História Eu e Você - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Sakura Haruno
Tags Naruhina, Nejiten, Sasusaku
Visualizações 49
Palavras 1.789
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Festa, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Olá babys, estou de volta.

Capítulo 2 - Só mais um dia


Fanfic / Fanfiction Eu e Você - Capítulo 2 - Só mais um dia

SAKURA ON

  

Meia noite e nada de sono chegar, logo após Hinata chegar avisando que Ino não poderia vir, pois estava ajudando na empresa da sua família, encomendamos duas pizzas.

  Karin atualizou Hina e logo depois as duas estavam me fazendo perguntas, se ele fazia algo suspeito, ou demorava além do tempo normal para chegar quando ia fazer algum ensaio, já que ele é um cantor. Mas não tinha nada que me lembrasse, e agora a meia noite depois de retorna a minha casa eu ainda estou matutando, o que eu não vi?

 Cheguei até pensar que foi alguma coisa que eu fiz.

  Mas tirei essa idéia da cabeça, pois sempre que podia eu estava com Sasori, dava toda atenção do mundo para ele, o infeliz era meu porto seguro pra tudo, assim como eu era o dele. O nosso relacionamento parecia perfeito, ninguém tinha ciúme excessivo, a gente vivia bem e era meta de relacionamento pra muitos, eu era compreensiva em relação ao trabalho dele de cantor, assim como ele era compreensivo com a minha faculdade de medicina que ocupava uma boa parcela do meu tempo. 

 

Porque ele fez isso?

Por quê?

 

[...]

 

  Acordei com uma gritaria que ecoava por toda a mansão, e logo me levantei reconhecendo o dono da voz escandalosa.

   Sai do quarto indo direto para as escadas percebendo que ainda não tinha amanhecido por completo, assim que fui para sala me deparo com Sasori sendo segurado por um dos guardas da mansão.

_MEU AMOR ME PERDOAA EU TE AMOO_ meu coração se contraiu, ele estava horrível e aparentemente bêbado, lagrimas escorriam pelo seu rosto_ EU JURO QUE NUNCA EU TE TRAIO_ sim ele estava tão bêbado que estava esquecendo as palavras, de repente a cena dele em cima daquela mulher enquanto a cama rangia veio a minha mente, lutei contra as lagrimas, mas por final elas venceram, em saber que aquele ruivo bêbado a minha frente é o amor da minha vida. Respirei fundo tentando conseguir forças para fazer o obvio nessa situação.

_acabou Sasori não tem amor aqui_ engoli o choro tentei soar firme mais foi em vão_ aqui agora só tem ódio, raiva e nojo e todos eles direcionados a você_ menti,olhei para o guarda_ tire ele daqui e se ele resistir pode chamar a policia, porque isso é invasão_ o guarda deu aceno afirmativo enquanto arrastava Sasori porta a fora,então a gritaria de antes parou, eu desmoronei, senti meu rosto quente enquanto as lagrimas caiam.  Logo depois de longos minutos (eu acho) a porta foi aberta, dando passagem para meus pais e o meu irmão mais velho.

_minha filha?_minha mãe perguntou indo em minha direção_ por que você ta assim meu anjo?_ela se ajoelhou ao meu lado e me abraçou, em questão de segundos o mesmo guarda que levou Sasori para fora, apareceu relatando tudo o que houve para o meu pai e meu irmão.

_Kakashi meu filho, por favor, pegue água para sua irmã _meu nii-san deu aceno positivo e desapareceu indo em direção a cozinha_ o que aconteceu entre você e o Akasuna?_ Sakumo meu pai perguntou, mas toda vez que eu ia tentar responder o que tinha acontecido, um nó em minha garganta não deixava, o que me fazia chorar mais, meu coração se contraia_ calma, calma_ ele passou a mão em meus cabelos _depois que você se acalmar, a gente conversa_ Kakashi voltou com uma jarra de vidro azul cheia de água, ele me entregou o copo cheio, bebi tudo em um gole e pedi mais, assim que terminei de beber a água eu consegui me acalmar.

_obrigada nii-san_ um sorriso ameno brotou em seus lábios e novamente ele desapareceu.

_agora que você melhorou, sente-se no sofá por que to muito velha pra ficar de joelhos no chão_ Mebuki (minha mãe) falou dando uma risada gostosa, me levantei junto a ela sentando no sofá, meu nii-san retornou se juntando a nós_ agora conte o que aconteceu_ suspirei e comecei a contar, todos até meu irmão se surpreendeu pelo que o Sasori fez, minha mãe claramente estava morrendo de ódio pois seu rosto estava hiper mega vermelho e sua mão estava fechada em punho_ que canalha,ele não fez nada com você?

_não, ele não fez nada comigo mãe, relaxa_ falei tentando passar conforto.

_qualquer coisa_ Kakashi falou pela primeira vez_ se ele tentar alguma coisa é só me ligar nanica_ às vezes ter alguém da sua família que faz parte da FBI traz uma segurança inevitável.

_obrigada girafa_ dei um sorriso, conversa com minha família realmente melhorou meu humor e aliviou a dor em meu peito_ eu vou tomar um banho, daqui a pouco tenho que ir pra faculdade.

_descanse hoje Sakura_ Sakumo falou franzindo o cenho, ele estava preocupado, mas eu tinha que continuar minha vida, independente o que fosse o ocorrido_ você acordou muito cedo hoje, e ta passando por um momento difícil.

_papai, eu to péssima é verdade, mas eu não vou parar a minha vida por causa de um problema qualquer ta?

_ é isso aii essa é minha menina_ Mebuki falou com orgulho eminente.

