História Eu e Você - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Personagens Justin Bieber, Personagens Originais
Tags Colegial
Visualizações 131
Palavras 2.598
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Famí­lia, Festa, Ficção, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura 📖

Capítulo 15 - Racha


Fanfic / Fanfiction Eu e Você - Capítulo 15 - Racha

Johnny . 


Eu namora até nas férias com Lupita , mais nas férias ela se mudou para Inglaterra . Então a gente tentou continuar o namoro a distância mais tava muito ruim é desgastante.  Fora que eu sou homem e longe dele não consigo evitar e olhar pras mulheres , e muitas dao em cima de mim . Além de que eu não sabia que oque ela tava fazendo lá  , vai que ela esteja me traindo , então resolvemos dar um tempo , e foi melhor para os dois . Quando volta a porcaria das aulas , mano , tanta gostosa novata. Principalmente a Franciny , cara eu fiquei louco por essa mina , a vontade que eu tinha era de casar com ela , além de muito gostosa e porcaria da mina é inteligente , educada , carinhosa e companheira , além de se dar o respeito , ela era a única que enfrentou o Justin. Meu amigo d infância , mais me afastei dele pela bobeira que ele resolveu fazer depois que a mãe dela o abandonou . Aí virou amigo do Ryan é do Chris piorou . Porque esses meninos podia ser gente boa , mais não era flor que se cheire . 

Mais não foi só eu que ficou louco pela Franciny , Justin declarou que quem tocasse nela antes dele , ele acabava com a pessoa , que ele seria o primeiro a pegar ela , achei que ela ia ser mais esperta e não deixar rolar nada com Justin , mais o Desgraçado é bom de papo . Convenceu Fran a ir pra cama com ele , ela era virgem mano .... Eu quase pirei quando soube que ele tiro a virgindade dele e não soube valorizar , ele tá perdendo uma mina perfeita por palhaçada dele , depois ele vai querer corre atrás e vai ser de mais.  

E eu que estou perdendo ela agora. 

Minha ex voltou , Lupita voltou ontem a noite , me dando uma surpresa da porra na minha casa , eu estava voltando da casa da Fran quando vejo ela sentada na porta da minha casa . Eu e ela conversamos . E resolvemos voltar com o namoro já que ela voltou . 

Então eu tô aqui na frente da Franciny . Desabafando . Contei pra mina mais linda que minha namorada que não podia mais ter nada que eu tinha voltado com minha ex . 



Franciny 



Ele me fala que voltou com sua ex , eles tinha terminado pois ela foi para a Inglaterra , mais agora ela tava de volta pra foder com minha vida , por essa mina num fica bem longe  , já que foi fica por ela , o Johnny tá bem melhor sem você , eu tô cuidando dele.  . Mais é claro que não podia falar isso pra não estragar o namoro dos dois neh . 


- Que isso Johnny , tá tudo bem . Eu entendo ,, e a menina que você gosta . Vai ser feliz , a gente nem chegou a ter algo sério - disse com muito custo .

- Obrigada por entender , só te peço uma coisa , não deixa mais o Justin te maltratar - ele disse .

- Não ... Quem é Justin ? .. aquele ali  quero ver morto e interesso .. nojento arrogante - disse revirando os olhos.  

- Isso ai .... Mais você disse que tinha algo pra me falar .. oque era ? - ele me olha 

- Não , não é nada não .- disse . Não querendo falar que gostava dele.  



O sinal toca . E todos os alunos vão pra salas de aula . Justin nem chego perto de mim , garoto insuportável eu tava com a camisa dele pra esfregar na cara dele , eu podia queimar essa porcaria mais não ia ter graça . Graças eu não tive aula com ele até a terceira aula . 

No intervalo eu ia falar com ela . . Falar não eu só ia joga a camisa dele na cara dele. Deixei Erika falando com Johnny mesmo ela dizendo que era bobeira minha , mais foda-se , eu gosto de provocar esse otario . Quando eu tava quase chegando perto do grupinho deles.  Emma entra na minha frente e me impedi de passa. 


- Sai da frente garota - eu ia pra um lado e ela me fechava , eu ia para o outro e ela me fechava . Toma no cu . 

- O Justin nao quer falar com você. Sai daqui , ninguém te quer aqui sua escrota , eu que sou a namorada do Justin , eu sou a estrela da vida dele , eu que sempre estou com ele ... Você . . Você é só mais uma puta na vida dele , que ele nunca vai valorizar sua filha da puta ..... 


Não deixei ela terminar de falar mal da minha mãe , mesmo minha mãe tenha vacilando comigo nos últimos dias eu amava ela.  Não ia deixar nem uma cachorra , que se paga de Santa que é a mais arrombada do colégio falar mal dela.  

