História Eu mudei seu jeito , vc mudou minha vida - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Banda Fly (Fly Br)
Personagens Caíque Gama, Nathan Barone, Paulo Castagnoli, Personagens Originais
Exibições 49
Palavras 1.815
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Crossover, Escolar, Festa, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Lembrando que agora a fic será em 2013 , então o Nathan ainda está na banda

Capítulo 7 - Eu quero vc de volta


Narração Lua Macedo

Então alguns anos ( vários ) se passaram hj estou com meus 22 anos , naquele dia em que minha mãe estava em casa , contei tudo pra ela , desde o dia que ele chegou até o dia que ele foi embora , ela achou tão lindo quando eu falei que eu o amava , e quase infartou quando eu disse que eu tive minha primeira vez com ele , não eu não tenho mais contato com ele , mas o João  ( nos tornamos grandes amigos ) disse que a última vez que ele visitou a família, ele estava namorando , mas eu não chorei , fiquei chateada ? Sim , mas ele disse que ele perguntou se eu ainda morava aqui, e eles não mentiram , disseram que ele sorriu , quanto eles disseram que ainda morava no mesmo lugar , minha mãe não viajou , ela parou em casa e cuidou de mim e eu ? Bom eu , tô me despedindo , do João e da minha mãe, eu vou pra SP, vou realizar meu sonho de ser fotógrafa , vou morar com a Luiza e a Malu, que já estão grandes , Malu é mais nova que eu dois meses , e Luiza três anos , então ela está com 21 e 19

Eu : mãe para de chorar - falei abraçando ela

Beatriz :não dá minha única filha indo embora - eu a abracei

Eu : João cuida da minha mãe okay?

João  : claro cunhadinha - eu fechei a cara

Eu : não sou mais sua cunhada, deixei de ser há muito tempo,  outra pessoa ocupou esse lugar e vc sabe disso

João  : foda-se vc ainda é minha cunhada e ponto - assenti me dando por vencida , e o abracei - se vc encontrar meu irmão lá, trate de dar uns pega nele - falou em meu ouvido e eu ri

Eu : querido se for pra da uns pega nele , será pra ser namorada e não amante - ele assentiu rindo e anunciaram meu vôo, me despedi deles é embarquei , agora é vida nova

[...]

Depois de algumas horas no vôo, finalmente o avião pousa , eu desembarco e pego minha mala , ando no meio da multidão até ver duas meninas e dois rapazes, com um cartas escrito bem vida nega , era Malu é Luiza fui até elas e as abracei , eu não chorei pq já tinha chorado tudo lá em campo largo

Malu  : oi lua

Luiza : oi nega

Eu : oi viadas , não vão apresentar eles não?  Tia Pietra não deu educação não foi ?

Malu : lua esses são...

Nathan : Nathan Barone

Caíque : Caíque Gama - olhos pra eles e depois pra meninas e sorri pra elas , eu já sabia que elas gostavam deles

Eu : prazer em conhecê-los

Caíque : prazer só na cama linda

Malu : Caíque - falou o repreendendo

Eu : deixa ele , tu tem o que ? 18 anos ?

Caíque : 19 - falou me corrigido

Eu : então vamos ?

Nathan : vamos ele não vem mais mesmo

Eu : ele ?

Nathan :  é o Paulo, devemos encontrar eles na gravadora - Paulo, como assim? Será que era o Gu? Descartei essa oportunidade , pode ser outro Paulo, fomos pra casa das meninas que seria minha nova casa ,  ficamos conversando até que alguém bater na porta

Caíque   : tão esperando alguém?  - negamos e ele atendeu - oi cara

Xxx : oi cara - eu reconheci aquela voz - vamos já tá na hora de ir

Caíque : vamos , entra vou chamar o Nathan - eles entraram e quando nossos olharem se encontraram , eu queria correr e abraçá-lo, beijá-lo , mas eu vi o anel na mão dele então me entristeci

Eu : vc deve ser o famoso Paulo Augusto - ele paralisou quando eu falei o sobrenome dele

Paulo : vc deve ser a Lua Macedo , certo ? - assenti,  ele estava fingindo, então vamos fingir

Eu : sim , é um prazer te conhecer - ele ficou triste com isso

Paulo : igualmente, então meninos vamos ? - Nathan e Caíque assentiram

Caíque  : tchau princesas - as meninas deram um tchau e eu apenas sorri , por incrível que pareça ele me abraçou

Caíque : eles Eu não sei , mas eu volto e vamos assistir alguns filmes - assentimos rindo - pode confiar em mim pro que prescisar viu ? - falou em meu ouvido e eu assenti , ele me soltou e eles foram , Paulo olhou pra ele de um jeito que eu nunca vi , ele tava com ciúmes

Luiza : o que aconteceu aqui ?

