História Eu gosto de você - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Boruto Uzumaki, Sarada Uchiha
Tags Borusara, Boruto, Naruto, Romance Leve, Sarada
Visualizações 99
Palavras 1.205
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Fluffy, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Heterossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Depois de muitooo tempo mesmo, resolvo dar as caras aqui :)

Eu estou shippando muito esses dois, então espero que vocês possam gostar desse novo casal que surgiu esses dias.

Desejo a todos uma ótima leitura e nos vemos lá embaixo? <3

Capítulo 1 - Capítulo Único


 

Era involuntário. Seus olhos apenas se moviam e se focavam naquele garoto estranho, imperativo e que lhe chamava atenção de uma maneira que não sabia explicar muito bem.

Gostava de observa-lo, mesmo que nunca fosse capaz de admitir isso para alguém. E gostava também de ouvir o som dá risada que o mesmo produzia, era quase automático um sorriso seu surgir quando ouvia tal som.

Uzumaki Boruto era tão...

Soltou um suspiro, ajeitando a cabeça na palma de sua mão enquanto olhava o loiro. Ele estava tão concentrado em resolver aquele exercício de matemática, mesmo sendo tão ruim em tal matéria, sempre tentou o seu melhor e desistir não estava em seus planos.

E a Uchiha admirava isso. A persistência do garoto era incrível.

— Ei, Sarada... – uma voz baixinha chamou, ao lado da garota que estava no mundo da lua, totalmente entregue em seus pensamentos – Sarada... – tentou outra vez, dessa vez tocando o braço da morena e recebendo apenas um “hm?” como resposta – Eu acho que você não deveria observar o Boruto tanto assim, sabe? Está deixando muito na cara a queda que você tem por ele... – Chouchou disse contendo uma risadinha ao ver as bochechas da amiga corarem por ouvir tal coisa.

— Queda? Do que está falando? – ajeitou os óculos que descera até o seu nariz, tentando esconder seu constrangimento.

— Por favor, é óbvio que você sente alguma coisa por ele – revirou os olhos, sorrindo provocativa. Sempre era engraçado fazer esse tipo de brincadeira com a Uchiha, pois ela sempre ficava sem jeito e tentava arranjar mil e umas desculpas.

— Não sei do que está falando – desconversou, voltando a resolver os exercícios. Faltava apenas dois e poderia resolver aquilo em um piscar de olhos. Sempre foi uma menina estudiosa e era a mais inteligente da sala, superando até mesmo Nara Shikadai que era considerado um gênio por muitos.

— O garoto está até seco por conta das suas encaradas furiosas – riu, apontando discretamente para Boruto, que ainda tinha a atenção voltada para o caderno e a expressão concentrada, enquanto mordia a ponta da caneta.

 — Chouchou! – repreendeu a melhor amiga, vendo-a dar de ombros e abrir o sorriso arteiro.

— Por que não fala com ele? Se declara e...

— Me declarar? – balançou a cabeça várias vezes – Isso nunca vai acontecer, ok? Eu... Eu estou bem assim, só o observando.

— Ah, então você admite que gosta dele.

— N-Não!

— Mentirosa.

— Eu não estou mentindo, está bem? Apenas esqueça esse assunto – deu a conversa por encerrado, voltando a se concentrar no que era necessário.

Mas Chouchou não poderia ignorar isso e foi pensando nisso que abriu um sorriso. Tinha uma ideia e iria ajudar sua melhor amiga com o crush dela, mesmo que a garota não admitisse, sabia que a mesma gostava do Boruto.

Teria que ser cego e idiota para não perceber.

No caso do Uzumaki, bom, ele era apenas burro e lento quando se tratava de relacionamentos e coisas assim. Por isso tinha que dar um grande empurrão nesses dois teimosos e cabeças-duras. 

— Definitivamente eu tenho que fazer alguma coisa. Só espera Sarada... – sussurrou para si mesma e sorriu maldosa, arquitetando algo em sua mente.

 

...

 

 Sarada estranhou o pedido da Akimichi para que se encontrassem naquele local, atrás do prédio da escola. Não estava com um bom pressentimento e se perguntava o porquê aceitou tudo aquilo.

— Ela está definitivamente tramando algo... – suspirou descontente, segurando a alça da mochila que estava ajeitada em seu ombro esquerdo. Olhou rapidamente para o céu, vendo que o mesmo estava limpo e com um azul maravilhoso o enfeitando.