 

Subi as escadas indo direto para o quarto, peguei meu celular em cima do criado mudo e entrei no banheiro, mandei mensagem para as meninas contando do ocorrido, e fui tomar banho, após realizar toda minha higiene matinal sai enrolada na toalha, com meu celular em mãos, elas haviam mandado varias mensagens foi difícil responder todas, elas estavam bem curiosas, deixei o celular de lado e fui me arrumar. Vesti uma calça de cós alto e uma blusa listrada, um tênis all star e passei uma maquiagem leve, tentando disfarça as olheiras. Fotos nas notas finais

   Peguei meu celular e minha bolsa que já estava arrumada pra mim ir para faculdade, abri ela pegando as chaves do carro e conferindo se tinha tudo o que eu precisava, chequei novamente minhas mensagens e as meninas marcaram de tomar café da manhã na lanchonete The Magic, confirmei que ia, dei uma ultima olhada no espelho e vi que não estava a melhor coisa do mundo, porque eu ainda estava com cara de sono mas valia o esforço.

   Segui para o carro sem fala com meus pais, eles já estavam dormindo e com certeza estavam muito cansados do plantão. Ganhei um beijo na testa de despedida do meu irmão e fui para o the Magic, as meninas já estavam todas reunidas em uma mesa perto do balcão.

_demorou testuda_ Ino se levantou e me abraçou_ fiquei sabendo o que houve, pode contar comigo pra enterrar o corpo_ fiz uma careta e ela riu, em seguida cumprimentei Hinata e Karin.

_ agora me conta, o Sasori realmente apareceu na sua casa hoje?_ Karin perguntou com as sobrancelhas arqueadas, acenti_ então...

_calma Karin_ Hinata a cortou_ deixa a Sakura comer algo e se recompor melhor, deixe pra ser inconveniente mais tarde_ ela suspirou, Karin bufou cruzando os braços _ vamos pedir algo to morrendo de fome_ fez bico e a porca (Ino) chamou alguém para nos atender, uma atendente apareceu e pedimos cappuccinos e rosquinhas_ como você ta Saky?

_ como você acha?_ Hinata me lançou um olhar triste

_para de dramatização as duas, amiga_ Ino falou olhando pra mim_ eu sei que vocês estavam juntos faziam 4 anos e que iam se casar, mas não fique parada no tempo e tente desapegar dele o mais rápido possível, ele te traiu, eu sei que dói mas ele não vale uma lagrima sua,  e agora você vai aproveitar sua juventude pois você só tem 20 anos e ainda tem muita coisa pra você viver_ Hinata deu um sorriso e Karin ficou com os olhos arregalados e começou a bater palmas e entornou sua boca.

_ARRAZO LOIRA_ Karin falou sorridente_ e apoio totalmente sua ideologia_ ela fez coração com as mãos em direção da porca _ tive uma idéia!!!_ falou batendo palmas.

_eu to ferrada_ me debrucei em cima da mesa.

_Karin o que eu disse sobre ser inconveniente mais tarde!_Hina falou com um tom reprovador.

_Ino acabou de ser e você não a crucificou hrum_ Karin cruzou os braços

_eiii eu não fui inconveniente!_Ino falou e Hinata pegou seu celular e começou a digitar.

_foi sim!_ a ruiva respondeu _ bom a minha idéia é o seguinte, o que vocês acham de acelerar o processo da dor de cotovelo pos separação da Saky_ levantei a minha cabeça_ agora você se interessou_ ela deu um sorriso torto, revirei os olhos para a minha sorte o pedido chegou, nos começamos a comer.

_voltando ao assunto, como assim acelerar o processo?_ a porca maldita perguntou

_ da pra parar vocês duas, caso vocês não perceberam eu peguei meu noivo em cima da cama com uma mulher qualquer!_ falei exasperada_ e isso foi ONTEM!

_e é por isso que a gente ta tendo essa breve conversinha Saky_ Karin deu piscade-la _ você precisa superar o quanto antes!

_ Meninas vamos, daqui a pouco a aula começa e a gente não pode se atrasar Saky_ Hinata falou lançando um olhar cúmplice em minha direção (eu já disse que amo a Hina? Pois é eu amo a Hina), todas concordaram e seguimos para faculdade.

    Quando chegamos lá vi que ainda tinha muito tempo para aula iniciar, e me deu vontade de tomar suco. Falei para Hinata que ia à barraca do Ichiraku e perguntei se ela queria algo, mas ela negou.

 Então sai porta a fora, seguindo os corredores até chegar à entrada da universidade, logo avistei a barraca em frente ao trailer e para a minha surpresa Naruto e Gaara estavam comendo ramen.

_oie Sakura-chan_ Naruto falou dando um sorriso gigante.

_hã oie Naruto_ e olhei para Gaara_ oie pra você também Gaara.

_oie rosada_ fiz uma careta, nunca curti de o pessoal me chamar de rosada_ fiquei sabendo do que aconteceu, lamento_ me lançou um olhar com pena, eu já tava ficando de saco cheio de olhares de pena, mas dei um sorriso afinal ele é meu amigo vez do ens.fundamental, fiz o meu pedido e me sentei ao lado de Naruto.

_E como você ta Saky?_ Naruto perguntou receoso.

_eu to bem_dei uma pausa_ triste, mas bem_ ele deu um sorriso breve e voltou a comer seu ramen. Não demorou muito para o meu suco de laranja ficar pronto, assim que paguei deu uma bebericada.

_já vou indo_ assim que virei descendo do banco dei um encontrão com alguém fazendo meu suco cair no chão, não sei o que deu em mim, mas me bateu um ódio mortal momentâneo, olhei pra cima vendo Sasuke com a cara fechada.

_ta me devendo outro suco_ falei irritadiça e senti meu rosto ficar quente.

SAKURA OFF

AUTORA ON

para ou continua?


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...