História Eu sinto sua falta... - Capítulo 26


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Alexy, Ambre, Armin, Castiel, Dakota, Debrah, Kentin, Leigh, Lysandre, Nathaniel, Personagens Originais, Rosalya, Viktor Chavalier
Tags Amor Doce, Castiel, Drama, Hentai, Romance
Visualizações 41
Palavras 2.495
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Esse capítulo não está muito grande, mas está aí, espero que gostem e obrigada mesmo pelos favoritos amores e amoras, vocês são os meus motivos para escrever.
Boa leitura amores e amoras 💖

Capítulo 26 - Ela voltou!


Fanfic / Fanfiction Eu sinto sua falta... - Capítulo 26 - Ela voltou!


Acordei com uma incrível dor de cabeça, senti braços em volta da minha cintura, olhei rapidamente para trás e com o susto eu arregalei os olhos, oque eu tinha feito? Oque nós tínhamos feito? Me perguntei imediatamente me lembrando das coisas que aconteceram ontem, como assim? Tirei seus braços da minha cintura devagar para não acordar ele, me levantei, senti minha cabeça doer e girar, meu corpo também estava bem dolorido, desbloqueei o celular vendo as horas, 6:30, ótimo, ainda estava cedo e eu não teria que ir trabalhar hoje, a Sophia tinha me dado essa semana para organizar as coisas pra viagem. Fui caminhando com muita dificuldade até a gaveta e tirei dali de dentro um short jeans da cor preta, ele era bem comum, também tirei dali uma camiseta de manga comprida da cor cinza. Fui até o banheiro e liguei o chuveiro, senti a água quente descendo pelo meu corpo aliviando um pouco a dor que eu estava sentindo, observei mais o meu corpo e vi que tinham algumas marcas na minha barriga, com certeza resultado de ontem a noite, não era nem para mim ter deixado que algum deles me descobrisse e agora eu tinha transado com o Lys, que droga, sabia que eu ia me arrepender amargamente do que fiz ontem, apesar de ter sido ótimo para mim tanto quanto deve ter sido para ele.

Lys_ Kah? Você tá bem?- (ele perguntou batendo na porta do banheiro, talvez eu tenha demorado mais do que o suficiente no banho.)

Kah_ Ta sim.- (eu disse desligando o chuveiro e pegando minha toalha, já estava na hora de sair do banheiro.)

Saí do banheiro e vi o Lys sentado na cama com um sorriso estampado no rosto, não sorri para ele, apenas andei até ele e sentei ao seu lado, eu não estava feliz ou orgulhosa pelo que eu tinha feito, eu ainda AMO o Cast e posso dizer isso com toda a certeza do universo que agora estava conspirando contra mim. Precisávamos conversar sobre aquilo.

Kah_ Olha, Lys sobre ontem...

Lys_ Não tem problema.- (ele disse me interrompendo e sorrindo para mim.)- Foi só sexo, eu sei que você ainda ama o Castiel, percebi assim que toquei no nome dele ontem, mas vocês não estão mais juntos não é mesmo?!- (concordei com a cabeça me sentindo pior do que antes, poxa, obrigada por lembrar que eu não estou mais ao lado dele Lys.)

Kah_ Isso, mas você não precisa falar do cast.- (eu disse demonstrando o quão decepcionada eu estava.)

Lys_ Pode deixar, não vou mais lembrar dele perto de você, e a boa notícia é que eu cancelei minha turnê pelo resto do mundo só para voltar à França com você!- (ele disse animado, eu não sabia se isso era bom ou ruim.)

Kah_ E oque tem de bom nisso?- (perguntei finjindo estar entediada.)

Lys_ Poxa, oque aconteceu com aquela garota fofa?- (ele perguntou dando risada.)

Kah_ Oque aconteceu com aquele garoto que tinha vergonha de receber um simples abraço.- (eu devolvi a pergunta, rimos e brincamos um pouco, ele disse que tinha de ir embora, disse que estava muito atrasado porque tinha que fazer o último show aqui no país.)

Quebra de tempo (Quatro dias depois.)

