História Eu odeio te amar(Lutteo) - Capítulo 1


Escrita por: ~ e ~Sarafafics

Postado
Categorias Sabrina Carpenter, Sou Luna
Personagens Amanda, Ámbar Benson, Ana, Cato, Delfina, Gaston, Jazmin, Jim, Karol Sevilla, Luna Valente, Matteo, Miguel, Monica, Nico, Nina, Pedro, Personagens Originais, Ramiro, Rey, Ricardo, Ruggero Pasquarelli, Sharon, Simón, Tamara, Tino, Yam
Visualizações 138
Palavras 716
Terminada Não
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - Que nerd ridícula!


Fanfic / Fanfiction Eu odeio te amar(Lutteo) - Capítulo 1 - Que nerd ridícula!

"Quem é ela?" "Sei lá..uma nerd" "Olhem mais uma nerd insuportável" " Gente olhem à roupa dela....que cafona " "olha a menina novata chegou" "Meu Deus....que nerd ridícula!"

Eu mal cheguei e as pessoas já começaram......ja começaram à zoar. Mas já me acostumei com isso. Afinal,a vida toda me criticaram. Criticaram o meu jeito de fala,de vesti...enfim praticamente de tudo.  Mas eu tento apenas,ignora e   viver minha vida normalmente. 

- Ei... Menina!. Ouço uma voz feminina me chama. 

- o que foi?. Era uma garota loira de olhos azuis. Muito bonita.

- Onde você conseguiu essa roupa?....

- bem eu.......

- é Ridícula. A garota falou e senti meus olhares arderem. 

- E esses óculos?....sao piores ainda mais do que a roupa. 

As minhas lágrimas já desciam. E A escola inteira estava ali.....olhando Meu sofrimento. Mas não faziam nada. Só olhavam.  corvades. 

- E esses sapatos?.....onde você pegou?.

- bem era da minha......

- tá,tá não quero mais saber... 

Sério essa garota estava me tirando do sério. Calma Luna,briga não  resolve nada. Meu subconsciente falou. 

- e esse cabelo..o que você fez com ele?.....

Abri a boca para responde mas ela impede. De novo. Que garota irritante. 

- há já sei... você lavou com sabonete não foi?... perguntou e riu. E resto fez mesmo. Nem todos. Vi um outra loira também de olhos azuis. Ela também era linda..e parecia não gosta nada do que estava acontecendo,na verdade parecia tão irritada quanto eu.

- E esse seu.......

- CALA À PORRA DESSA BOCA ÂMBAR!. A garota loira 2 falou...quer dizer praticamente gritou.  A garota loira 1  - que agora  eu sabia o nome- ficou vermelha de tanta raiva. Mas ela  não só estava com raiva.......mas também surpresa. Eu também estava. Afinal ninguém nunca me defendeu assim. Hum. Tô começando a gosta  dessa escola. 

- ESCUTA AQUI SUA.....

- O QUE? VANGABUNDA?RAPARIGA?...PODE SER O QUE FOR ÂMBAR MAIS NÃO VOU TE DEIXA ZOAR ELA.... POXA CARAMBA É O PRIMEIRO DIA DE AULA.. DEIXA ELA,ELA TEM SEU PRÓPRIO ESTILO,SUA PRÓPRIA PERSONALIDADE... E TODO MUNDO TEM ISSO... CADA UMA AQUI TEM SEU JEITO. E NINGUÉM TE JUGA POR ISSO,EU TAMBÉM NÃO CRÍTICO NINGUÉM...ENTAO PORQUE FAIS ISSO? DEIXA A GAROTA VIVER A VIDA DELA ELA É GENTE COMO NÓS. ELA COME E BEBE COMO  TODO MUNDO. ENTÃO PAREM OK?!.

-Ora sua..... 

Âmbar tentou dizer.. .

- Âmbar porque tenta? Sabe que nunca vai conseguir me afeta então pra que tenta?. 

Âmbar saiu batendo o pé. E resto saiu. 

- Tudo bem com você?. Ela perguntou. 

- sim eu estou bem obrigado. Agradeci e abracei ela. 

- disponha. Disse e nós separamos. 

- qual seu nome?. 

- Luna,Luna Valente. Falei e sorri. Estedi minha mão pra ela. 

- Prazer Luna, sou Sabrina,Sabrina Carpenter. Disse apertou minha mão e sorriu de volta. 

- olha Luna se ela volta a mexe com você me fale me dou um jeito viu?não fique calada. 

- pode deixar. 

O sinal tocou e fomos direto para aula. E no caminho fomos nós conhecendo mais e mais.  

É parece que já tenho uma amiga. 

Horas depois 

Por Narrador

O fim das aulas já tinha chegando, e assim que o sinal tocou os alunos correram em direção à porta. Mas duas alunas estavão tão distraídas conversado que nem perceberam o sinal. 

- meninas já bateu o sinal,hora de ir para casa. O professor avisou. 

- há sim,obrigado por avisa professor. Luna agradeceu,sorridente. E esse sorriso logo foi retribuído pelo professor.

Logo as meninas começaram à arruma as suas coisas e quando terminam.....

- Até amanhã  professor Marcos. As meninas se despediram do professor e saíram.

 - Até amanhã Luna. Sabrina,disse e abraçou a amiga. Luna retribuir o abraço. 

- Até. Luna fala,e Assim que Sabrina saiu o grupo dos populares voltou. Que era composto por:Matteo,âmbar ,Gastón, Nina,Ramiro e Jim. 

- olha se não é a nerd feiosa..onde conseguiu suas roupas num lixão?....

Matteo falou e riu o resto riu com ele

O show iria começar........

As lágrimas se misturam com as risadas. E para outros era apavorante,ouvir risadas e lágrimas ao mesmo tempo. Era bizarro.

As palavras das pessoas de hoje mais cedo vilherem a mente de Luna " que nerd ridícula". E agora Luna tinha,certeza de que aquilo era verdade. Era uma nerd ridícula,que deixava as pessoas pisaram nela, na hora que queria porque permitia  isso. Porque ela era ridícula. Ela era a nerd ridícula. 



EM BREVE CONTÍNUO 











Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...