História Eu Não Vou Contar...(ROMANCE GAY) - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Adolescente, Gay, Romance
Exibições 47
Palavras 1.155
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Lemon, Romance e Novela, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Drogas, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Espero que Gostem.

Capítulo 9 - Irei Fazer o Mesmo . . .


  ~ POV Joshua ~

Já vai fazer uma semana desde que falei com o Carlos aquele dia na sala de aula e já irá fazer uma semana também que não conversamos e algo me diz que estou sendo ignorado por ele. Não sei o que aconteceu e nem se fiz alguma coisa só sei que preciso processeguir pois não posso ficar criando falsas esperanças.

E como de costume estava indo para escola e por incrível que pareça estava começando a me sentir melhor e já  conseguia pensar em outras coisas e não só no Carlos. Meus fones estavam altos demais mas isso não me incomodava pois estava viciado nessa música " Back From The Edge" do James Arthur e por enquanto que escutava música minha atenção era totalmente voltada e ela Isso me distraí um pouco mais do que eu gostaria.

E como já era de se esperar acabei esbarrando em alguma pessoa e com isso fui ao chão.

- Olha por onde anda moleque - Disse o menino que se encontrava em pé a minha frente.

- Desculpa - Respondi passando a mão em meu braço que estava um pouco dolorido.

- Levanta aí cara - Disse ele estendendo a mão para que eu segurasse e foi isso que fiz.

- Mais um vez des. . . desculpa - Minha voz falhou quando olhei para seu rosto ele era incrivelmente atraente.

Ele percebeu a minha reação e logo fechou a cara e saiu em direção ao portão de entrada da escola me deixando ali plantando sem entender nada.

Depois de alguns minutos Ali parado sai do meu transe e finalmente também fui em direção da escola e logo adentrei os portões e fui para minha sala precisava falar com as meninas sobre o menino que esbarrei quase agora.

Subindo as escadas que dão no enorme corredor das salas encontrei com o Hermes que estava descendo junto com o Carlos é senti uma pontada no peito porque sabia que ainda não tinha o esquecido. Tentei passar despercebido mas isso não aconteceu.

- O Joshua vai comprimentar o parça aqui não ? - Disse Hermes parando a minha frente na escada.

- Foi mal não tinha te visto - Disse o cumprimentando.

Dei uma olhada para Carlos mas o mesmo estava ali como se não tivesse me visto isso doeu um pouco mas não foi nada demais , mentira a cada vez que o vejo e ele me ignora isso só me machuca e me faz me sentir mais mal ainda.

Depois de cumprimentar o Hermes continue a subir a escada queria chegar o mais rápido possível na minha sala.

Chegando na sala fui direto para meu lugar e dei um suspiro forte tentando aliviar um pouco o que sentia. E não havia percebido que as meninas já estavam na sala.

- O que foi Joshua ? Disse Aline sentando ao meu lado.

- Não me fala que tem haver com aquele idiota - Foi a vez da Laninha se pronunciar virando para trás.

- Não é nada não gente - menti pois não queria falar sobre ele única coisa que quero é esquece-lo. - Mas você não sabem o que aconteceu hoje na entrada - Disse querendo trocar de assunto.

- O que ? As duas disse ao mesmo tempo.

- Eu esbarrei em um menino na hora da entrada e meu Deus ele era lindo demais, mas tenho uma leve impressão que ele não gostou muito de mim pois quase apanhei.

- E quem é Ele ? - Disse Aline. - Mais um menino para você ficar sofrendo ?

- Ele é Hetero ou Gay ? Disse Laninha. - Com certeza é Hetero ou incubado pois você só arruma menino assim pra você gostar.

- Nossa gente - Disse caindo no riso junto com elas. - Olha eu não sei nada dele só esbarrei nele e gostaria muito que minha boca esbarrasse na dele na próxima vez.

- Olha como ele tá - Disse Aline voltando a rir.

A aula começou e isso fez que nosso assunto se encerrar por aqui mas agora só queria saber quem é aquele menino.

~ \ ~

O Sinal do Intervalo tocou e rapidamente a sala de esvaziou só sobrando a mim Laninha e Aline já haviam desistido de me chamarem para descer para o pátio. Nas hoje não estava me sentindo confortável em ficar sozinho na sala então fui para o pátio. Chegando lá fiquei perdido tentando achar aquelas Demonias e estava sendo um pouco difícil demais para ser sincero.

Estava dando a volta quase que completa no pátio atrás delas e mais uma vez esbarrei em alguém só que agora não foi eu que fui ao chão.

- Você só pode estar zuando - Disse o menino se levantando e me segurando pela gola da blusa. - Você só Pode estar tirando uma com a minha cara não é moleque.

- Cara me desculpa sério , não fiz de propósito. - Disse a ele e por incrível que pareça está sentindo tudo menos medo.

- Da próxima vez vou te bater e vai ser de proposito. - Disse ele me soltando e sumindo no meio das pessoas que se formaram a nossa volta.

Estava praticamente a escola toda ali todos observando e alguns tentando entender o que houve e isso estava me deixando constrangido então fui para o banheiro o mais rápido possível.

Estava me sentindo estranho em relação ao que acabou de acontecer mas era para mim estar triste ou ao menos furioso pelo o que aquele menino fez comigo mas eu simplesmente gostei do que aconteceu e isso está bagunçando minha cabeça.

- Joshua o que está acontecendo ? - perguntei para mim mesmo.

- Joshua você está bem ?  - Logo reconheci a voz e isso me deu um aperto no coração me virei para ficar de frente com quem havia me feito tal pergunta.

- O que você quer Carlos?  - respondi seco até um pouco demais e ele logo percebeu.

- Calma cara só vim ver se você estava bem - Disse ele chegando um pouco mais perto.

- Agora você se importa ? - Disse sentindo o meu sangue ferver. - Estou bem sim melhor impossível e isso não é graças a Você - finalizei cuspindo as palavras nele.

- Olha eu sei que estou sendo um idiota de uns tempo pra cá eu só quero que você. . .

- Você não tem que querer nada - Disse o interrompendo - Quem quer alguma coisa sou eu e a única coisa que quero é que você me esqueça e fique o mais distante de mim.

- Josh para. . . - a voz de Carlos Estava tremula e isso fez com que meus olhos encherem de lágrimas e mais uma vez o interrompi

- Por favor faça isso e eu irei tentar fazer o mesmo.O sinal tocou mostrando o fim do intervalo e com isso sai do banheiro deixando Carlos la e fazendo as lágrimas que estava em meus olhos escorrerem.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...