História Eu não entendo. - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Seventeen
Personagens Seungcheol "S.Coups"
Tags Desabafo, Imaginem Oq Quiserem, Jeongcheol, Maneira De Pensar, Visão Scoups
Visualizações 20
Palavras 621
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


HELLLOOOO
gnte eu nao sei de onde esse plot saiu
meio que eu ando pensando muito nisso nao sei pq
eu realmente nao sei pq eu botei como seungcheol ajsfgjashfga mas imaginem quem quiser
sla eu achei que ele combinava com isso se mais alguém pensar assim me diz pra nao me sentir loka sozinha ajksfhjasf
Só revisei uma vez então qualquer coisa desculpa os erros sz
Espero que gostem <33 nos vemos lá em baixo

Capítulo 1 - Isso é tudo tão confuso.


Eu queria entender. Entender porque não podemos sair de mãos dadas pela rua. Entender o porquê dos olhares tortos na nossa direção. Entender a reação do meu pai quando o apresentei como meu namorado. Entender porque meu pai disse que eu não era homem o suficiente. O porque que fui expulso de casa após esse acontecimento.

Eu não consigo entender isso tudo, estou perdido no tempo? Eles estão assim por que exatamente? Eles dizem que sou uma aberração, que eu sou um nojo no meio da família. Alguém me explique esse comportamento por favor porque eu estou desistindo de entender.

Por que me odeiam por eu estar com um homem? Não aceitam meu amor? Mas a pergunta é, vocês têm que aceitar, dar a permissão e um crachá marcando quem eu posso ou não me relacionar? Na minha mente eu estou apenas gostando de uma pessoa, nada fora do normal, então porque vocês agem assim?

Papai, você tentou me bater, doeu ver você vindo em minha direção falando coisas horríveis enquanto tirava o cinto de sua calça, suas palavras e seu olhar de repudio, nojo e desgosto, foram mil vezes pior que as cintadas que você me deu nesse dia. Eu não entendo, porque você ficou assim? Isso é assustador, eu estou com medo da minha própria família e infelizmente eu não sabia que isso era possível.

Você me perguntou quem era quem na hora do sexo, eu fiquei chocado com essa pergunta tão intima, tanto que não consegui controlar minha voz e disse sem pensar “Por acaso é com você que eu vou para cama? ” Eu me arrependi no exato momento que soltei essa frase, e seu olhar mostrou uma insatisfação maior ainda, recheada com ódio. Papai você se arrepende? Bom acho que não, já que o senhor nunca mais me ligou depois disso, e já se passaram 6 anos.

Mamãe, você por outro lado me entendeu, e me defendeu, porém infelizmente não conseguiu parar o papai, eu a via chorando lá atrás tapando os olhos para não ver a trágica cena de seu marido batendo com toda sua raiva em seu filho. Eu ainda amo a senhora, adoro quando saímos juntos, o dia que você conheceu meu namorado foi incrível, pois os dois se amaram e lembro bem de marcarem de sair juntos para comprar roupas novas.

Eu pensei muito depois de todos esses ocorridos, e continuei sem entender nada. Porque o mundo se importa tanto com quem nos relacionamos? Por acaso eles tem a ver com a minha vida? É obvio que não, eles botam em suas cabeças o que acham ser o certo e querem passar isso para o mundo todo, alguns através de agressões outros através de palavras que doem na alma. Eles tentam seguir uma linha do que é “certo” e se vem alguém diferente empurram dessa linha, a tiram sem nem tentar entender e o essencial sem um pingo de respeito ao próximo.

Eu demorei bons anos até começar a entender isso. Entender todo esse ódio gratuito que distribuem a todos, seja por sua cor de pele, raça, sexualidade, modo de vestir, aparência ou qualquer outra coisa superficial para outra pessoa. Você apenas aprende com o tempo que não importa o que você faça, sempre vão dar um jeito de estragar a sua felicidade ou te tirar da linha do certo.

E com esses anos eu aprendi a não ligar mais para isso, se eu ligar eu não vou conseguir viver feliz pelo resto de minha vida, e não vou deixar pessoas que só querem machucar os outros destruírem minha vida ou parte dela com esses comentários hipócritas. Não ligue para isso, sua felicidade é sempre o mais importante e nunca esqueça disso. 


Notas Finais


Foi isso gente
acho que fico meio sad mas espero que tenham gostado mesmo assim
no vemos na próxima <333 (agora eu vou fazer trabalhos pq eu to entupida comuns 4kkkkkkkkkkchorei)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...