História Eu Não Sou Sua! (Imagine Kim Taehyung) - Capítulo 20


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jungkook, Personagens Originais, V
Tags Bangtan Boys, Bts, Imagine Kim Taehyung, Kim Taehyung, Tae
Visualizações 574
Palavras 1.079
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Voltei de novo!
Deu empolgação e escrevi de novo....

Kkkkk

Chega, já deu...😂

Boa Leitura Xuxus😍❤

Capítulo 20 - Viva!


Fanfic / Fanfiction Eu Não Sou Sua! (Imagine Kim Taehyung) - Capítulo 20 - Viva!

Cap 18

Não era para serem assim, um caso sem caso, envolvidos pelo acaso. Um amor que nasceu e que com o tempo cresceu, transformando o ódio em um amor intenso e prazeroso. Aquele desejo de vingança foi desaparecendo, trazendo em agora o desejo de ser amado e valorizado, uma felicidade que era escondida estaria sendo liberada e em seus braços, ela descasou, nos braços de seu amor ela se entregou, deixando o ódio e ariava de lado, e trazendo para si a explosão de sentimentos que se alastrava entre os dois. Kim Taehyung e S.N estariam definitivamente juntos ou não?


°°°°°°°°°°°°°


Acordei sentido bem, abrir meus olhos e não o vir ali, olhei pro meu e vir que estava vestida. “Pelo menos ele teve essa preocupação.” Acabei me permitindo a sorrir, levantei da cama e saindo do seu quarto fui para o meu, caminhei pelos corredores e pude ouvir um barulho na sala de jogos, vir à porta se encontrava entre aberta e então olhei de relance e vir Kim junto com Hope em uma partida de vídeo game sorrir de lado e sair os deixando sozinhos.

 Assim que cheguei ao quarto decidir tomar um banho diferente, escolhi uma roupa confortável e a deixando sobre a cama, seguir para o banheiro enchendo a banheira com agua quente e com sais de banho, entrei na mesma e deixei que meu corpo relaxasse.


°°°°°°°°°°°°°


Não por quanto tempo esteve dentro da banheira, mas pude ver que meus pés e mãos se encontravam enrugados. Sair da mesma e me secando em seguida, vestir meu conjunto de peças intimas, e seguir até minha cama vestido meu short e moletom. 

Escutei um grito vindo do quarto de Tae, nem terminei de me arrumar e sair correndo para ver o que acontecia, tentei abrir a porta, porém estava trancada e somente pude ouvir coisas se quebrando e ele gritando. Corri até Hope que encontrava na cozinha e parecia assustando assim que me viu.

-: O que está acontecendo lá em cima Hope?

J-Hope: Anjo fica em seu quarto e não saia de lá. – segurou em meu braço, me levando em direção as escadas, puxei meu braço o fazendo parar.

-: Eu vou abrir aquela porta e vou entrar lá dentro e você não vai me impedir. – subir as escadas o deixando parado e em segundos me encontrava novamente na porta de Kim, já não se ouvia seus gritos e coisas se quebrando. Escutei barulho de passos apressados e era Hope que se pôs ao meu lado.

J-Hope: S.N vamos sair daqui agora. – ditou serio.

-: Eu não vou sair daqui, enquanto não souber o que está acontecendo, eu acho bom ele abrir essa porta.

J-Hope: Vamos logo, não podemos ficar aqui. – me puxou em direção ao meu quarto.

-: Me larga J-Hope, agora! – o mesmo não me largou e entrou comigo dentro do quarto. – Sai da minha frente, eu não quero virar uma loca aqui com você.

J-Hope: Você não vai sair e fica quieta.

-: Eu vou sair, nem que eu precise lhe socar agora. – o empurrei e saindo do quarto, corri pro do Kim novamente, até que sentir mãos em minha cintura me segurando com força, foi quando percebi que era Hope. – ME SOLTA AGORA. – me debatia, mas ele não me soltava, resultando ser segurada com mais força.

