História Eu Odeio Meu irmão(INCESTO) - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Exibições 236
Palavras 1.138
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Ecchi, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Visual Novel
Avisos: Álcool, Drogas, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Bom amores se fica ruim me desculpem estou um pouco sem criatividade hj.
Espero que gostem...♥♥♥

Boa leitura♡♡♡♡

Capítulo 14 - #Cap14


Fanfic / Fanfiction Eu Odeio Meu irmão(INCESTO) - Capítulo 14 - #Cap14

                 P.O.V. BEKA....

  Saímos do cinema e fomos tomar açaí, não consigo tira o que Paulo falo, como assim me punir..

   - Beka...REBECA...-luz grita.

    -Que foi desgra...miga..-me corrijo quando vejo a cara de reprovação de luz.

   -Vamos? ..-pergunta ela, mais ja eu não quero fica sozonha com o Paulo não...

    -vamos...-Saímos de la e fomos para o carro, logo chegamos em casa dei tchau para fillipe e luz e entrei primeiro que Paulo, vou para meu quarto é me tranco a porta, logo a idiota aqui lembra que deixou o celular no sofá, então abro a porta e vou ate la pega lo, é adivinha quem estava com meu celula, ela mesmo a própria a putiane Larissa.

   -Ei vadia, o que você esta fazendo com meu celular...-pergunto e a vadia olha para mim.

   -Oi piralha, so estava vendo o seu  iPhone7, o meu e o 6, então vou compra outro...-fala ela com um soriso no rosto.

  -Des de quando filhas de vadias, têm dinheiro para gasta...-falo ironicamente, e a vadia se levanta ficando de cara para mim.. (autora:não sei pq mais não consigo chama a vadia pelo nome kkk)

  -Minha mãe não era vadia, a sua que era fraca e não suporto meu pai escolher minha mãe..-diz ela, sério essa puta ta me tirando.

  -Meu pai não escplheu aquela prostituta,ele so comeu, mais como você infelizmente nasceu e sua mãe morreu ele de trouxe para cá por pena..-falo e ela sorir e diz um'' agora você me paga''

  -Depois fala que eu sou piranha, suas conversa não são nada descentes com esse tal fillipe, você fala de mim mais eu me entreguei para o Paulo pq eu o amo, é você transou com o Felipe por amor...-diz ela, pera do que ela ta falando.

  - Então você transou com o fillipe...-alguém fala,olho para trás e vejo Paulo, então foi por isso que ela falo tudo aquilo, ela tinha visto o Paulo.

  -Eu não transei com ninguém..-falo e o mesmo me olha seriamente.

  -Haa não então o quê é isso,''Beka você foi a melhor de toda minha vida'' ou'' quando vamos fazer amor de novo'',...-a vadia finge lê  mensagens que nei desistem.

  -Larissa me da meu celular pq eu não me lenbro nada disso, Paulo isso é mentira...-olho para Paulo e o mesmo me olha com nojo.

-Então você so passa de uma vadia,agora so falta fala que você deu para o Matheus e para o papai também...-diz Paulo frio,como ele pode fala que eu deixaria meu próprio pai..

  -Você falo o que Paulo Henrique?..-cheguei perto dele e o mesmo mantinha uma frieza parecia que não tinha coração...

   -Você e surda? Você também deu para o Matheus e para o papai...-fala ele,cuspo na cara dele e vou ate Larissa.

  -ME DA A DESGRAÇA DO CELULAR, PARA EU JOGA NA CARA DAQUELE OTÁRIO, CADE QUERO VE AS MENSAGENS...-falo e a mesma deixa o celular caí no chão, pego o do chao é tento liga mais não liga.

  -QUER SABE FODA-SE..-arremesso o celular na parede e olho para Paulo...-VOCÊ NUNCA MAIS FALA COMIGO SEU MERDA..

