitalar, ele puxou uma mesinha ,e colocou a bandeja encima e fez um, sinal com a mão, que eu não entende.


-Coma-ele falou curto e grosso ,e eu balançei minha cabeça negativamente, ele cosou as têmporas e mim olho seriamente- Coma- peguei a mesinha e a empurrei um pouco mais para frente, ele pegou a mesinha colocando perto de mim de novo ,quando eu iria inpurra ela novamente ele segurou minh mão- *suspirou frustrado* olha senhorita_____(seu nome completo),eu não estou com paciência e eu não estou aqui por que eu quero ,mim mandarão cuidar de você e não desgrudar os olhos de você, então eu acho melhor você comer isso, antes que eu mim exalte e enfie essa comida goela abaixo em você- eu engolir em seco e comecei a comer aquela comida horrível- e seu celular está dentro dá gaveta do criado mudo ão seu lado junto com o controle dá tv- assim ele foi andando até à poltrona e se sentou e ficou mim olhando com aqueles olhos assustadores.


                                                  ~×~×~×~


      Já tinham se passado, 10minutos desde que aquele cara entrou, aqui dizendo "QUE TINHA QUE CUIDAR DE MIM E QUE NÃO DEVERIA TIRAR OS OLHOS DE MIM",mais desde que ele se sentou na poltrona ele ficou mim olhando como ,a águia observá a presa, se eu já tinha medo dele quando o mesmo se movimentava , ele parado sem mover um músculo, e só mim olhando,é totalmente trevoso , e eu já estava literalmente ,"MORRIDA DE MEDO",do olhar dele e o silêncio que era mantido, não ajudava em nada.


- e~ei ei- eu falei com todo o receio do mundo, e ele nem piscou mais, continuou mim olhando- WOOOOOOOOW!!!!! K7, PARA DE MIM OLHAR,ASSIM E SAI LOGO DA QUE- dessa vez eu gritei.


-primeiramente, te pésso respeito, não grite e nem chingue, dentro de um hospital, e segundo, eu não posso sair da que, por quê eu tenho que cuidar,de você e ficar te olhando,para que você, não fassa nada de errado- ele falou sem mostra expressão alguma.


-eu não pressiso de babá e não sou loca, ok querido, e eu não sei quem te mando e nem o por quê mais, você pode ir embora- falei com uma pontada de raiva.


-Querida,mesmo que eu queira muito,"MUITO" mesmo ir, para minha linda casinha,eu infelizmente não posso deixar você a que sozinha, e respondendo sua primeira perguntas, quem mim mandou, ficar cuidando de você, foi meu chefe, o doutor Kim Minseok ,"aquele anão do demônio"- essa parte que ele, chingou o chefe ele pronúncio, como se fosse um sussurro, mais saio um pouco auto ,o bastante para que eu escutasse e desse risada e, ele também desse uma risada de canto sem mostra os dentes-e respondendo sua segunda pergunta, mim mandaram cuidar de você,e não retira meus olhos de você, pelo simples motivo, que nem se passaram, 1 mês direito que você apareceu, a que com à perna quebrada ,depois de ter caido de não sei quê diabo de lugar,e ter perdido um pouco de sangue,hoje você mim aparece com essa cabeça cheia de caco de vidro e.


- e daí , o quê tem isso- o interrompi


-é isso quê vou te explicar, então a onde eu estava, aaaah lembrei- ele falou ,com uma cara pensativa, até achei fofo, #sqn- e, ò pessoal da que do hospital,acha quê ou você é louca ou à mafia Koreana quer te matar- não consegue mim conter, e comessei à dar risada.


-kkkkkkk,meu deus, se eles já tão achando isso sem saber a verdade, só imagino como séria a reação deles,se soubessem a verdade kkkkkkk, com certeza eles iriam querer mim internar,por andar com gente maloca.


-mais não tem como pensar, de outra maneira-ele falou,como se quisesse, mim fazer uma pergunta


-por algum,acaso, pessoa você quê saber à verdade?-perguntei a ele.


-como você sabe?-mim perguntou ,pouco assustado ,e eu só dei de ombros- sim, mais você também quê saber algo né?-balançei à cabeça, em afirmação-o quê?


-como é o teu nome ,por quê você sabe o meu, mais eu não sei o seu?-ele mim olhou, um pouco assustado de novo,como se ninguém nunca perguntasse o nome dele.


-meu nome é, Kris Wu ou Wu Yifan como você preferir, mais agora mim conte a verdade sobre esses acidentes?-falou levantando da poltrona, e andando em minha direção ,acabando por ficar ná minha frente.