Sem pensar duas vezes dei um soco na cara dele , minha mão ardeu de dor , mais só de sentir o osso da mandíbula do rosto dela de quebrando foi uma ótima sensação.  Ela saiu no chão , se contraindo de dor.  Eu estava consumida pela raiva.  Ela tem sorte que só foi um soco , Justin não mostro nem uma reação . Apenas me olhou e depois olhou pra Emma que chorava no chão , me chingando . Todos a nossa volta gritaram , e vaiaram Emma , ela se levantou e ia vindo pra cima de mim , mais justo puxa ela pelos cabelos.  O diretor surgi no meio de todos os alunos que gritava. 


- Posso saber oque está acontecendo aqui ? - diz ele olhando pra mim e pra Emma sangrando . 


Eu imaginei , eu ia me ferrar agora.  De novo .


- Essa menina diretor ...- Começou Emma. 

- A Emma tava ameaçando Franciny diretor , e Emma  ia bater nela  , mais a Franciny se defendeu , foi um assindente , culpa da Emma , ela errou . - disse Justin.  E Emma olha feio pra ele .. até mesmo eu . 


Essa bosta viva tava me defendendo ? 


- Oque ???? - disse Emma .- E mentira....


Justin olha sério pra  Emma e a mesma cala a boca na hora. Acho é pouco , até o próprio namoradinho dela ferrou ela .


- Emma pra minha sala agora - disse o diretor e assim Emma saiu rangada me encarando.  


Olhei pra Justin , e ele veio até mim com aquele sorriso que queria alguma coisa em troca .antes mesmo dele chegar perto de mim eu jogo a camisa dele na cara dele  


- Eu não vou agradecer . - disse e me virei saindo dali. 


Justin não disse nada , voltei pra mesa onde eu tava com Erika e Johnny . Eles nem ouzaram a falar alguma coisa . Nada que esse Desgraçado fazer de bom pra mim , vai ser motivo pra eu agradecer ou ficar de boa com ele.  

Nas próximas três últimas aulas tive na mesma sala que Emma e Justin. Ela estava com um curativo no rosto e não parava de me encarar . Pelo amor de Deus garota , esse cão não percebe que tá deixando o clima ainda mais insuportável . Tava contando os segundos pra sair daquele inferno . Quando bateu eu fui a primeira a sair daquele lugar , passei pela porta de entrada e fui para o estacionamento , andava em direção ao meu carro.  Quando eu destravei o mesmo , ouvi meu nome atrás de mim.  Tomara que não seja o verme do Justin. 


- Franciny .. Fran - não era a voz do Justin. Então me virei e me deparei com Alex a alguns passos até mim . 

- Oi Alex , oque foi ? - Disse 

- Nada não , só vim te chamar pra ir no Rachar amanhã . Já que você me deu um fora , vamos só como amigos , chama a Erika . - ele disse todo sem graça.  


Burra mesmo .. o Alex aqui me querendo também é eu fui para o Johnny , eu podia ter visto isso antes . Se eles namorava , ou se tinha ex . 


- Não Alex eu não te dei um fora .. e que .. só esquece oque eu disse tá .. eu ainda tô meia mal pelo oque aconteceu com o Justin - disse . - Vamos tentar de novo , pode ser.  

- Era oque eu mais queria ouvir - ele disse e me puxa pela cintura . 


Me beija bem ali mesmo , no meio do estacionamento , na frente de todo mundo , entre os beijos senti os olhos de Justin sobre nois dois , mais continuei beijando Alex . Mano que beijo e esse.  


- Que horas e esse Rachar ? - disse separando nossos lábios procurando ar. 

- Começa as 23:00 , quer que eu te busque ? - ele diz .

- Podem sim , ah Erika talvez vai tá lá em casa . 

- Ótimo levo as duas então  , passo lá às 23:00 . - ele disse me mando um selinho e saindo . 


Quando ele se virou vi Justin me olhando sério. Ele não estava com a puta da Emma . Justin entrou no seu carro e saiu cantando pneu . Eu entrei no meu e sai logo depois dele. Quando cheguei em casa minha mãe não tava , eu e ela tavamos normais , mais também não falávamos uma com a outra , mano foi ela que errou , eu só tentei ajudar. Mais que porra , sera que tudo que eu faço é visto como errado , vai a merda todo mundo.  Liguei pra Erika pra confirmar o Rachar a manhã e a outra já disse que tinha sido chamada , mais não me disse quem , legal minha própria amiga me escondendo os boy dela.  

