História Eu o Protegerei (Imagine Moonbin) - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias ASTRO
Personagens Moonbin
Tags Astro
Exibições 12
Palavras 1.295
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Romance e Novela, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


De acordo com o dia marcado, aqui está o Prólogo.
Boa Leitura
<3

Capítulo 1 - Prólogo


Fanfic / Fanfiction Eu o Protegerei (Imagine Moonbin) - Capítulo 1 - Prólogo

                                                                   Prólogo

 

 

                                                                 Abril de 2007                   

 

-Moon Bin! Cadê esse Moleque imprestável? –Gritava Minha Tia, correndo pela casa totalmente descabelada. Eu me encolhi na cadeira, eu estava fazendo minha Lição de casa, até que a mesma entrou no quarto com o meu boletim, eu iria apanhar de novo.

 

-Que notas horríveis são essas.—Ela me mostrava meu boletim, com quase todas as notas em 100%, ela me encarava com  a pior cara possível. -Como você pode tirar apenas 90% em geografia!! Trate de estudar já!—Ela saiu batendo porta e eu comecei a chorar, como um ser humano pode ser assim.

 

 Desde que meu Pai e minha irmã morreram 2 anos atrás , eu me mudei para cá, onde eu divido quarto com meus Três primos, Jeong Suk (17) , Soo Hyun (15) , e Yi Young (12). Bom, eu me chamo Moon Bin e tenho 9 anos.

 

 Todos podem sair e se divertir em Família, já eu tenho que estudar para conseguir manter a imagem da família entre os vizinhos. Ou seja minha “Família” só quer que eu tire 100% em tudo. Não posso nem mais brincar, todos os meus brinquedos foram substituídos por livros, e essa é a minha vida.

 

 Peguei meu livro de Geografia, me deitei na Cama debaixo, já que no nosso quarto tem 2 Beliches, uma para cada um. Comecei a ler , até que a porta começou a abrir.

 

-Já começou a estudar?!—Minha Tia já chegou gritando comigo,  como sempre.-Bom Mesmo, você precisa manter a imagem da nossa família. –Eu não aguentei.

 

-PORQUE EU SEMPRE TENHO QUE ESTUDAR,NÃO POSSO NEM MAIS ME DIVERTIR,PORQUE SEUS FILHOS NÃO PODEM ESTUDAR TAMBEM?!?  -Explodi de raiva e joguei meu livro na cama e levantei já encarando a minha tia.

 

-OLHA! COMO FALA COMIGO, VOCE DEVE RESPEITO A MIM, EU TE DOU UM TETO E COMIDA, DESDE QUE A PUTA DA SUA MÃE E O VAGABUNDO DO SEU PAI MORRERAM JUNTAMENTE COM A SUA IRMÃ, ELES DEVIAM TER LEVADO VOCE JUNTO!!! –Eu comecei a chorar, e me desabei no chão.

 

-Ela.. é sua I..rmã. –Digo ainda chorando, não sei de onde veio tanto choro.

 

-Você acha que eu alguma vez gostei da sua mãe, ela sempre foi a queridinha do Papai, sempre recebendo elogios e muito mais presentes que eu. –Diz ela rindo e fechando a porta.

 

 Eu desabei em lagrimas, mas agora eu sabia de uma coisa, minha tia é maluca. Logo a porta se abriu e meus primos olharam pra mim e vieram em minha direção, pela primeira vez achei que eles iriam me ajudar, mas eu sempre estarei errado sobre eles.

 

-Patético. –Diz Soo Hyun Subindo a escada da Beliche e se deitando.

 

-Nem estou aqui. –Diz Jeong Suk subindo a escada da beliche e se deitando e colocando um livro na Cabeça.

 

-Que cara de merda, ah é mesmo você é uma Moo Bin, Hahah. –Diz Yi Young se sentado na beirada da sua cama e rindo de mim.

 

(...)

 

Maio de 2007                            

 

 Eu estava saindo da escola com o meu boletim, e já sabia que eu iria apanhar por uma matéria. Caminhei em passos fracos até a saída da escola onde os pais esperavam seus Filhos, com certeza a minha “Tia” estaria me esperando lá.

 

 Ajustei minha mochila nas minhas costas, e olhei meu boletim novamente, ao por meus pés na Calçada já avistei a minha tia me olhando, e logo ela desviou seu olhar para a minha mão aonde se encontrava meu boletim, e vi ela abrir um Sorriso.

 

 Caminhei até ela, abaixei a minha Cabeça e entreguei meu Boletim para a mesma, a cada olhar que ela dava seus olhos Brilhavam, até que ao chegar a última Matéria, seus olhos perderam o brilhos e me olhou, eu ia apanhar na frente de todos.