Eu : nem eu sei

Eu fui pro meu quarto no qual estava perfeito pra mim , deitei e olhei o colar que estava em meu pescoço, olhei pro meu tornozelo , e ali ainda estava o fio vermelho do dia do baile , abri minha mala e comecei a arrumar minhas coisas no closet , quando tudo estava lá eu vi que ainda faltava uma peça de roupa , era o moletom dele , eu peguei o mesmo e vi que ainda continha seu cheiro , sentei na cama e abracei o moletom,  fechei os olhos e lembrei de tudo , do dia que ele chegou , do dia que ele me beijou , do dia do baile , da nossa primeira vez , e quando ele veio pra SP, pelo o que as meninas e os meninos contaram eles estão fazendo muito sucesso na fly , a banda deles , é ele tava conseguindo se tornar o que ele sonhou , tomei um banho , e vesti uma roupa coloquei o moletom dele , as meninas perguntaram , se eu ia comer e apenas falei que tava sem fome , deitei e adormeci , acordei com alguém me balançando levemente

Paulo : Lua acorda - falou passando a mão em meu rosto, porém eu fingi que ainda dormia - eu quero ... Eu quero vc de volta , eu quero vc me chamando de Gu , quero vc sorrindo boba quando eu tô sorrindo, quero vc me ajudando quando eu tô com problemas , quero seus beijos novamente, quero seus abraços, eu quero ter vc de volta , eu tentei te esquecer para não te machucar mais do eu sabia que estava machucando , mas eu não consegui a Maria estava certa , nada apaga o sentimento quando é verdadeiro , eu .... Eu te amo Amor - ele me deu um beijo na testa e um selinho , percebi que ele estava saindo então eu falei

Eu : Gu - ele parou na porta e sorriu pra mim - te amo - o sorriso dele dobrou e assentiu , ele se aproximou novamente e eu me sentei na cama , ele se sentou na minha frente e veio me beijar porém eu desviei , ele me olhou confuso e eu disse - vc tá namorando, então vamos ficar na amizade

Paulo : passe eu tempo... Eu vou te esperar - ( N/A quem percebeu que é uma frase de te vi passar?  ) Eu assenti e o abracei - tava com saudades lua

Eu : também tava Gu -senti que ele sorriu , eu levantei e ele me olhou de cima a baixo e eu corei

Paulo : vc ainda tem ? -falou apontando pro colar , depois pro fio e por último pro moletom

Eu : nunca tirei o fio e nem o colar e sempre guardei seu moletom , vc mesmo disse que era pra eu lembrar de vc anjo - ele sorriu - mas vc nem queria se lembrar de mim -falei quando vi que ele estava sem o meu colar

Paulo : a correntinha quebrou - falou tirando a chave do bolso e o chaveiro era o pingente do meu colar - e o fio tá na minha perna ainda

Eu : desculpa

Paulo : problema não - falou me abraçando - sabe quem eu vi esses dias ? - neguei - a Cida

Eu : fiquei sabendo que ela iria vir pra SP

Paulo : ela perguntou se estávamos juntos - eu queria chorar agora - falei que infelizmente não

Eu : legal

Paulo : mas que eu faria o possível para te ter de volta - eu sorri

Eu : depois vamos pra sala okay ? - ele não entendeu , mas eu o beijei , com saudades , amor , desejo , as mãos dele que estavam em minha cintura , começaram a passear pelo meu corpo , e eu puxava levemente os cabelos dele , o mesmo me deitou delicadamente na cama ficando por cima de mim , ele começou a beijar meu pescoço - vamos pra sala - falei com  a respiração descompassada - vamos príncipe - ele parou de me beijar e levantou , eu arrumei mais ou menos meu cabelo , e ele sorriu

Paulo : te amo princesa - falou me abraçando por trás,  eu tava me arrumando no espelho do banheiro então ele deu um beijo em minha bochecha eu sorri e me virei pra ele , o abracei e coloquei minha cabeça em seu ombro , eu queria chorar , queria que acontecesse o que ia acontecer lá na cama , queria que ele não tivesse namorando

Eu : também te amo príncipe - me soltei dele e fomos pra sala , começamos a assistir uns filmes e depois os meninos foram embora , eu voltei pro quarto e as meninas me seguiram

Malu: pode contar - se jogou em minha cama assim como Luiza

Eu : contar o que louca ?

Luiza : pq vc é o Paulo saíram daqui com um sorriso besta no rosto

Eu : só conversamos

Luiza : eu sei que vcs já namoraram no passado , não prescisa esconder - Malu assentiu então eu me sentei junto com elas na cama

Eu : ele meio que se declarou pra mim - elas olharam surpresas - eu beijei ele , e quase rolou - escondi meu rosto com as mãos e elas gritaram

Malu : como assim ? Como assim ?

Eu : quer mesmo que eu responda como ? - ela fez cara de nojo - sabe de uma coisa ? Não sei como vcs ainda não namoram os meninos , pq sério o caíque e o Nathan parecem gostar de  vcs

Luiza : quem sabe um dia o Nathan deixa de ser tímido - eu olhei pra ela - eu tô ficando com o Caíque

Malu : ha quanto tempo?

Luiza : duas semanas - depois de horas conversando, elas foram pro quarto delas eu deitei e dormi



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...