História Eu & Ela Contra Todo Mundo - Capítulo 1


Escrita por: ~ e ~MinYunni4

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Amizade, Amor, Bff, Brigas, Colégio, Drogas, Escola, Melhores Amigas, Originais, Ps1c0p4ta, Yaoi, Yuri
Visualizações 10
Palavras 953
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Famí­lia, Fantasia, Festa, Hentai, Lemon, Luta, Mistério, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Shounen, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Spoilers, Suicídio, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oie, eu sou a Maluh, e espero que gostem dessa fic, ela é escrita com muito carinho por Euzinha e Giovana . ♥

Capítulo 1 - Prólogo ~O último dia


Fanfic / Fanfiction Eu & Ela Contra Todo Mundo - Capítulo 1 - Prólogo ~O último dia

{Maria Luiza Marques Rodrigues Delgado}

15/04/2015 

Então é agora, a hora que eu digo adeus a todos os meus amiguinhos , que estão comigo des do primário, uns des da creche. Embora eu saiba que aqui nunca foi o meu lugar, dói dizer tchau à eles.

-Então você vai mesmo ? -Perguntou meu professor do quinto ano o senhor Sérgio.  Ele é gordo e engraçado. 

-Sim professor,  minha mãe me busca amanhã. 

-Ok, espero que tome jeito lá. 

E a sala soltou aquele risinho. Podemos dizer que naquela escola eu não  era um amorzinho de pessoa, um dos motivos por ter que ir embora. Suspensões eram frequentes , sou muito agressiva com as pessoas, eu batia em meninas e meninos quase todo dia, queria saber me controlar.

-Iza, eu venho vizitar você quando puder . -Abracei uma garotinha pequena , chamada Izabelly, ela é adoravel , única amiga que eu vou sentir falta.

-Iza fala para o Carlos que eu vou embora hoje ? -Cochichei em seu ouvido. Sim, com dez anos eu tinha um "Paquerinha" , ele não me dava bola , é claro,  um garoto de dez anos quer brincar de bola com os amigos, não procurar uma namorada.

-Eu vou falar, espero que você esqueça ele , faz tanto tempo.

-Só faz o que eu pedi Iza.

Então ela saiu correndo pelo pátio,  indo até  ele , e eu fui para perto da quadra, bem atrás da cantina, gostava de ficar lá as vezes , eu gosto de olhar o meu professor de Hip-Hop passando e repassando coreografia na quadra, sempre fui apaixonada em dança, mas agora , infelizmente , sairei daqui e vou ter que dizer "Tchau" para o professor "Bad".

Ouvi o barulho do sinal e então fui para a sala. Me sentei na penúltima cadeira na sala, perto do meu colega André,  eu e ele gostavamos de zoar a aula inteira.

Olhei para o outro lado da sala e vi o garoto de cabelos castanhos e uma  pequena pintinha na bochecha , aquele era o meu melhor amigo Kauã. Sem dúvidas a pessoa que chorarei quando lembrar. Eu e ele somos muito iguais, gostamos de gritar músicas da Demi Lovato, desenhar Minions ,  e formar casais na sala. Nós amamos  Minions. 

Queria  não ir , mas sei que é bom pra mim , meu pai não está me educando tão bem -Segundo minha mãe- e agora vou morar com ela.

Copiei algumas coisas , não prestei atenção em nada , não que seja novidade. Olhei para o professor e lembrei  que ele foi o único que conseguiu me ensinar divisão, eu demorei  pra entender , mas ele me ensinou tão rápido. 

Eu tinha uma amiga, que se chamava Carol, mas assim como eu , ela foi embora , ela foi pra longe , o Carlos gostava dela e eu sentia raiva disso, mas nunca consegui me irritar com ela , por isso.

E então, o sinal bateu , essa é a última vez que ouvirei esse sonzinho chato. Arrumei minha mochila e fui até a porta, formamos a fila e fomos andando atrás do professor, até chegarmos no pátio.  Avistei todas as salas ali enfileirada, esperando seus pais, assim como eu. 

Eramos tão pequenos que  não ouve choro, nem dramas, foi tudo normal, mais doloroso para os mais próximos. 

-Kauã eu vou sentir saudades ! -Falei enquanto o abraçava. 

-Eu também Lolo (como me chamavam).

-Você ainda tem a lua do Fábio ? -Perguntei .

E então você se pergunta "O que é a lua do Fábio ?" , bom , vou explicar.  Des do segundo ano, a gente tinha um amigo, o nome dele é Fábio, mas ele foi embora,  e um dia ele levou uma caixinha com vários objetos de vidro, e deu para algumas pessoas, eu fiquei com uma lua transparente e o Kauã com uma azul. E então guardamos como lembrança. 

-Sim.

-Então guarde e nunca se esqueça da gente.

-Ok.

Eu e Kauã eramos como irmãos, já tentamos namorar , mas nosso destino é a amizade mesmo. Nuncae esquerei dele.

-Vem cá Anã. -Chamei Iza, ela sempre gostou do Kauã, mas ele era bobo demais pra perceber.

-Tchau Maria.

-Tchau Iza.

Soltamos o abraço.

Tinha alguns alunos que olhavam de longe, como quem gostaria de vir e dizer tchau pra mim , mas eram orgulhosos demais para tal ato.

-Tchau Bianca. Tchau Clara. Tchau Nicole.... - Tentei dizer tchau a todos, foi impossível , mas eu tentei.

Olhei mais uma vez ao redor , e vi perto da quadra as salas dos primeiros anos, aquela sala tinha cheiro de giz. Olhei para a frente e lembrei que minha antiga professora do quarto ano trabalhava ali , secretária Sulinaire. Olhei para o outro lado e vi a sala da dentista, onde eu odiava eentrar, eu não gostava daquela senhora. Vi a cantina , as escadas, os banheiros, a quadra , e um quiosque bem longe. Sentirei saudades.

-Tchau. - Disse acenando a mão para os meus amigos.

Então fui até a entrada da escola e vi meu pai me olhando sorrindo, subi as escadas com minha mochila de rodinha e sorri pra ele.

-Não arrasta no chão meu amor. - Falou ele pegando a mochila da minha mão , cuidadosamente. 

-Ah, que que tem !? -Resmungo e ccontínuo andando com ele até a saída. 

-Tchau Gurdinha , você vai continuar me devendo 100$ pra sempre.

-Ai meu deus. -Falou ele fingindo estar desesperado, depois rimos. -Vem visitar a gente heim !

-Se minha mãe deixar. -Falei rindo. -Tchau. -Acenei.

-Tchau .

Fui até a moto do meu pai , ao seu lado , chegando lá ele montou nela e logo em seguida eu fui atrás,  levando a mochila do lado. Eu olhei de frente para aquela escola e , eu sabia que era hora de dizer "Adeus" pra minha vida de menininha mimada...!

-Adeus...


Notas Finais


Foi isso , se vc gostou deixe um comentário e me diga sua opinião. Esse capítulo conta como foi meu último dia na minha escola antiga.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...