Eu acabei de colocar a última peça de roupa dentro da mala e sorri pro Lys que estava me esperando para seguirmos pro aeroporto. Nos estávamos um pouco atrasados então corremos até o táxi que havia acabado de buzinar.

Chegamos no aeroporto e escutamos a última chamada para o nosso vôo, chegamos a tempo, íamos viajar na primeira classe porque o Lys insistiu muito nisso, o lugar era grande e as cadeiras eram acolchoadas e macias, me sentei na cadeira e olhei as horas no celular, 20:00da noite, está explicado o porque eu estava morrendo de fome, o Lys também estava com fome então pedimos o jantar, ele escolheu uma sopa leve e eu um hambúrguer triplo, pedi suco de laranja natural para beber e ele também.

Kah_ Oque aconteceu para você mudar tanto?- (perguntei, desde quando eu o revi pela primeira vez estava querendo fazer essa pergunta.)

Lys_ Bom, sua fuga meio que mexeu com todos, os mais afetados foram Castiel, Rosa e Alexy. Eu tive que deixar de ser aquele Lysandre para poder me tornar esse aqui e cuidar do Cast por você.- (a cada "Cast" que ele falava eu sentia um pedaço do meu coração doer, senti meus olhos lacrimejando e uma lágrima escorrer pela minha bochecha, sequei rápido antes que o Lys pudesse ver.)

Kah_ Parece que eu realmente causei problemas mesmo tentando impedir isso.- (eu disse em tom de humor e ele riu comigo.)

Nós paramos e eu fiquei encarando a janela, do outro lado só tinham nuvens e o céu azul, senti alguém me encarando e olhei para o Lys, ele estava me olhando com uma expressão indecifrável, sorri para ele e ele sorriu de volta, meu coração aumentou a velocidade quando ele acariciou minha bochecha com seu polegar, ele se aproximou e pude sentir o cheiro de cereja que vinha dele, tomamos um susto rapidamente nos afastando quando a comissária passou avisando que iam desligar as luzes porque precisávamos dormir.

Acordei com Lys me beliscando, eu abri os olhos rapidamente e fiquei chocada por ele ter me acordado daquelas maneira.

Lys_ Anda, estamos na França!!- (Ele disse animando me puxando e descendo do avião, pelo que eu vi todos já tinham desembarcado é só tinha nós dois para sair.)

Kah_ Vamos pegar as malas, eu só tenho essa semana para arrumar o lugar que eles me deram.- (eu disse me referindo a casa que a minha chefe, Sophia, tinha comprado para que eu fosse morar lá, e ela também vinha mobiliada, porém eu ia ter que arrumar tudo é ainda tentar adiantar algum trabalho e conhecer os novos funcionários.)

Pegamos as malas e o Lys me deixou em casa, depois disse que tinham que ir ver a galera e dizer que estava bem, pedi para ele não dizer a ninguém sobre a minha volta e ele disse que ia respeitar minha decisão apesar de ela ser errada, era errada mais era preciso fazer isso.

POV Lys on

Lys_ Olá!- (falei entrando na casa do Castiel, todo final de semana nós nos reunimos e fazemos alguma coisa, um almoço ou jantar, então todos estavam ali, Rosa e Leigh, ela ainda não sabia daquilo que tinha acontecido a anos atrás, a pequena Lana, filha da Rosa e do Leigh, ela era tão doce e gentil quanto a mãe, tinha os cabelos brancos e os olhos negros, Alexy e Kentin também haviam acabado de chegar, eles s estavam ali por conta das férias que tinham pegado no emprego deles, eles moravam em Los Angeles, estavam sempre viajando por que ambos eram modelos e trabalhavam para a mesma empresa, eles estavam pretendendo adotar um bebê no final do próximo ano, o Nath estava lá também, ele estava com a Melody que era a namorada dele, Armin como sempre estava sem ninguém, ou estava com todo mundo como ele dizia, Castiel tinha alguns rolos e dessa vez ele preferiu trazer um para o nosso almoço, mas essa eu nunca tinha visto.)

