História Eu sempre vou voltar pra casa - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Hinata Hyuuga, Sasuke Uchiha
Tags Amor, Hinata, Naruto, Romance, Sasuhina, Sasuke
Exibições 101
Palavras 622
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Famí­lia, Festa, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Vou continuar firme e forte, obrigado pela força! Sério, fizemos relativamente bastante favoritos e comentários, obrigado por tudo! A fic vai continuar, com uma surpresinha na barriguinha de algueeem. Naruto ainda não apareceu, e ai?

Capítulo 4 - Confusa


Fanfic / Fanfiction Eu sempre vou voltar pra casa - Capítulo 4 - Confusa

Hinata deixou um pequeno espaço para Sasuke entrar, e ele se levantou e o fez. Dentro da casa era adorável. Móveis de madeira em tons pastéis, a decoração composta por coisas delicadas e flores. Ela me guiou com a cabeça abaixada até o sofá e me estendeu um sobretudo que estava na mesa, cinzento e longo, parecia novo.Olhei pra ela é peguei, então, a morena levantou também a cabeça :
-A ambu me enviou errado. Era para Shikamaru.
Sasuke assentiu e sentou no sofá no mesmo momento que Hinata, e o cheiro de morango infestou o ar. O sofá era macio e Hinata se aconchegou em um canto,mas quando Sasuke ameaçou começar a falar,Hinata se levantou e do até a bancada da cozinha, ligando a cafeteira. Sasuke tomou ar e quis ameaçar a falar de novo. Hinata agora foi para outro canto e começou a regar as plantas. Sasuke, toda hora que queria começar a falar, Hinata produzia outro ruído alto. Quando Sasuke se irritou e bufou, Hinata foi até a cafeteira e pegou uma caneca pra ela e pra Sasuke, deixando-as na mesa de centro e voltou a posição inicial. Hinata limpou a garganta e olhou pra Sasuke,assentindo e o deixando falar.Sasuke pediu baixo a permissão, Hinata assentiu:
-Hime... Eu... eu não quero te deixar. Só quero seu melhor.
-Seria tudo muito melhor se Você tivesse me escutado.
-Mas... -Sasuke ficou em choque.Realmente não tinha escutado Hinata aquela noite que ele a viu com Naruto.-Hinata, não tinha explicação.
-12 horas.
Sasuke arregalou os olhos, quase saltaram pra fora.
-12 horas, Sasuke. Te esperando 12 horas naquele banco.
A primeira lágrima saiu. Depois a segunda. Depois a trigésima Quinta.
-Hinata, o que aconteceu aquele dia? Pois, no que eu vi, quebrou minha fidelidade com você.
Hinata tentou conter os soluços, e o olhou fixamente para Sasuke.
-Naquele dia, fiquei cega de tanto usar o Byakugan.Tinha enroscado minhas faixas em uma árvore e não tinha reserva. Parecia que eu estava em um encontro, mas não era.
Sasuke se sentiu péssimo. Além de não estar lá para ela naquele dia, havia a julgado sem saber, sem a ouvir pela porra de ciúme e orgulho.
-Me desculpe Hime, se estiver aberta a me perdoar, vá no clã Uchiha está tarde.

E Sasuke esperou. A tarde toda. Estava calmo, era uma decisão difícil da parte de Hinata. Anos e anos sem perdão, Sasuke estava condenado. Nunca havia ficado tão calmo quanto àquela tarde. Amava aquela casa mais que tudo no mundo,queria ficar ali com Hinata. Tudo ali lembrava Hinata. Os móveis, as cores, as camisetas.
Sua paz fora embora como num passe de mágica depois de ouvir o gritinho da Rosada:
-SASUKE-KUN!
-Sakura. -Sasuke revirou os olhos. -Já te disse, NÃO SE ENTRA NO CLÃ SEM MINHA PERMISSÃO!
Sakura abaixou o olhar tentando parecer inocente,mas Sasuke não achou muito convincente. A rosada colocou um pequeno pacote na mesa.
- Estou grávida-A rosada sussurrou e beijou Sasuke, mesmo a contra gosto do Moreno.
E a sorte estava ao lado de Sasuke. Foi tão rápido, mas pode ver os cabelos azulados atravessando a porta. Sentiu o corpo gelar e jogou Sakura contra a mesa, que gemeu de dor.O Moreno ficou sem reação.Pegou Sakura pelo braço e tomou a garrafa de Sakê com a outra mão.
-Vamos Sakura, vá.
-Mas Sasuke-Kun!
Sasuke a encarou com o olhar mais frio que tinha. Não que não gostasse de Sakura, por que a considerava muito, mas ela e Naruto eram uma pedra em seu caminho até Hinata, e não se lembrava de ter tido qualquer relação entre Sakura no sentido Sexual. Isso, ele iria tirar satisfação mais tarde. No momento, só desejava com todas as forças que Hinata tivesse do lado dele.


Notas Finais


Heeey, esse ficou gigante! Gostaram? Espero que sim. E será que o filho é do Sasuke? Lembrando que o Sasuke tão bem bebo, então ele pode ter feito enquanto estava bêbado, certo?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...