História Eu só preciso de você - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Esquadrão Suicida
Tags Arlequina, Coringa
Exibições 19
Palavras 709
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Shoujo (Romântico)
Avisos: Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Boa leitura <3

Capítulo 2 - Lista de pacientes...


Quando adentro no prédio, me deparo com vários corredores, e muitas salas, fiquei surpresa por ter tudo isso só no térreo... Começo a andar e o barulho do meu salto vai ficando mais agudo, lá não há muito barulho, então aquele som estava realmente me incomodando

Ando por alguns corredores até que acho a sala do diretor, nem foi tão difícil de achar. Bato duas vezes na porta e escuto um "entre" vindo de dentro da sala, respiro fundo e giro a maçaneta...

- Senhorita Harley?

- Sim senhor...- eu estava realmente muito nervosa 

- Bem vindo ao asilo Elizabeth Arkham, mas todos chamam de apenas Arkham, eu li seu currículo, e realmente é impressionante!!- Diz sorrindo

- Muito obrigado, senhor??

- Ah me desculpe, meu nome é Chuck

- Ok... -Começo a olhar para as minhas mãos, estava tão nervosa que não conseguia olhar muito em seus olhos 

- Bem Sra Quinzel, te darei a lista de pacientes- ele começa a pegar uns papéis na gaveta- Nas fichas terão os horários dos pacientes e a avaliação de cada um- Ele coloca na mesa 2 pastas com uma capa amarela- Se percebemos que você tiver avanço em suas consultas, você terá que atender mais pacientes... Entendido?

- Sim sr Chuck

- Você começa amanhã, deixe hoje para conhecer o histórico de seus pacientes -Ele da um sorriso de canto 

- Muito obrigado- me levanto e me retiro da sala, ele parecia ter muitas coisas para fazer.

Estou tão anciosa para ver quais serão meus pacientes que vou praticamente correndo para casa.

Pego um taxi, e peço para ele me levar para casa, durante o caminho não consigo conter meus pensamentos, imaginando quanto seria magnífico trabalhar com as piores mentes de Gotham City... Seria realmente um privilégio.

- Chegou Senhorita- Tomo um susto pois estava contida em meus pensamento 

Entrego o dinheiro para ele e agradeço, ainda esta de dia, então terei tempo suficiente para pesquisar sobre meus pacientes, pego o elevador e vou pulando de alegria ate meu apartamento, destranco a porta e a abro. Tiro meu salto, pois estava doendo muito, jogo minha bolsa no canto e vou até meu quarto

Minha casa não é muito grande, apenas dois cômodos, mais é o suficiente para mim, é uma mistura de retrô com moderno, eu realmente amava minha casa. Deito na minha cama e pego as duas fichas que eu estava tão anciosa para ver. 

FICHA 1°

Paciente: Pamela Lillian Isley

Apelido: Hera Venenosa

Crimes: Roubos, assasinatos, furtos

Especialidade: Essa paciente pode controlar  as plantas acelerar ou desacelerar as mesmas. Imune a Bactérias, vírus, fungos, e todos os formularios de venenos.

Horário: 10:30 a.m

 

 

       FICHA 2°

Paciente: Edward Nashton 

Apelido: Charada

Crimes: Tentativas de assasinato, roubos, furtos, e assasinatos recentes

Especialidades: Este paciente adora fazer charadas em momentos de tentativas de assasinatos

Horário: 13 p.m 

Após ler todos os relatórios, fico super animada para conversar com eles. Olho no relógio e são 10 a.m, então decido ligar a televisão para ver o jornal, sento no sofá e decido fazer pipoca. 

Enquanto estou esperando a pipoca ficar pronta olhando para a TV, estou encostada no balcão quando passa uma mulher de cabelos loiros no noticiário falando:

"Parece que o rei de Gotham foi oficialmente detido, e por condições psicológicas, ficará no asilo Arkham até ter melhoras e poder ir para a cadeia" 

Dou um pulo do balcão, eu adoraria fazer uma consulta com ele... Calma Harleen, você acabou de entrar no asilo, mas não posso conter minha felicidade por conseguir o emprego dos meus sonhos.

A pipoca fica pronta, eu coloco em um filme e acabo dormindo pesado, quando acordo são 15 p.m, então fico assistindo ate anoitecer e eu poder finalmente dormir, para chegar amanhã logo, estou muito anciosa rsrs. Finalmente são 21 p.m, eu sei que está cedo, mais não posso conter a emoção.

Desligou a TV, coloco o pote de pipoca na pia, e vou para o quarto, retiro a maquiajem, coloco uma camisola branca, pego o corbertor e me deito, fico olhando para o teto, com minha mente lotada de perguntas como " Será que eles vão gostar de mim?" "Será que vou conseguir melhoras?" "Será que vou ter mais pacientes?" até que caio no sono....

 

                     


Notas Finais


Então esse foi o segundo capítulo da fanfic, espero que tenham tido uma boa leitura, e comentem de precisarei melhorar alguma coisa bjs 💋💕


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...