História EU ODEIO TE AMAR TANTO - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 8
Palavras 1.385
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Fantasia, Ficção Científica, Luta, Mistério, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


demorei um pouquinho mas aqui está loves, mas um caps

Capítulo 3 - Você vai para a escola


Fanfic / Fanfiction EU ODEIO TE AMAR TANTO - Capítulo 3 - Você vai para a escola

 


Depois de de subi pro meu quarto e a arrumar minhas coisas, tio Mex me levou para a agência para conversar com o chefe da nossa divisão da C.I.A Christian David, quando chegamos na agência eu fiquei com receio dos olhares tortos pra mim dos demais agentes, apensa de eu agora ser outra pessoa, ainda assim pareço uma versão masculina de mim, fiquei desconfortável, imaginando o pior, vai que alguém me reconhecer de antes?, Mex me olhou como ser me desse força para entra e prossegui já que o nervosismo era notável em mim, ele disse para encara qualquer pessoa na quele lugar, que daria tudo certo, partimos direto para sala  do Christian David, ignorado totalmente os olhares que as pessoas lançaram em nós pelo caminho, pedirmos a secretária para avisa que já havíamos chegado e longo foi dada a permissão para entramos na sala de Christian David, quando entramos Christan quase teve um troço ao me ver, era a primeira vez que nós vimos depois do acidente, praticamente ele não conseguia ser mexe ele estava até branco para um negro, ficou parado como estatua de gelo me encarado de boca aberta.

- Olá C.D., meu grande amigo de décadas, será que pode por acaso para de encara a minha hm... meu sobrinho desse jeito? Até eu estou a fica assustado - essa pequena brincadeira de Mex aparecem faze Christian desperta de seu transe, ele longo ser a jeitado em sua cadeira, retomado sua postura.

- Primeiro mais respeito e cuidado com os apelidinhos Maxssuel Bragança Borges aqui eu sou o chefe, aqui eu sou seu chefe antes de ser seu amigo, e Kara desculpe pela minha reação iniciar, eu estou a par de tudo que aconteceu com você e sinto muito pelo o ocorrido, e só não fui te ver no hospital por que as visitas eram restritas, mas granças a Deus você saiu dessa com vida - Christian sabe que Mex não gosta de ser chamado pelo seu nome todo.

- Foi mal pela brincadeira mais você não parava de encarar e estava ate ficou palido e juro fiquei preocupado com  a sua cor de pele e raro um  negro ficado branco mas um pouco ia te de começa a te chama de Michael Jackson  e não de ''christiazinho ou C.D.'' com eu sempre gostei de chama, ae já ia esquecendo de te chama de ''CHEFE'' e não adianta faze esse careta feia pra mim não Chirs - Mex estava provocado Christian amigavelmente.

Eu vou esquece essa sua gracinha que você em minha sala em nome dos velhos tempos e por que faz anos que não o vejo pessoalmente, já que você foi viaja pelo mundo e esqueceu de volta pra visita os amigos - ambos começaram a sorri um para o outro deixado o clima de descontração na sala.

- Parar vai eu te mandava mensagens todos os dias e ainda linga as vezes, já que você ser faz de ofendido eu jamais iria esquece do meu melhor amigo e ser não voltei pra visita e por que eu tive meus motivos.

E bom ver velhos amigos ser reencontrado, mas vamos munda o rumo da conversa, que tal falamos sobre achamos o homem responsável pelo meu novo visual?- Os dois homens mas velhos ser entre olharam, sabiam que era hora de fala serio, os três ser sentaram e Christan começou a fala.

Você tem razão Kara, eu e Mex nós alteramos um pouco e agora e hora de fala serio, vou começa sendo bem sincero sobre com a C.I.A. me manda agi nessa situação, o protocolo diz que um agente com assuntos pessoais não deve permanece envolver na missão em questão, e eu por esta a frente como Chefe deveria afasta-lo, já que esse virou um assunto pessoal até demais no seu caso, mas sei que isso não te impediria de ira atrás dele e de termina o trabalho que você começou, de qualquer jeito ser você fizesse isso ser muito perigoso, não só para você mas para toda a agência, Kara eu te conheça a muito tempo e fui amigo de sua mãe e sou amigo de seu Tio e isso já complicar as coisas mas um pouco.