Acabei durmindo mais cedo hoje , tava com a cabeça cheia , queria um descanso . Mais fiquei conversando no whatsapp com Alex , Erika e Eliza , minha amiga da minha cidade natal , saudade dela . Ela me mataria se soubesse de Justin , não contei pra Eliza sobre ele . Não quis conta algo horrível que aconteceu comigo . 


(...)


Caralho . . . Celular para de gritar no meu ouvido porra ... Quase esmurrei meu celular na cama sonolenta por que essa porcaria não parava de tocar o alarme , mais que inferno . Levantei e fui para o banheiro fazer minhas higienes , tomei um banho pra tirar esse sono , aproveitei e lavei meu cabelo pra hoje a noite, sequei no secador e penteie , fiz um coque frouxo e fui tomar café. 

A mesa tava posta pela primeira vez a muito tempo . Minha mãe tomava café , e estava de bom humor . Logan concerteza , não tô afim de saber , nem de falar desse assunto . Ficamos em silêncio e logo ela se saiu para o salão de beleza , disse a ela que ia para um rachar e ela nem se importou .


- Eu também vou usar drogas mãe - disse gritando quando ela saia de casa . 

- Tá tá filha .. só chega bem em casa - ela disse distraída e sorrindo .


Bufui e não dei moral pra ela  

Logo Erika e eu já estavamos prontas esperando Alex . ( Roupa no início ) . Escutamos a campainha tocar e lá está Alex , como ele tava gostoso nossa .. ele nos levou para o Rachar , que era bem longe da cidade de Los Angeles . 

Sabe oque e ter 15 mil pessoas é apenas um lugar no meio do nada . Tinha vários carros , antigos e importados , meninas dançando , luzes e um DJ lá no alto no palco . Uma rua se alongava bem no meio da festa , e tinha 1 km . Uma dupla de carro fazia uma corrida quando chegamos.  Quando eu e Erikas saímos com Alex , as pessoas nos olharam , mais especificamente para mim , tinha só aluno do meu colégio aqui , Caraí ..   se ser merda todo mundo fofoca na escola . 



Justin Bieber.



Não vou negar que admirei A Fran dando um murro bem dado na cara daquela puta da Emma , menina chata da porra , eu namorado dela , iluda , apenas fico com ela porque ela fode comigo sem nem mesmo eu pedir , mais não fode melhor que a Franciny , essa vadia me deixa louco , não paro de pensar nela , mais que porra velho ... Eu fiz a namorada do Johnny volta pra cá só pra ele não ficar com a Franciny e agora ela tá se envolvendo com aquele viado do Alex . Toma no cu mesmo , depois ela reclama que chamo ela de puta.  

Hoje tem Rachar , eu que criei esse evento .. que vou falar que é meu melhor negócio . E povo daquele colégio vive ali , adora comprar as drogas que vendo . Comecei nessa vida do crime a pouco tempo , e já tem neguim vindo caça problema comigo , homens conhecidos como os caras do tráfico tá com medo de mim ... Não vou falar Que não gosto dessa vida . Mesmo eu tendo tudo que quero , o dinheiro ilegal do crime me da uma pura adrenalina . Foda-se meu pai , quero que esse velho arrombado morra . Nunca entendi por que esse escroto me tratar assim com tanta brutalidade , já estou chegando no meu limite , e daqui pra li pra eu mete uma bala na cara dele . 

Eu estava chegando no Rachar com minha Mercedes Benz A200 , todos comia meu carro com os olhos . Adoro que falam de mim . Assim que estacionei meu carro na minha vaga , já que quem manda nessa porra sou eu . Assim que sai várias vadis veio ao meu lado . Andei até o capô do meu carro  , e fiquei ali sentado com putas quase nuas a minha volta , Ryan é Chris também estava sentados no capô de seus carros com várias vadias . Ryan com Uma BMW , e Chris com uma Ferrari preta . 


Foi quando eu vi ela.  


Franciny estava ali , ela dançava não ... Ela esfregava a bunda gostosa dela no pau daquela Desgraçado do Alex . Eu vô mata esse viado da porra , quem é ele pra pegar minha mulher.   Ela bebia em seu copo e dançava com Alex , ela tava tão linda que não consegui me controlar , joguei as putas que tava em minha volta para o lado. E andei até ela.  


Ela então notou que eu tava indo até ela.  


Quando eu ia chegar perto dela.  Escutei alguém atrás de mim e tocar meu ombro .me viro rapidamente . 


- Olá Justin . - disse Robson .


Robson era um traficante de Los Angeles , eu tinha roubado uma carga alta dele semana passada , com dinheiro e drogas . Será que ele descobriu que fui eu ? ... Eu tenho muita vontade de mata ele , para tomar seu lugar e um dia isso vai se realizar . 





Notas Finais


Ate o próximo capítulo 🎀 Bjos


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...