-eu acho melhor você sentar aqui ná cama- apontei para à ponta dá cama, e ò mesmo se senta e fica mim olhando esperando que eu fale alguma coisa- querido se você ficar mim olhando assim,não tem como falar nada né- ele deu um sorriso envergonhado, e cessou o seu olhar de maluco-  tá então começando.


                

                                        *Flashback, On*


29/09 /2016

Hoje é um dia totalmente turbulento pelo simples motivo, do filho de uma rapariga chamado "Byun Baekhyun" querer mim levar para, a segunda festa de formatura, que por mais de mil vezes, eu ter dito que não iria para essa merda de festa, não adiantou em nada,por que esse puto fez eu mim arrumar todinha, até salto esse menino fez eu usar.


Se você não está entendendo, hoje vai ser à segunda festa de formatura e eu não consegue convencer, esse menino que eu não quero ir,ainda mais por quê eu não quero ver algumas carinhas que definitivamente não são de deus.

e nesse momento nos estamos a caminho dessa bendita festa, que por algum motivo eu acho que não vai ser nada legal.


-*suspirei pesado* byun viado loko, falto muito- falei muito pé dá vida.


-esperá que nos já vamos chegar sapatona loka -eu continue imaginando, todas as mil e umas tretas que podem acontecer.


não demorou muito à chegar ná quela bosta de festa, eu poderia dizer que até que à festa tava bonita ,até pensei em mim divertir,

mais como se diz aquele ditado "FELICIDADE DE POBRE DURA POUCO",por quê assim que eu passei meus belos olhos em uma mesa um pouco mais perto dás bebidas,meu olhar se esbarrou com um dos amigos do demonio,que até sorriu para mim,mais como des meu amiguinho Tao ,dê suas costas eu o minimo de beleza que eles vão poder ter de você, e eu fiz isso mesmos, e ò Baek começou à mim levar até uma mesa a onde os meninos estavam, falei com todos e sentei ná cadeira rezando para quê está merda de festa terminasse. 


                                                  ~×~×~×~


eu já não estava, mais aguentando ficar com aquele salto,não aguentava mais ver bebida ná minha frente, não aguento mais o Baek a cada minuto vindo ná mesa mim puxar para dançar, e o pior é que ele tá totalmente bêbado, e não é só ele e sim todos os meu queridos amigos, você não sabe como é acada minuto, ver o kyung tentando estapiar alguém, ver o Luhan gritando com as pessoas por nada, ver o Tao dançando igual a uma puta ,e ver o Lay todo inteligente, chingando as pessoas em latim, e ver o Baek chorando por causa da bitches da Taeyeon, e eu só olho para aquela cena ,como se não fosse a primeira vez que isso acontece ,claro que não é ,mais hoje o show deles tá bem fraquinho, por quê da ultima vez o Tao abaixo as calças e ficou balançando a bunda seca, o Luhan e o Baek ficaram pelados e os dois começaram a se esfregar, e o Lay e kyung estavam beijando qualquer pessoa ,e tipo quando eu digo qualquer pessoa é qualquer pessoa tipo um mindigo.


   eu já tava cançanda de ficar olhando eles bêbados e cada vez bebendo mais, então levantei e foi para à sacada e mim escorei ná ponta da mesma , que ná minha opinião erá o melhor lugar da festa pois não tinha ninguém alí somente eu e deus, e uma placa que dizia ;não coloque muito peso nó Guarda-Corpo da Sacada; e eu ignorei óbvio, mais novamente eu estava errada ,pois comecei à ouvir passos.


-oi - uma voz calma chega até meu ouvido .


-o-foi interrompida pelo Baek.


-OLHA A QUE PARE DE FINJER SER EDUCADO COM ESSE SEU  "OI,OI" VOCÊ É MUITO PUTA MESMOS NÉ, SEU VADIA POR QUÊ ESTA FALANDO COM A MINHA____(seu apelido),SE VOCÊ FIZER MAÚ A ELA VOCÊ PERDERAR SEU BRINQUEDO, VOCÊ TA MIM OUVINDO PARK CHANYEOL- o Baek já estava falando e dando empurrois no peito do chanyeol, que consertesa  já estava bem estressado e olha que o coitado nem mim fez nada- RESPONDA,SEU GALINHA SE ACHA, SÓ PÔR QUÊ É AMIGUINHO DO CIRILO KOREANO, OU EU DEVO O CHAMAR DE SENHOR KIM JONGIN OU KAI , NÃO EU ACHO QUÊ  DEVO CHAMAR COMO VOCÊ PUTINHA DELE O CHAMÁ, "NINI" NÉ PARK-nesse momento o kai, brota do inferno com aquela cara de seila o quê.


-então você estava mim chamando "BAEEEKII",pera olha lá kristal ele está com a _____.


