História Eu + eu e você - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bates Motel, Lendas Urbanas
Personagens Personagens Originais
Tags Alterego, Assasino, Creepypasta, Família, Jeffthekiller, Mortes, Problemasmentais, Psiclogico, Psicologia, Romance
Visualizações 12
Palavras 1.221
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Bom agora só coisa ruim vai acontecer!!! Bom sla ..

Capítulo 2 - Cap 2


Fanfic / Fanfiction Eu + eu e você - Capítulo 2 - Cap 2

Abro a porta com uma certa violencia , acendo a luz e jogo as chaves em um canto qualquer  ..


__Day ? .--uma porta a minha frente e aberta revelando de la um rosto com a face preocupada  --.. aahhhh e a bitch


__senhora mãe ?..--a encaro jogando a cabeça meio que para o lado--.. odeio ter que chamar ela de "senhora" , Ela nem deve se achar superior a mim , "ironia" sa poha e ironica mesmo  , eu nem a considero como mãe assim como tenho minhas dúvidas de ser sua filha biológica....


__eai , trouxe as coisa que eu te mandei ? ..--ela me encara e eu devolvo seu olhar que caia sobre mim com uma certa autoridade..ando até ela E estico meu braço  com a sacola quase rasgando ...


__ta provavelmente tudo ai ...--falo olhando fixamente para a sacola--... não me lembro de comprar essas coisas ...


__provavelmente ? --ela arqueia a sobrancelha e meu olhar se volta para ela --.. droga ela não pode saber que tive um apagão e que só lembro de estar com a sacola na mao , PORRA , para de suar e tremer DAYANA sua inútil inventa a porra de uma desculpa....


__e que , t.a.l.v.e.z eu tenha esquecido algo , mais e so talvez , que eu saiba está tudo ai ..--falei voltando meu olhar novamente a sacola--..nao posso olhar ela nos olhos , eu minto muito mal , e isso vai dar muita merda ..-- engulo o seco ainda encarando a sacola sentindo as maos e a testa suando-- ....


__bom -- Ela vira de costas-- se esqueceu você vai voltar lá..--sai e fecha a porta -... 

sério mesmo que enrolei ela com essa papo ? ela não e tão burra assim!! Ou e ? ..


__bitch--sussuurei após um sorriso minimo -- ... saio andando em direção as escadas passei pelos corredores mas parei na sua metade , senti uma ancea que estava subindo do estômago para a boca , aquele gostinho horrível de ácido me invade mais em um movimento rápido coloquei a mao sobre a boca  e corri para o meu quarto , entrei e tranquei a porta corri aos tropeços para o banheiro me esbarrando em tudo coloquei todo o café da manhã pra fora Nnaoo eu tinha comido meu amado bolo de chocolate!! MERDAAAaaaa ,  vomitei por muito tempo e estava me sentido péssima pelo bolo  . ..


__D-droga ...--me levanto cambaleando--droga .... amarro meu cabelo em um rabo de cavalo e vou até a pia , escovo e tomo remédios para Ánsia , tiro todas as peças de roupas que vestia sentindo o frio arrepiar minha pele , em seguida ligo o chuveiro na água mais quente que consigo , me abaixo sentando com a cabeça entre minhas pernas dechando a água quente cair nos meus cabelos e esccorer pelo mesmo encharcando todo meu corpo e as lembranças me invadem...


__droga , droga , droga ..--sinto as lágrimas escorrerem pelo meu rosto ainda encharcado pela água quente do chuveiro ..


__droga , d-ro drog- droga --soltava soluços baixos enquanto chorava , sentia meus olhos arderam com tantas lágrimas escorrendo pelo mesmo...


__d-drog-- DROGA...

flashback on

__tio , por favor n-nao , me deixe ir e-embora , m-me des--descupas se ti fiz a-algo --falei em meio aos meus soluços de choro-- ..