- Se não vai em ajuda então por que eu estou aqui? - Agora sim Kara não tinha mas nada de paciência.

- Calma, não disse em nenhum momento que não iria ajuda, ser não pudesse te ajuda nessas horas pra que está no comando né?  

- Tá mas vocês tem alguma pista de onde ele possa esta ser escondedor agora? ou para quem ele trabalha?, por que foi muita sorte termos achado o seu paradeiro da quela vez.

O negócio é que não conseguimos acha mas o rastro do Dr. Álvaro Cooper desda ultima missão, sempre foi muito difícil encontra qualquer coisa em relação há ele mas  depois da quela ultima missão, sinceramente dessa vez até  parece que ele quem ser deixou ser achado, dele mesmo não temos mas pistas mas sabemos aonde sua esposa e filha estão, e que ele ser comunica com elas regulamente, só que nunca conseguimos interceptar nenhuma ligação ou e-mail ou ate mesmo quando eles ser encontra pessoalmente, então vamos levanta vigia interna através de sua filha - Kara estava totalmente irritado com o fato de terem perdido o paradeiro de Álvaro Cooper.

- Pera ai eu não quero saber dessa tal esposa e filha dele, eu preciso é acha o quanto antes o Dr. é não a família dele, por que ser vocês não perceberam o meu caso e urgente.

Kara a unica coisa que temos no momento e vigia a filha dele de perto esperado ele entra em contato ou ate mesmo tira informações de onde procura-lo, e por isso que vamos te manda pra a escola onde a garota estuda, sei que você e um jovem muito inteligente e que seu grau acadêmico e de um pós-graduado indo pra doutorado mas pra essa missão você vai ter de passa outra vez pela a escola, ser bem que essa foi uma das fazes que você pulou por ser bem mas avançado que os da sua idade.

- Pera ai, Kara tem um a inteligência acima do normal?, a ponto de te pulado farias series chegado a um doutorado com apenas 16 anos? Mex estava totalmente impressionado com Kara

- Na verdade eu já terminei meu mestrado jundo com o doutorado, sempre foi fácil pra mim aprender e por causa isso me tornei um bom agente.

- Kara sempre ser destacou por sua inteligencia sempre a frente dos demais de sua turma, por isso ele foi avançado como forme a sua inteligencia crescia, ele e um prodígio da geração atual.

- Só quero deixa claro que não quero passa pela a escola já que fiz questão em pular algumas partes do ensino que achei ser desnecessauro pra mim, ainda mas com aqueles trogloditas que não sabe resolver 2+2 e ser resolver tudo no braço, e ter mas eu não quero perder tempo indo atrás de alvos secundário, ser você não vão atrás de Álvaro agora eu vou e sozinho.

- Acho que você deveria ouvir o que Christian esta fala, ser você sai por ai no mundo sem saber aonde o Dr. Álvaro Cooper esta será o mesmo que dá um tiro no escuro, sei que você quer tudo pra já mas vamos com calma, vai dá tudo certo, aproveita a chance que Christan esta te dado, colocado você nessa missão mesmo sem pode, e aproveite também a chance que a vida está te dado de viver uma vida normal de um adolescente comum mesmo quase a por um tempo, já que isso foi tirado de você uma vez, não perca de novo, é eu estarei com você a todo momento que estive precisado de mim até quando não.

Kara ficou um tempo em silêncio pensado sobre o que seu T. Mex falou longo após um tempo Kara diz que aceita vigia a filha de Álvaro, Kara saindo da sala pediu para que Mex o espera no carro por que ele queria pega uns arquivos antigos sobre o Dr. Álvaro e informação sobre sua família mas especificamente sobre sua filha e aproveito para pega seus arquivos médicos ha alguma coisa na quele laudo que o incomodava.


Notas Finais


Até o próximo caps... comentem


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...