História Eu quero, eu posso, eu consigo ( imagine jimin) - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Jimin
Exibições 142
Palavras 807
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 16 - Amor


Fanfic / Fanfiction Eu quero, eu posso, eu consigo ( imagine jimin) - Capítulo 16 - Amor

    - Filha.... eu sei que eu nunca te dei a atenção que você merecia e sempre te tratava mal, mas eu me arrependi e estou mudando, me dá uma chance?!- Assenti com a cabeça e abraçei ela.
    - Desculpa estragar o momento mãe e filha...mas eu realmente preciso conversar com a s/n e estamos exaustos. - jimin fala e nos separa.
    - Entendo.... então tchau! - Diz e sai.
    - Eiii, vem cá... senta aqui! - Diz batendo em suas coxas, eu fui, sentei, coloquei uma perna pra cada lado e deitei em seu peito, o que fez nossas intimidades roçarem uma na outra.
    - Aí que vontade de apertar seu.....- Disse, mas saiu como um sussurro misturado com gemido.
    - Como é que é? - Jimin fala e solta uma gargalhada gostosa, dei um selinho nele.
   - Você ta muito tarada sabia?- Fala e me dá beijos por todo o meu rosto.
    - Ahh jimin como aquela puta teve coragem de matar uma criança inocente? - Falo e cai uma lágrima, que foi seguida de outras.
    - Eii, olha... somos jovens e....como o médico disse podemos tentar de novo!- Fala limpando minhas lágrimas e dando um sorriso safado.
    - E eu que sou tarada!- Falo retribuindo o sorriso dele.
   - Eu sou homem, não consigo ser inocente....
    - Jimin eu te amo tanto...- abraço ele forte.
   - Eu também! Tanto que dói. - Fala e se levanta comigo no colo.
   - Pra onde vai me levar?
   - Pra cama!- Jimin diz na mas pura inocência e a poluída aqui pensou "coisas".
    - Vamos fazer o quê lá em?- Falo mordendo os lábios.
   - O que você quiser! - Fala e me beija.
   ~ Campanhia tocando ~
  
    - Vai ficar pra próxima! - Falo e jimin suspira.
    - Vou abrir! - Fala e abre a porta.
    - S/N!! Meu anjo como você está? - Fala e me abraça, jimin fica vermelho e sobe pro quarto.
    - Ele é seu namorado? - Ricardo  pergunta, ele é meu primo mas é como um irmão.
    - Sim...
    - Bem ciumento ele viu!- Fala e rimos
    - Muito ...
    Depois de um tempo conversando, ele vai embora. Vou para o quarto de Jimin, quer dizer nosso. Entro no quarto e não encontro ele, escuto a zoada do chuveiro, entro no banheiro, jimin ta tomando banho.
    Por está de costas ele não me percebe, me despi e entrei no box.
    - Oii!- abraço ele por trás.
    - Oi.- fala sério.
    - Aff jimin, ele é meu irmão.
    - humm....
    - Jimin, bora continuar nossa brincadeira?
    - Não quero!- Nem vem que num tem.
    - Aish Jimin ele é meu irmão e....eu sei que você quer! Olha só, já ta..- pego no seu membro- Duro!!
    - A s/n... você me leva as loucuras!
    - Cadê o Jimin emburrado ?
    - Foi embora.... depois ele volta.- Ri.

     Jimin me pegou no colo e me jogou na cama e abocanhou meus seios.
    Minha mão desceu para a sua bunda e dei uma apertadinha de nada. Jimin tava enrolando demais, então eu troquei as posições e posicionei o seu membro na minha entrada.
    - Amor vai doer assi...- não terminou de falar porque sentei contudo em seu membro e ambos gememos.
    - Você não vai conseguir andar depois!- Fala e começa a se movimentar.
    - To pouco me fudendo! - Falo e jimin sai de mim, logo em seguida ele entra em mim com força.
     - Jimin....eu...eu...vou...go..-não consegue terminar de falar porque estava muito ofegante.
    - Goze amor! -Fala, isso foi minha perdição, gozei e logo em seguida ele gozou.
    - Amor...eu te amo!-fala e se aconchega em cima de mim..
    - Eu também...- afago minha mão em sua cabeça e começo a fazer carinho, logo jimin adormece.
    Eu fui dormir também, afinal, não tinha o que fazer com Jimin dormindo. (Safadenha kkkk)
  
                Jimin on

     Acordei escutando uns gemidos de dor...
     - Amor você ta bem??
     - Não jimin, eu não tô, parece que um trator passou em cima de mim...
    - O que passou em você foi minha pika!
    - Afff Jimin, eu tô sentindo dor....
    - Pera, eu vou buscar um remédio!
    Sai do quarto e fui pegar o remédio, aproveitei e fiz um lanche pra nós. Terminei e subi pro quarto.
    - Foi fabricar o remédi...- Para de falar quando vê a bandeja.
    - O que acha de um lanche? -falo e vou em sua direção.
    - ownn, que fofo!
    Depois de comermos, ficamos assistindo filme.
    - Nunca mais fomos pro curso...
     - Verdade, eu vou sair desse cursso. Depois entro em outro.
    - Eu acho que eu também vou!
    O filme tinha acabado olho para s/n e a mesma estava encolhida em meus braços, ri com a cena, peguei um cobertor e nos cobri, afundei meu rosto em seu pescoço e adormece.

   



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...