História Eu quero, eu posso, eu consigo ( imagine jimin) - Capítulo 22


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Jimin
Exibições 51
Palavras 1.161
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 22 - Visita inesperada...


        Jimin estava vestido em uma fantasia de Ladrão, e com uma de policial na mão, mano ele tava muito engraçado, ele estava com umas "correntes" no pescoço, uma camisa cortada, e um short que ia até as coxas, também tava com um chapéu pra trás.....
          - Veste!?- Fala fazendo uma carinha, e eu não conseguir dizer "Não" , eu já estava melhor e conseguia andar um pouco.
      
        Me troquei  e fui para o quarto.
   
       - Venha prender seu ladrão! - Fala e sai correndo do quarto.
        Sai correndo do quarto atrás de Jimin.
        - Ladrãozinho cadê você?
        - Aqui!- Fala e sai correndo sendo seguido por mim.
        - Tamo parecendo duas crianças!- Falo parando de correr, tentando normalizar a respiração.
        - Hahaha Tu é fraca viu, não corremos nem 3 minutos e tu já cansou?- Fala subindo no sofá e colocando a mão na cintura.
       Ri do jeito que ele estava e corre até ele, entretanto quando ele foi correr acabou caindo, o que me fez chegar a tempo e "prender" ele.
        - Haha quem é fraca agora Park Jimin?
        - Ahhh, assim não vale! Você só conseguiu porque eu cai!- Fala fazendo bico.
         - Aceita que dói menos! - Começo a rir.
         - Perde a batalha mais não a guerra! - Se solta de mim e sai correndo.
        - Eii, volta aqui! Assim não vale!
       - Você não é a boazona? Vem me pegar então!
       - Ahh seu....- Falo e saio correndo atrás dele de novo.

       Nos praticamente fizemos um tour pela casa, nós corremos até dentro do banheiro! Neste momento estamos frente a frente com apenas uma mesa nos separando.

       - Você não me pega uuuh.- Fala dando risada.
       - Ahh já chega, eu cansei! - Falo indo me sentar no sofá.
       - Tu é fr...- Não terminou de falar porque a campahia tocou.
     - Atende ai amor? - Falo e ele vai até a porta.
     - SOGRA?
     Me levanto rapidamente pra ver se realmente era minha mãe.
        - Desde quando você pode me chamar de Sogra? - Fala entrando em casa.
        - Filha que cara é  essa? Parece que viu um fantasma! E... o que é isso? - Fala e aponta pra minha roupa.
       - O que a senhora está fazendo aqui?
       - Credo filha, isso é jeito de receber sua mãe? Eu vim passar uma semana com minha filha!
      - É o quê? Já vi que não vou fuder esses dias!- Sussurra a última parte, mas deu pra ouvir.
        - Eu vou fingir que não ouvir isso Park Jimin!
          - Desculpa....mas você  podia muito bem avisar antes neh?- Jimin fala indignado.
        - Ahh, eu também não sabia que viria, eu tava viajando ai quando chegai me deu saudade da minha filha ai eu vim fazer uma visita....
       - Hmmm!
       - Mas agora vão  trocar essas roupas! Ta ridículo isso!!

       Nos entreolhamos e fomos pro nosso quarto.
      - Ava vey,  ela não podia vim passar uma tarde ou uma noite?- Fala enquanto sobe as escadas.
       - Calma amor, é só uma semana e outra nós vamos dormir juntos!
       - É, só que minhas férias estão acabando e eu tenho que voltar a dormir no dormitório, e isso significa que eu tenho que aproveitar!- Fala e me olha maliciosamente.
       - Quando vão acabar? - Falo deixando transparecer a tristeza na minha voz.
        - Próxima semana....mas você pode ir lá de vez em quando amor...
       - Não vou conter meus gemidos tá?- Falo e caímos na gargalhada.
       - Poderia até deixar, mas tem o meu Kookie lá, ele é muito inocente pra ouvir gemidos!
      - ....- Reviro os olhos.
      - Que foi amor?
       -.....
        - Ta com ciúmes é? - Suspiro e vou a passos largos pro quarto.
        - Amor! Volta aqui!- ele me puxa e me dá um beijo, sabe aquele beijo que te deixa de pernas bambas?
        - Acha que te trocaria pelo Kookie amor?- dar risadas histéricas-  É claro que amo o Kookie, ele é minha criança inocente, mas você é meu centro, meu tudo, não consigo me ver respirando longe de você! Seu cheirinho, seu corpo....- Tenta falar mas é interrompido pela minha mãe.
      - Ainda não se trocaram?- Se minha mãe continuar assim eu ponho ela pra fora, eu juro.
      - Vem, mais tarde você contínua sua declaração! - Dou um sorriso malicioso.
 
     Depois de termos trocados nossas roupas descemos até a sala, e minha mãe simplesmente tava expulsando Jimin de lá .
      - Mas eu não quero ir pro quarto! - Jimin fala e vem pro meu lado.
        - Mas você vai! - Minha mãe vai na direção de Jimin e o puxa pelo braço.
      - Eu quero ficar com minha mozona! - Se solta e vem pro meu lado, sinceramente, aquilo estava patético, eles pareciam duas crianças brigando por um doce.
       Essa discussão já estava me dando nos nervos então eu dei um surto e comecei a falar.
      - MÃE SE A SENHORA TA PENSANDO QUE EU VOU FICAR LONGE DE JIMIN PORQUE A SENHORA ESTÁ AQUI....TA MUITO ENGANDA E JIMIN VAI PRO QUARTO!
       - Mas....
        - A-GO-RA!
        - Ta bom....- Faz cara de cachorro sem dono e sobe.
     
                Jimin on

       Afs, minhas férias estão acabando e vem a linda da minha sogra( Saquem a ironia) fazer visita, tô até vendo que essa semana não vou tempo nenhum com meu anjo.

      * A porra que vai ficar nesse quarto*
     Desci as escadas e instantaneamente peguei no volume que se formou no meu short, S/N estava só com uma lingerie preta bastante sexy, fiquei lá babando arco-íris até que elas notam minha presença.
        - Volte pro quarto! - Ordena.
        - Deixa ele ficar aqui mãe, ele já viu tudo isso mermo....
       - Afs...
       Não perde tempo e sentei no sofá, se a mãe dela não tivesse aqui, com certeza já teria a agarrado.
     - Filha, você ta gordinha neh? Será que vou ganhar um neto?
     - Sem chances mãe, você sabe disso!
     - O médico disse que Você tem poucas chances, não que você é histeria! ( é esse o nome de mulher que não pode ter filhos neh?)
  
      Ouvir essa conversa das duas meu peito encheu de felicidade, se meu anjo ficasse grávida eu acho que infartaria de tanta felicidade.
       - Pombinhos eu vous me recolher, e Jimin ali tem um presente pra você!
     - Obrigado! - levantei e fui pegar , era uma calça rasgada no joelho e uma camisa grande.
       - Mohh me leva pro quarto? - fala e levanta os braços pra mim.
      - 1,2,3 e já, eita, realmente você engordou um pouco!- Foi acabar de falar e ela me deu um beliscão.
     - AIII, TA LOUCA?
      - EU É QUE PERGUNTO SE VOCÊ TA LOUCO!
       - MAS EU GOSTO DESSAS GORDURINHAS! E ainda tem aquela possibilidade....- Falo com um sorriso no rosto.
     Depois de tomarmos banho, fomos dormir.
.
.
.
.
.
     Eu tava num sono gostoso, até que sinto uma mão na minha barriga e ir descendo.....
      
   

      


Notas Finais


Oie, o que acharam?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...