__shiii , --leva seu dedo até meus lábios-- não estraga a brincadeira minha FLORZINHA querida do titio ....-- meus soluços involutarios ecoavam por todo o quarto escuro juntamente som o som do meu choro, levanto a cabeça e o vejo tirar algo que pareciam fitas de dentro de uma gaveta ...


__seu titio só ira se diverti um pouco --solta um sorriso malicioso-- , não irá doer minha flor .... ele pega meus pulsos e os amarram a cabeceira da cama , arregalo meus olhos levemente mais ainda chorava muito com a situação , sinto uma ardência muito Grande na região dos pulsos e Estava começando a doer muito ...


__ti-tio--falei o encarando ainda com medo-- es-esta doendo ..chorava muito era quase incompreensível oque eu pronunciava ...


__humm--seus olhos se voltam para minhas mãos-- vou desafroxar bem de leve , seria um problema se ficassem marcas pelo seu corpo....assim ele o fez suspirei aliviada ao sentir a ardência sumir mais ainda avia lágrimas nos meu rosto...


Ele avia sumido por alguns segundos mais logo voltou com uma câmera nas mãos e a posicionou virada para mim ...

__diga oiii florzinha!!! --ele falou me olhando fixo --... então andou até mim com uma tesoura nas mãos...


__tio? --falei chorando mais ainda--... ele sentou em cima de mim e começou a rasgar as minhas roupas...


__nao , n-naoo --me debatia muito-- ... assim que ele terminou de tirar todas as mimhas pessas de roupa passou seus sua mao pela minha barriga nua em direçaoo a umbigo. ....
__voce e linda --olhou nos meus olhos e me lançou um sorriso-- ..... 


Ele beijava minha barriga de forma afobada , assim como suas mãos que percorriam toda a extensão das minhas coxas , sua respiração estáva pesada e se misturava no ar juto aos soluços do meu choro ...


__linda simplesmente linda ...

Sinto um leve tapa na minha coxa oque o fez ficar mais exitado ,conseguia sentir a sua ereção na minha intimidade, aquilo me apavorava eu não queria sentir aquilo ...entre suspiros e soluços seus dedos deçem deslizando entre as minhas coxas até meus clitóris aquilo me fez arrepiar de medo , sabia oque ele queria, em um movimento rápido ele abocanha um dos meus seios o puxando violentamente 


__orgh--gemo de dor --.... sentia seus dedos apertaram violentamente meus clitóris oque me causava uma grande dor e angústia , sua língua passeava entre meus seios quando ele enfia dois dedos de uma vez a na minha intimidade ..


__AHHH--gritava--...a dor era muita , eu era só uma criança .... uma de suas mãos agarrou minha coxa me forçando involuntariamente a me mecher enquanto ele fazia um movimento de vai e vem com os dedos ...


___linda....ele soltava incríveis gemidos e suspiros como se ele estivesse sentindo o maior prazer da vida ..


__nao aguento mais--retira seus dedos da vagina-- minha flor eu vou te levar ao paraíso...apos falar isso sou penetrada violentamente , ele deita seu corpo sobre o meus aperpertando com uma das maos meu seios e a outra a coxa ...


___AHHHH , na--NAOOOO.... a dor era delirante sua entocadas ficavam cada vez mais rapidas juntamente ao barulhos ecoantes que fazia a cama ao bater na parede pelos movimentos violentos que fazia ...minha visão estava turva e meu choro estava muito alto , não conseguia mais gritar estava quase desmaiando de dor , ele me lâmbia de cima a baixo e dava entocadas realmente fortes aquilo pareciam facadas que entravam e saim de mim cada vez mais fortes , aquilo durou por horas e dias , quando ele finalmente se mudou para outra cidade com sua família e deixou de dar notícias . ....

flashback off

__na-nao-- ainda com a água caindo sobre meus cabelos eu chorava e o amaldiçoava com todas as minhas forças ...eu não queria me lembrar de toda a dor que senti na aqueles dias que pareciam durar anos , eu simplesmente morri naquelas horas e dias delirantes ...


Notas Finais


Tem uns filme bem foda sobre esse tema ( transtorno de personalidade) recomendo muito


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...