Castiel_ Agora que o Lys chegou eu vou pedir a atenção de todos.- (ele disse e todos os burburinhos acabaram, a atenção estava voltada somente para ele.)- Como puderam ver, trouxe uma nova garota para almoçar conosco hoje, e queira comunicar que ela é minha namorada.- (assim que ele acabou de dizer nós ficamos boquiabertos com aquela notícia, eu não podia deixar que isso acontecece, mais cedo ou mais tarde ele teria que saber da verdade no é mesmo?!)

Lys_ Eu também tenho um comunicado!- (eu disse deixando a raiva tomar conta de mim, ele não podia fazer isso, não agora que a Kazumy estava devolta.)

Cast_ A vontade.- (ele disse sorrindo e todos olharam para mim.)

Lys_ Não é bem para todos e sim para o Castiel.- (vi a expressão em seu rosto ficar mais seria conforme eu falava.)- A Kazumy está de volta.- (eu disse vendo todos ficarem boquiabertos, inclusive ele.)- Pois é, só oque eu tenho a dizer é que você seja feliz com essa garota.- (falei apontando para o ser parado ao lado dele que olhava tudo confusa e sai pisando duro.)

Não entendi o porque de toda essa raiva, não sei o porque eu tinha dito aquelas coisas sem sentido algum ou porque eu estava desse jeito, o ódio era enorme, cheguei em casa e peguei meu celular a fim de ligar para Kah, disquei o número e fiquei encarando o botão de ligar, eu não queria contar a ela, e eu não queria que ela soubesse por outra pessoa, apenas bloqueei o celular novamente e me joguei na cama sentindo meus olhos pesarem, eu estava cansado e com sono apesar de ter dormido bastante durante o vôo, senti meus olhos pesarem e então apaguei.

POV Kah on

Já eram cinco e meia da tarde e eu tinha acabado de arrumar os móveis, acho que uma semana de folga foi exagero da parte deles, me espreguiçei sentindo o Cansaço tomar conta do meu corpo e me joguei naquela cama enorme, sem ao menos perceber eu já estava fechando os olhos.

Acordei olhando no relógio, 10:42hrs, poxa desde quando eu durmo desse jeito!  Me levantei da cama e peguei uma roupa qualquer que era uma calça de moletom, e uma camiseta de manga comprida.

Foi o tempo certo de eu tomar banho e ouvi alguem tocar a campanhia que eu nem sabia que tinha até o momento. Me arrastei até a porta, acho que hoje eu me arrastaria para tudo, abri e me deparei com uma cena incrivelmente chocante para mim.

A Rosa estava na porta da minha casa com o Lys, uma criança com aparentemente um ano no colo e com uma barriga enorme e redonda, oquera aquilo, será que eu estava dormindo ainda.

Rosa_ Nossa que saudade!- (ela gritou se jogando em cima de mim depois de dar o bebê para o Lys segurar, retribui o abraço e olhei indignada para o Lys, eu pedi para ele não contar para ninguém e ele conta logo para Rosa.)

Lys_ Foi mau! Eu precisei.- (ele disse assim que nós nos afastamos.)

Kah_ Não precisa,tá tudo bem!- (eu disse sorrindo e abrindo passagem para eles entrar, eu estava feliz de ter visto a Rosa depois de tanto tempo mais é que vê la assim me faz pensar que eu fiquei perdida no tempo e presa no trabalho por tanto tempo que era meio... Estranho.)

Rosa_ E então, oque tem feito nos últimos anos?- (ela perguntou sorrindo enquanto estávamos na cozinha, eu estava fazendo o café e o Lys estava brincando com a garotinha Lana na sala.)

Kah_ Bom, só trabalho, saindo com os amigos da empresa e é isso.- (eu disse vendo que em quatro anos a minha vida não tinha mudado em nada.)- E você?- (perguntei sorrindo.)

Rosa_ Eu casei com o Leigh, abrimos mais lojas de roupa, uma aqui na França e outra na Itália. Como pode ver tive uma menininha e vou ter um garotinho.- (ela disse sorrindo e alisando a barriga enorme, a felicidade era nítida em seu olhar.)

Kah_ Está de quantos meses?

Rosa_ Cinco meses e meio! O Alexy está doido para te ver!- (ela disse animada, isso já tá ficando sério.)