-ei, não pronuncie meu belo nome -falei o olhando fria mente .


-então Baekhyun,termine de mim chingar-ele falou mim olhando


-COM O MAIOR PRAZER- o Baek falou com um sorriso,embriagado-ALÉM DE SER UM PUTO,ELE É UM BELO DE UM VIADO QUE ESCONDE ISSO PEGANDO UMA PUTA, QUE SE ACHÁ À ÚLTIMA COCA COLA DO DESERTO MAIS NÃO CHEGA NEM AOS PÉS,DA ___ QUE SEMPRE VAI SER MELHOR DÓ QUÊ ESSA TAL DE KRISTAL-tipo gostei muito do quê ele falou ,pôr quê a kristal somente abaixo o olhar e foi para dentro dá festa novamente-VOLTANDO,AAAAH E O KAI OU NINI SEILA A PORRA DO TEU NOME CARÁ, MAIS VOCÊ É UM BELO CÓRNO, ANTES DÁ FORMATURA, TUA QUERIDA NAMORADINHA,PEGOU TODA À FACULDADE- o kai avanço encima do Baek, mais o chanyeol o segurou -KKKKKK, É CORNO ,VIADO E PUTA ,MAIS MESMO ASSIM VOCÊ KIM JONGIN, QUÉR  PAGA DE BONZÃO KKKKK- definitivamente meu amigo tá loco.


-OLHÁ AQUI......byun eu vou deixar você falar sozinho, ok- o Kai deu as costas para o Baek que continuava a rir .


-SÉRIO ISSO SENHOR KIM JONGIN, VOCÊ VAI MIM DEIXAR COM VONTADE DE TE BATER- o kai continuou à andar,e quando ele já estava saindo dá sacada- AFFFFSSS, BEM QUÊ EU SABIA QUE VOCÊ ERÁ UM ARREGÃO DE MERDA- o Kai parou e virou olhando para o Baek que se virou para mim- AAAAAH JONGIN VOCÊ NÃO SABE O QUAL ÓTIMO SÉRIA QUEBRAR A TUA CARA- nesse momento o Kai puxou o Baek com tanta força que fez o Baek virar e ser atingindo com um belo socó, com o impulso quê o Baek recebeu com o socó ele fez o mesmo se chocar comigo que fez com que o Guarda-Corpo da Sacada se partisse ao meio e nos fizesse cair.


-AAAAAAAAAAAAAAAÁAAAAAAAHHHHHHHHH- eu e o Baek gritamos em uníssono.


      Naquele momento enquanto eu caía, eu ouvia um monte de gente gritar um !NÃO! , também ouvi o povo pedir ajuda, mais as últimas palavras que eu ouvir foram essas.


-ÁGORA MORRA BAEKHYUN!-ele falou com um ódio bem presente em sua voz.

     

                                                  ~×~×~×~

eu abri meus olhos e mim deparei com um této branco, olhei para o lado e dei de cara com, um homem com toda sua bela expressão de "EU TO POUCO MIM FUDENDO PARA VOCÊ",andava de um lado para o outro,com uma prancheta ná mão, que nesta ele escrevia algo, ele retirou sua atenção da prancheta e em poucos minutos ele mim olhava como se eu estivesse estragado toda a vida dele"MAIS QUE PORRA NEM FIZ NADA......AINDA".


         Aquele médico percebeu que eu estava acordada e chamou alguém, não demorou muito e entrou outro homem com uma prancheta e veio ná minha direção.


-que bom, quê você acordou senhorita_____(seu nome completo),você está bem- ele mim perguntou,tocando minha perna ,eu acabei sentindo um ardor e acabei fazendo uma careta que nó mínimo saio muito horrível, pois aquele homem deu risada- desculpa não irei mais tocar, eu sou o dotor Kim Minseok, sua perna esquerda está engessada e você perdeu um pouco de sangue- ai Baekhyun você vai ficar alejado- suas costas estão com ataduras- óbvio né mosso se o baekhyun aquela baleia Caio em cima de mim- e seus pés estão um pouco inchados- Esso todo foi feito por quem, pelo Baekhyun "ÀQUELE VIADO DO CACETE".


-doutor kim Minseok, o sinhor pode mim dizer o estado do senhor Byun Baekhyun- falei ,torcendo para que o Baek nó mínimo tivesse perdido o pinto dele.


-Aaaaaaah,sim- ele falou como se tivesse lembrado de algo- o senhor Byun Baekhyun ,já teve alta- eu fiquei totalmente de boquiaberta, como esse macumbeiro fez isso - ele só torceu o braço e mais nada- ele falou normalmente- aaaah, e ele ficou desesperado  quando soube que você tinha se machucado muito mais que ele.