Sorriu com a visão.

— Sarada? – uma voz baixinha, meio incerta a chamou e automaticamente os olhos escuros da garota encararam a pessoa que estava a alguns passos de distância. Foi impossível de não arregalar os olhos em surpresa e recuar alguns passos.

— B-Boruto? O que está...

— Chouchou disse que você tem algo para me falar... – coçou a nuca, se aproximando do corpo paralisado da morena, observando agora atentamente cada feição do rosto dela.

Uchiha Sarada era sem dúvidas linda. Não mentiria, a garota sempre lhe chamou atenção, muito mais do que qualquer outra de sua sala. Gostava dos olhos escuros, gostava dos cabelos – agora – compridos e gostava do sorriso dela, mesmo que fossem um pouco raros, devido a feição séria que a mesma insistia em ter.

— Eu...? – Maldita Chouchou pensou, choramingando mentalmente. Sua amiga tinha tramado aquilo, mesmo tendo dito para que esquecesse. Ela era um demônio quando queria.

— Sim. Por que você está com essa cara estranha? – o loiro indagou confuso. Não estava entendendo nada da situação e a expressão surpresa da morena apenas contribuía para que seus pensamentos ficassem ainda mais confusos.

— Eu não estou com uma cara estranha! – retrucou rapidamente, ajeitando novamente a bolsa que escorregava de seu ombro – Esqueça o que a Chouchou disse. Ela não estava bem da cabeça... Agora, se me der licença... – abaixou a cabeça, passando direto ao lado do garoto, mas tendo o seu braço agarrado rapidamente pela mão do mesmo.

— Espera! – pediu, fazendo Sarada lhe encarar confusa e envergonhada pelo toque repentino – Eu... Eu quero falar com você.

— E o que é? – franziu as sobrancelhas, sentindo o aperto do garoto diminuir e por fim se afastar por completo. Com passos lentos, Boruto se aproximou da Uchiha, encarando bem fundo em seus olhos e deixando que sua expressão se tornasse repetidamente séria – O-O que foi?

— Eu gosto de você – disse na lata, direto até demais.

Sarada arregalou os olhos, abrindo a boca em descrença.

— Como é?

— Eu gosto de você – repetiu, respirando fundo – Eu acho... – complementou, fazendo a Uchiha suavizar a expressão e o encarar séria agora.

— Você acha? Não tem certeza disso?

— Bem... Eu não sei muito bem essas coisas de sentimentos – foi sincero, tocando de forma gentil o braço da morena, vendo-a corar levemente com isso – Mas, meu coração sempre bate forte quando você está por perto. Também, quando chego na sala, a primeira coisa que procuro é você. Gosto do seu sorriso, gosto do quanto você é direta e gosto quando você cora, desse jeitinho que está – se aproxima mais, agora tocando a bochecha avermelhada da garota – Também gosto do fato de você me observar.

— O-Observar? E-Eu não... – se calou ao ver que não adiantava negar. Se Boruto já tinha percebido que fazia isso, então mentir não era uma opção – Idiota... – sorriu, aceitando de bom grado o abraço que foi acolhida, gostando do quanto o corpo do Uzumaki era quente e aconchegante.

— E você? Qual é a sua resposta? – se separou um pouco, para poder encarar o rosto bonito da garota.

— Precisa mesmo de uma resposta? – sorriu, aproximando os lábios e deixando um selo rápido ali, vendo um sorriso enorme aparecer naquele rosto que esbanjava felicidade no momento – Também... Também gosto de você.

Admitiu por fim, não querendo mais hesitar.

Chouchou tinha razão. Mas não era apenas uma queda que tinha, não... Era um penhasco enorme.

— Então, você quer sair comigo?

— Sim, cuide de mim, Boruto. – Pediu com um sorriso envergonhado e no mesmo momento, o garoto sorri e concorda.

— Estou sob os seus cuidados agora, Sarada.

 

 E um pouco distante, escondida atrás de uma arvore, estava Chouchou que sorria diabolicamente ao ver seus dois amigos finalmente se entendendo.

— Plano concluído com sucesso.

 

 

 

 


Notas Finais


E aí? O que acharam? Está aprovada? Espero que todos tenham gostado e espero que essa categoria cresça mais, pois eu estou disposta a ajuda aumenta-la <3

Espero vocês nos comentários, viu? Me digam o que acharam, se quiserem outra BoruSara, eu posso fazer sem problemas!

Não seja tímidos, viu?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...