História Eu gosto de você, lulu - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Lu Han
Tags Baekhan, Exo, Finalmente Lubaek, Lubaek, Meus Filhos
Visualizações 60
Palavras 836
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drabble, Fluffy, Yaoi

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


CARA EU TAVA DE BOA MEXENDO NO PC E ACHEI ESSA FOC LUBAEK NEM VIM CORRENDO AQUI PRA POSTAR (ne?) Ahushausb Aajajaj Finalmente postei uma fic lubaek!!!!!!estou 100 palavras

LUBAEK EH MEU AR GENTE AAAA

Leiam à vontade, essa estória eh meio antiga, escrevi ano passado (eu acho) mas eh tão fofa que eu não resisti <333 beijos de Lubaek shipper <33

Capítulo 1 - O inverno deve ser aproveitado, lulu


Final de tarde, parecendo noite. Aquele clima frio em toda região, as pessoas a esse horário estavam acendendo suas laleiras e se aquecendo, se protegendo do frio, usando roupas quentinhas e com bolsas de água quente nos pés. Menos Baekhyun, algo lhe disse que qualquer coisa era melhor do que ficar em casa se protegendo do frio, afinal, todo inverno deveria ser aproveitado. Era por isso que o garoto estava deitado na neve, olhando para o céu enquanto sorria abobalhado.

— Ei, doido! — alguém gritou, tirando o corpo magro do menino do chão. — enlouqueceu? Está tão frio, por que está aqui fora?

Baekhyun olhou para o rapaz, sorrindo mais abobalhado.

— Eu gosto da neve, Lu-Ge. Eu gosto demais.

Luhan bufou de raiva, não era a primeira vez que seu vizinho maluco fazia essas maluquices, uma vez até saiu gritando pela rua dizendo que suas colheres tinham ganhado vida e estavam atrás de si. Foi trabalho de Lu Han acalmar o garoto e dizer na verdade as colheres continuavam sendo colheres e que elas não estavam querendo o pegar. Tem doido pra todo canto, viu? E Baekhyun era um deles, Luhan sabia, mas ele era tão bonitinho que até se tornava um charme aquela loucura toda.

— Vamos entrar. — puxou o garotinho desajeitado para dentro da sua própria casa, meio que esquecendo que a casa do outro estava bem ali, ao lado da sua.

Sentou ele na poltrona, seus pés e mãos tremiam de frio mas aquele sorriso não saía do seu rosto. Ele estava feliz, feliz que tinha alguém que se importava com ele.

— Quer um chocolate quente? — o garoto balançou a cabeça, ainda com animação. — Tudo bem, vou pegar uma roupa quente pra você e faço o chocolate, mas você precisa ficar quietinho, tá bom?

Não era como se fossem estranhos um poara o outro, Luhan conhecia essa peça de vidas antigas, da época que ele mesmo usava um aparelho e sonhava em ser um cantor de rock. Baekhyun sempre fora assim, todo inocente e bonitinho, impressiona como os dois tinham a mesma idade e mentes totalmente diferentes. Luhan só nunca pensou que fossem se tornar vizinhos mesmo depois de anos após a escola, eles mal se falavam naquele tempo. É incrível como as coisas mudam, agora o doidinho estava sentado na sua poltrona favorita, com a sua coberta favorita, tomando chocolate quente na sua caneca favorita e com o seu sorriso favorito. Impossível. Talvez se Baekhyun tivesse os parafusos no lugar, eles poderiam dar certo, mas ainda lhe faltava muitos neurônios.

— Está frio lá fora, se você ficar lá fora desse jeito vai acabar pegando um resfriado. — Luhan disse, sentando bem no braço da poltrona. — você consegue compreender? Você pode ficar doente.

— Eu não sou uma criança.

— Pois parece. Não pode ficar nesse frio, faz mal, muito mal, Baekhyun.

— O inverno não é uma coisa ruim.

— Eu não disse isso.

Tomou o chocolate quente e sorriu depois.

— Lulu, você gosta de mim, não gosta? — as bochechas do pequenino ficaram em um tom rosado ao dizer aquilo.

— C-como é que é?

— Você.gosta.de.mim. — repetiu pausadamente.

— O que você 'tá dizendo, Baekhyun... E-eu...

— Tudo bem, Lulu. Eu entendo você, não precisa ficar nervoso. — se levantou de cima da poltrona, ficando bem de frente com o garoto qe nem desgrudou a bunda do braço da poltrona.

— Como assim me entende?

— Porque eu também gosto de você. Descobri isso tem um tempo, acho que foi quando você se mudou pra cá há 4 anos atrás, você até namorava com aquele garoto loirinho que eu achava super parecido com você, mas aí ele parou de vir à sua casa e você começou a me dar atenção. Não foi?

— Não é-é isso... — respondeu nervoso, não sabendo o que dizer.

— Lulu, eu sei que eu sou um pouco doidinho e que às vezes te irrito, me desculpe por isso. A minha casa é um pouco solitária, por isso prefiro a sua, ela tem vida, tem um gato e o melhor, tem você.

Luhan ficou tímido, as bochechas parecendo estarem em uma temperatura absurda, um frio na barriga a cada vez que o garoto enguia mais os pés para olhar melhor o mais alto.

— Lulu, eu gosto de você. — disse sorrindo abobado e agarrando o outro rapaz com força, o envolvendo em um abraço quente e aconchegante. — muito e muito.

Luhan sorriu, não queria admitir mas também gostava daquele serzinho que usava luvas coloridas e tinha um sorriso que lhe tirava o ar. O que fez foi pegar dois dos seus casacos de couro, colocar um no rapaz menor e vestir o outro.

— Onde vamos? — Baekhyun perguntou um pouco confuso.

— O inverno deve ser aproveitado.

E quem passasse por aquela rua veria dois malucos deitados sobre a neve, rindo enquanto os flocos de neve caíam em seus rostos. Luhan não se importou se o achassem um maluco que ficaria resfriado no dia seguinte, ele estava com Baekhyun. Valia à pena ser doido com ele, valia à pena pra caramba.


Notas Finais


AAAA EU AMO MUITO LUBAEK AAAA ♡♡♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...