J-Hope: Para de se debater, eu não vou te soltar.

Tentativas falhas de se soltar, onde a mesma parou quando a porta de Kim foi aberta e revelando diante de seus olhos alguém que nunca teria visto ou imaginado que existia, logo atrás do mesmo apareceu Kim que se assustou ao ver a sua menina parada, olhando o ser que estava em sua frente. 

Hope a soltou e em passos lentos o homem foi em sua direção e soltando um riso abafado, virou-se mais uma vez, em direção a Kim e soltando o ar presos dos pulmões o encarou.

Xxx: Ela não havia morrido?

-: Eu não estou morta!

Xxs: Disso eu sei S.N.

-: Como que você sabe o meu nome?

Xxx: Existem muitas coisas que você não sabe ainda. Logo você saberá.

Taehyung: Cala a sua boca idiota. – seu rosto se encontrava vermelho, denunciando a sua raiva.

Xxx: Se eu fosse você se despediria logo dela Taehyung, logo ele irá vim busca-la e quem sabe por um fim nessa vidinha de merda dela.

Taehyung: Ninguém vai tirar ela daqui.

S.N sentiu se coração acelerar, disparar em questão de segundos, fazendo seus batimentos se descompensarem, trazendo visível o medo que se estalava em seu corpo gradativamente. O rapaz de cabelos coloridos olhou para mesma e sorriu de lado se aproximando, e segurando firme em seu queixo, olhando em seus olhos se pronunciou.

Xxx: Você está bem viva... Foi um prazer em te ver mocinha.

Soltando a mesma e encarrando Kim sorriu debochado logo assim tomou a sair da casa, e só pode ouvir a porta sendo fechada e barulho de carro ligando. Hope saiu os deixando só, a garota o olhou e em seus olhos se encontravam visível que as lagrimas ameaçavam a sair, Taehyung foi até a mesma e abraçando forte, deixou que suas lagrimas saíssem em grande quantidade molhando a camisa do mesmo. 

Ele a pegou no colo que o abraçou com todas as forças, levando para o quarto da mesma a deitou na cama e ficando do seu lado, passou a fazer carinho em seus cabelos.


O silencio reinava

O medo falava

A sorte não estaria com eles?

Não ficariam juntos?

Tanto impedimento e tanto medo

Tantas pessoas contra esse amor

E agora os queriam separados e distantes um do outro.



°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°


Hoje faz duas semanas que aquele homem veio aqui e me disse que logo eu estaria morta, logo estaria sem Taehyung, meu coração se aperta ao saber que logo agora estamos mais próximos existem pessoas nos querendo separados. Não teria motivos para ser assim, afinal toda a sociedade sabia que ele é “casado”, então porque querem o nossos mal? Uma certeza eu tenho das palavras de Hanna, alguém viria me buscar, viria me matar. 

A segurança da casa aumentou e por medo nem sair mais sair no jardim, Taehyung se ver carregado com problemas, e as únicas pessoas que tem estado comigo são Jimin e Hope... Sim, se tornamos amigos e Jimin viu que eu amava Taehyung, mesmo querendo negar eu o amo.

Aqui estou vendo um filme qualquer, esperando o voltar do seu trabalho, a campainha tocar e vou correndo atender, mas para minha surpresa, não era o meu Tae e sim o causador de todas as minhas feridas...


***: Olá irmãzinha!


Notas Finais


Vem vindo bombas e bombas...

Postei antes, postei mesmo e quem sabe não posto o próximo mais rápido ainda...

Obrigada pelos favoritos, comentários e visualizações ❤

🌸 https://spiritfanfics.com/historia/its-not-hate-and-love-imagine-jungkook-9928943 🌸

🌼 https://spiritfanfics.com/historia/apenas-um-sonho-imagine-jeon-jungkook-8566919 🌼


Enfim xuxus eu vou indo, mas eu volto...


키스와 포옹
Kiseuwa Poong - Beijos e abraços 😍❤🍃


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...