História Eu preciso de uma namorada - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Contrato, Romance
Exibições 8
Palavras 744
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Ecchi, Escolar, Harem, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Espero que gostem!

Capítulo 1 - O contrato


Era um dia quente de verão, o ultimo dia de aula que caia exatamente numa sexta-feira, todos estavam ansiosos para sair dali e irem fazer seu desejos.

Porém só um estava desanimado e dormindo na mesa.

-Ei seu preguiçoso, acorda, vai fazer o que nas férias?- Pergunta um colega do garoto.

-O mesmo de sempre, já ingressei no ensino médio apartir de amanhã, vou ficar jogando como sempre.

-Francamente Hiroki, você chama isso de vida? Tantas garotas bonitas aqui na sala e tu todo deprê.

-Como se elas me dessem alguma bola e cala a boca Korata.

-Ok, ok, vê se faz algo de novo nessas férias.

O professor chega para dar as ultimas aulas, mas mal consegue segurar a empolgação dos alunos começam a discutir sobre o que eles desejam nesse verão. Vários levantam a mão e os olhos do professor caem sobre o aluno com a cabeça baixa.

-Hiroki, me fale o que você vai tentar fazer.

*Hoje não é o meu dia*-pensa o garoto sonolento-Não quero falar.

-Você não tem que querer-responde umas garotas retardadas da sala.

-Por que vocês não me deixam em paz?

-Para de reclamar e responde-avisa o professor.

-Além de jogar e dormir? Conseguir uma namorada

Todos na sala começam a rir, a vontade do garoto era de bater em todo mundo.

As vozes deles ecoam no seu ouvido: "eu não ia querer ele","se eu não consegui, imagina ele??","antisocial como é??".

Ele pega sua mochila, sai e grita

-É ESSE O MOTIVO PARA QUE ANTISOCIAL.
-Ei! Hiroki, a aula não acabou, espera ai, a sala vai pedir desculpas- fala o professor inutilmente, ele já estava longe.

Ele vai correndo até sua casa, era o unico local onde o espaço dele era respeitado. Ele passa pela porta.

- Cheguei.

- Muito cedo, o que houve dessa vez?-reclama a mãe do Hiroki.

-To cansado, deixa meu almoço na porta.

Ele sobe as escadas e passa pela porta do seu quarto escuro e a fecha, coloca a mochila no canto do quarto e se joga na cama, pega seu celular e coloca para o acordar. Fica olhando para o teto e dorme em pouco tempo.

O celular vibra, Hiroki acha que é o alarme, era uma chamada, da sua amiga de infância, ela sempre se preocupava com ele, ignorando a ligação, levanta e vai abrir a porta, almoça e deixa o prato no mesmo lugar.

Ele acorda e sente alguem dentro do quarto, vira para a porta, tinha uma garota ali sentada na cadeira do computador dele e olhando para ele, ele congela, isso nunca aconteceu.

-Quem é você?-pergunta amedrontado

-Sou aquilo que vocês, humanos, chamam de demônios, eu realizo desejos em troca de algo muito importante para a pessoa.

-Tipo a alma?

-Sim, de certa forma, alguns acham que so podemos tomar a alma, porém nos escolhemos o que queremos.

#Descrição (funciona da seguinte forma: alguem é escolhido e tem todas as suas características mostradas, se as pessoas já souberem)

*Hiroki Hayato

Idade: 16
Altura: 1,84m
Preguiçoso
Sedentario
Magro
Cabelo: preto
Olhos: castanho
Comida preferida: Carne Jogo preferido: corridas
Antisocial
2 amigos

*?????????-Demonio

Idade:?? ( parece com 17)
Altura: 1,69
Busto:94cm
Cintura: 69cm
Quadril:83cm
Cabelo: preto e longo
Olhos: azuis

#Fim da descrição.

-Vamos lá, faça seu pedido!-pede a garota com animação.

-Qual quer coisa?-pergunta vermelho

-Sim-ela levanta, estava usando uma saia branca acima do joelho e uma camisa vermelha, vai até ele e passa o dedo da mão pelo corpo dele-Dinheiro, fama.

Ele fica mais vermelho e se afasta dela.

-Posso Pedir: Você seja minha namorada?

-Que??... pode sim... nunca me pediram isso, vai ser interessante.

-Posso perguntar duas coisas?

-Sim, fale.

-Caso eu queira terminar o contrato, você levaria o que de mim?

-Hum... seu amor, você fica incapacitado de amar alguma pessoa que conheceu após o fim do contrato.

-É... que...-ele engole seco e começa a suar-po-podemos fechar o contrato com... um beijo.

-Você me surpreendente garoto. Certo então.

Ela levanta fica no meio do quarto e começa a falar uma lingua estranha, aparece uma folha de papel, que começa a ser preenchida do nada meu corpo começa a esquentar.

-Por meio desse contrato, realizo o seu desejo, me tornarei sua namorada, e concluiremos com um beijo.

Ele levanta, vai até ela, ela estava de olhos fechado esperando, ele sente seu coração batendo forte.

*Não tem mais volta"-pensa, e beija ela um suave.

-Hum... até que você não beija mal, apartir de hoje serei sua namorada.


Notas Finais


Obrigado por ler


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...