   -Rebeca você e uma vadia, e vadia e o que não falta para mim...-quando ele falo isso meu coração travou, então eu so sou uma vadia para ele, digo nada.

   -Filha pq você estava gritando...-pergunta Naná preocupada.

  -Naná cadê meu pai...-falo ainda encarando Paulo Henrique.

   -No escritório...-não falo nada so vou la..

   Abro a porta e vejo meu pai dormindo na cadeira, ''ele deve ter trabalhado munto''..

  -Pai..-falo é o mesmo me olha, acho que ele não estava dormindo.

  -Beka me perdoa filha, eu sei que errei mais eu te amo, eu sei que você não vai acretita mais eu amava eu amo sua mãe, e vou amar ate o ótimo dia da minha vida, não me odei filha ..-quando ele disse isso meu coração apertou,

  -Pai eu não de odeio so estou magoada..-falo e ele abre um soriso.

-Então o que você quer filha..-diz ele.

   -Meu celular quebrou ent..-ele me interrompe.

    -Toma..-diz ele me entregando um cartão...-é seu..-eu murmuro um obrigado e saio do escritório.

   Vou ate a sala e vejo Paulo Henrique e a puta assistindo filme.

-Olha Paulo a ela e rapida, nossa Rebeca você ja transou com o papai, ou bateu um boquete?...-Paulo não diz nada so me segue pelo olhar,vou ate a mezinha que contém um telefone é fica ao lado do sofa/lado da Larissa, e ligo para luz..
    
               Ligação on...

          -Alô...

      -Luz você esta ocupada?...

      -Não, Beka e você? ...

      -Sim, vamos no shopping?

       -So se for agora...

      -Vem me busca...

    
             -Estou indo...

             Ligação off....

Desligo o telefone e Paulo me encara, logo vou para o quarto e troco de roupa coloco uma brusa branca larga e um short e um Denis da Nike, desso as escadas e Paulo me olha de cima a baixo..

-Olha Paulo a vadia vai sai...-mano isso me irritou de tal maneira, mais os ignorei e foi ate a cozinha, pego leite e volto para sala vou ate a cabeça de Larissa que estava interdita no filme e despejo o leite na sua cabeça, não digo nada so saio de casa, logo luz chega entro no caro e ela pede para o notorista ir.

  -Beka você esta bem...

   -Não...-falo tudo que aconteceu para ela.

   -Eu vou mata essa vadia, quem ela pensa que é para de chama de puta...-diz Luz brava...-Beka e sério o Paulo vai me ouvi..

  -NÃOO, Luz não precisa fala com ele,eu não ligo para  opinião dele...

  -Rebeca você pode menti para todos, menos para mim..

Chegamos no shopping e compro outro celular, logo eu e luz famos para minha casa.

  -Nossa eu estou cansada, eu andei de mais..-diz Luz se jogando no sofa e eu fasso o mesmo.

  -Clara você viu o me..-Larissa chama por Naná mais logo quando ve eu e luz para.

  -Então e essa a vadia...-diz Luz...- é feia tadinha...-Luz fala e eu não consigo me segura comeso a rir.

   -Não sou eu a vadia aqui ne Rebeca...-diz Larissa

  -Larissa para de teatrinho o Paulo não esta aqui, eu sei que você mentio sobre as mensagens...-falo e a puta sorir.

-Por falar nisso..-luz vai ate Larissa e lhe da um tapa que mais parecia um soco na cara...-isso e por ter empurrado a minha amiga da escada...-logo Luz se joga no sofa, Larissa se vira e sai, dou um tchauzinho com meu braço engessado..

   -Beka vamos numa festa hoje? ...-pergunta luz.

   -Sim, mais quem te chamo?..-como sou curiosa eu pergunto.

    -Meu amigo Matheus....

    


Notas Finais


Amore espero que tenham gostado.

Se tive erros depois eu corrijo...

Ate o próximo capítulo bjs♥♥♥♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...