Kah_ Até o Alexy?- (eu disse me referindo a quem o Lys tinha contado.)

Rosa_ Ele disse pra todo mundo lá na casa do Cast, precisava ver ele fez um show dizendo que você estava de volta, todos querem te ver, mas eles dizem que se você não vai até lá é porque não se importa.- (acho que eu realmente não me importava, o Lys é pior que o Alexy, meu Deus, como eu sairia na rua sem que ninguém me visse.)

Eu e Rosa conversamos por mais algumas horas e eu vi que estava ficando tarde, ela disse que tinha que ir embora porque amanhã tinha uma consulta no médico, ela me chamou para irão shopping depois do almoço e eu fui quase que obrigada a aceitar. O Lys disse que amanhã teria que trabalhar cedo.

Já eram oito e quinze da noite, não queria jantar então procurei algum telefone de um restaurante ou pizzaria na minha agenda velha de uma década atrás, achei o da pizzaria, pedi a pizza e não demorou nada para que chegasse, comi e me deitei, liguei a televisão em um programa qualquer e fiquei ali na sala assistindo, pra ser mais exata olhando para tela e pensando se eu teria feito a escolha certa em aceitar a proposta, eu podia muito bem viver com o que eu ganhava lá, não precisava vir pra cá mas quando o Lys falou do Castiel eu percebi que em quatro anos eu tinha deixado parte de mim para trás, não que eu tivesse vindo buscar, eu não estava disposta a ter ele devolta, mas grande parte de eu estar aqui é por culpa dele, eu o amo e não consegui esquecer ainda.

POV Debrah on

Eu estava sentada naquela casa velha e abandonada quando vi o Lysandre e a... Kazumy? Era ela sim, eu conheço a vadia que roubou meu Castiel, eles estavam entrando na casa da frente, acho que ela seria minha nova visinha, assim facilitaria mais as coisas para mim. Eu vou me vingar dela, vou mostrar para ela que não se deve roubar, vou mostrar que eu sempre ganho. Peguei meu celular, eu precisava avisar ele de que ela tinha voltado.

Ligação on

_ alô.- (ele disse após os três toques do telefone.)

Debrah_ Olá Vik.- (escutei ele suspirar do outro lado.)- adivinha só quem esta de volta, e voltou morando na frente da minha casa.

Viktor_ Eu não me importo OK!- (ele disse.)

Debrah_ Não desliga!- (gritei, ele sempre desligava quando eu ligava para ele.)

Vik_ Não tenho nada pra falar com você vadia! Você é suja Debrah...

Debrah_ Kazumy!- (falei, eu sabia do que ele ia me xingar, sabia oque ele ia falar, era sempre as mesmas coisas os mesmos nomes então cortei ele é disse oque eu tinha para dizer.)

Viktor_ Oque?

Debrah_ A Kazumy voltou!- (eu disse com um sorriso no rosto.)

Ele não disse nada, ficou em silêncio do outro lado da linha e depois escutei ele bater o telefone e logo depois um, bip, bip. Ótimo, mais uma vez ele tinha desligado na minha cara.

Ligação off

Pelo menos eu já tinha dito a ele, ele sabe exatamente onde ela está e conhecendo ele tão bem quanto eu conheço ele viria atrás dela. Mas não posso esperar por ele, tenho que ligar para uma amiga e colocar o plano em prática, se ela voltou pelo Castiel, ela não ia ter ele.

Ligação on

Debrah_ Oi Leth!- (falei assim que ela atendeu.)

Leth_ Nossa prima, à quanto tempo!- (ela disse empolgada, eu e ela sempre nos demos muito bem apesar de nós duas sermos apaixonadas pelo Castiel.)

Debrah_ Preciso da sua ajuda com uma coisa...

Ligação off

Expliquei oque eu precisaria pra ela e ela não precisou pensar duas vezes para aceitar, ela ia ser a nova " Namoradinha" do Castiel, eu não tinha ciúme dela, ela pode usar e abusar dele.

POV Debrah off







Notas Finais


Até o próximo, vou tentar ser o mais rápida possível, amo vocês bjs.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...