- ficou foi- falei com deboche.


-sim,sim- mais você doutor Kim Minseok é um besta- eu também fiquei assustado, eu nunca vi ninguém se machucar tanto assim quando cai de uma bicicleta- pera o quê, meu Deus, Baek você é muito ruim em mentiras- Como foi que você caiu dá bicicleta?


-eu estava apenas andando normalmente ná minha bicicleta, quando um carro veio ná minha direção e mim atropelou- ele mim olhou com a boca aberta como se estivesse falando "Ahhhhh".


-Olha teus amigos foram para sua casa , para tua chegada, eles já assinaram sua alta então meu amigo irar levar você para casa, ok- balançei minha cabeça positivamente, e aquele cara que ainda continua com sua cara de cu, deu uma passada afrente e mim pegou nó colo ,tipo eu poderia amar aqueles braços, mais a cará dele não tava ajudando em nada, para falar a verdade eu tomeio um ódio tão grande desse cará, que se eu ver ele de novo vou mandar ele tomar no cu ou então eu vou tacar um tijolo na cara dele.

     

                                             *Flashback, Off*

                              (também contei, sobre os pratos)

-então foi assim que eu descobre, que eu não gosto de festas, que eu não gosto de você, que eu sou alérgica a sacadas ,que a gravidade existe, que eu não posso ficar muito perto do Lay, e que eu nunca mais ,quero ver a cara do Jongin- falei


-kkkkkkkkkk- ele dava risada, mais agora ele mostrava os dentes, que por sinal eram bem bonitos - caramba você tem muita sorte,kkkkk- comecei à olhar ele com um bico nós lábios, e ele parou de dar risada , puxou o celular dele do bolso e mim olhou.


-o quê foi ?- perguntei .


-pode ir dormir agora- ele falou


-não- falei


-se você não for dormir agora, sua alta vai ser transferida só para amanhã a tarde- ele falou com um sorriso no rosto , "AIIIIIIII QUE SORRISO".


-Ok- dei as costas para ele e Fechei meus olhos- boa noite Wunnie- falei dando um sorriso, passou um segundo......ele já estava demorando demais para mim responder.


-b'boa noite, menina _____- ele falou um pouco tenso.


                                               ~×~×~×~

Eu não estava conseguindo dormir , peguei meu celular para ver as horas e eram 3h dá manhã , olhei para o lado e vi uma cena piedosa,

o Wunnie estava com a poltrona toda recostada e todo encolhido abraçando um travesseiro , levantei da cama com toda a deficuldade do mundo "CLARO EU TO COM À PERNA QUEBRADA" , foi em um armário que tinha à le dentro do quarto, e peguei um cobertor e cobre o Wunnie, mais quando eu subi ná cama.


-muito obrigado, pequena e boa noite- ele falou , e volto à dormir, eu fiquei pistola se ele tava acordado por quê ele não levantou, affs menino, pera ,não, eu que sou trouxa mesmo.


                                       *QUEBRA DE TEMPO*


Hoje eu poderia estar feliz mais , eu não estou por quê o viado do  Wu Yifan mim acordou dizendo que, tinha gente mim esperando, ele pediu para que eu mim arrumasse, e eu o fiz, depois ele mim ajudou a desser até o estacionamento do hospital.


-kris, cadê o Baek? - perguntei


-Aaaah, esqueci de te falar , seus amigos não estão liberados para te pegar, desda daquele dia- confirmei fazendo um ok com a mão.


-mais quem vai vim mim buscar?- perguntei já querendo que ele falece que ele iria mim levar.


- Olha- quando o Wu iria falar um carro ,preto com suas janelas totalmente cerradas, para na nossa frente- pronto o carro já chegou ,tchau ____.


-tchau Wunnie- falei dando tapinhas nás costas dele.


-Aiaiai, e não se esqueça, não brinque mais de bicicleta nó meio da rua,kkkkk- ele falou com deboche, eu dei risada ,ele abriu a porta do carro para que eu entrance, e eu entrei no carro,e assim que eu entre,i as portas foram travadas,fazendo com que eu tomasse um susto,e olhasse para o rosto do infeliz do motorista.


-SATANAS, QUE DIABO TO TÁ FAZENDO AQUI- gritei com puro ódio.


                     


                                                                       !! !TO BE CONTINUED!! !



Notas Finais


Se vocês estão aqui embaixo é por quê gostaram,*espero, kkkkk*, favoritem 💗💗por favor, compartilhem também,pelamor de senhora Sehuna, comentem,critiquem*brincadeira* .

saranghaeyo vocês muito, beijos e tchau😘😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...