 

-Como ousa tirar isso em Coreano, você é uma Vergonha, pena que você é o único que mantem a aparência da minha Família, seu imprestável.—Diz minha Tia que levantou o braço nesse momento eu fechei os olhos. Quando..

 

-Licença!!—Eu abri os olhos e vi uma Garota Provavelmente do 8 ou 9 ano, segurando a mão da minha tia, ela tinha Traços Ocidentais, cabelos Loiros e olhos Verdes.—Ahjumma, o que pensa que está fazendo? 

 

-Eu que lhe pergunto.—Diz minha “Tia” puxando seu Braço com força.-Eu estou educando o meu sobrinho.

 

-Esse seu educar pode te levar para a Cadeia, e ainda fazer isso na Frente de outros pais e crianças, que exemplo.—Diz a Garota que olha ao redor acompanhado pelo olhar da minha tia, mostrando que havia varias Pessoas olhando, inclusive o Vice Diretor da escola.

 

-Como você ousa me repreender eu sou mais Velha que você, e eu educo meu sobrinho como eu quiser! —Diz minha Tia levantando a mão para me Bater.

 

-Se você for Descontar sua Raiva nele, não o Faça, Bata em Mim! –Diz a Garota entrando na minha Frente.—Se você tiver Coragem.

 

 Dava para ver a Raiva da minha Tia em seus Olhos, logo ouvi uma Barulho de Tapa, e fechei os Olhos. Quando abri, a garota estava no Chão com a Mão no rosto, eu me abaixei perto dela e a olhei.

 

-Pelo menos tem Coragem, se soubesse de quem eu sou Filha Duvido que teria Feito isso.—Eu ajudei a menina a se Levantar, depois disso 2 Homens de Preto apareceram, um estava com um Celular em Mãos.

 

-A senhorita está bem.—Perguntou o Homem que estava sem nenhum Celular nas Mãos.

 

-Eu estou Bem, Sung Joon.—Diz a mesma sorrindo amigavelmente para o Homem.

 

-È bom que esteja em Mente de quem você acabou de acertar uma Tapa, Ahjumma. —Diz o mesmo olhando serio para a minha Tia. -Devemos Processa-la senhorita?

 

-Não, há Necessidade.—Diz a garota olhando pra mim.-Você está Bem?

 

-Sim.—Eu disse com Medo.

 

-Não precisa ficar com medo eu sou sua amiga. –Diz a mesma passado as mão pelo meu Cabelo, me acalmando.

 

-Devemos Contatar a Policia senhor? Sim, entendi senhor se Divirta. —Diz o Segundo Homem que estava conversando com alguém no telefone.-Senhorita seu pai disse que da próxima vez que isso acontecer, ele irá Processar a pessoa que te tocar e que ela irá apodrecer o resto da vida na Prisão.

 

 Vi minha Tia já ficar desespera, e seu olhar ficar com Medo, ela abriu a boca para dizer algo mais nada saiu.

 

-Quem é você? —Finalmente saiu algo de sua boca, Minha tia parecia pela Primeira vez assustada e com Medo.

 

-Eu Sou a Herdeira do Grupo Taemin.—Diz a Garota Sorrindo e Vendo a minha Tia caindo ajoelhada no Chão, e começou a se desculpar. -Se algo acontecer com esse garoto ou eu ver ele triste ou machucado, você já sabe o que vai acontecer com você, Vem vamos tomar sorvete garoto.

 

(...)

 

 Depois do que aconteceu, a Garota me Levou para tomar sorvete, aqueles Homens ficaram dentro do Carro Vigiando ela. Já que pelo o que parece ela é a Herdeira do Grupo Taemin, então eles devem tomar conta dela para que nada aconteça. Eu contei a minha história para ela, e eu comecei a chorar, a mesma me abraçou.

 

-Ei, não chore, eu vou proteger você de todos e quais quer coisas que fizer mal a você, ok?—Diz a mesma me apertando mais ainda, mas pela primeira vez em anos eu estava me sentindo protegido, ela me soltou.-Qual o seu Nome?

 

-Moon Bin e o seu?—Perguntou olhando para ela e Falando tímido.

 

-Eu me Chamo Clarissa, agora eu sou a sua protetora, não deixe de me contar nada.

 

                                                           Tempos Atuais

 

Eu olhava uma  foto Minha e de Clarissa, tirada no mesmo dia da Sorveteria.

-Eu Sinto sua Falta.—Falo pra mim mesmo passando meu Polegar pela Foto.-Eu vou Encontrar você.


Notas Finais


Espero que tenha Gostado!
Nos vemos no Proximo
Beijos da Genia da Lampada
<3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...