História Eu só quero entender você - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias 2PM, EXO, Girls' Generation, Super Junior
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Jessica, Lee Donghae, Nichkhun, Taeyeon, Tiffany
Tags 2pm, Baekyeon, Exo, Exoshidae, Haesica, Khunfany, Snsd, Super Generation, Super Junior
Exibições 33
Palavras 1.674
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Ficção, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oi!
Postando o segundo cap e saindo correndo. ~
Eu realmente não sei quando vou postar o outro agora, sorry.
Nesse capítulo, a nossa querida deusa Taeyeon entra na história, é ela que narra e acho que vou deixar ela narrando os próximos, veremos, mas sempre avisarei aqui para que não fiquem confusos!
Boa leitura, nos encontramos lá embaixo! \ ( ^ o ^ ) /

Capítulo 2 - Agulha e linha


Fanfic / Fanfiction Eu só quero entender você - Capítulo 2 - Agulha e linha

  

Acordo com o barulho chato do despertador do meu celular - nunca coloquem sua música favorita, você pode passar a odiá-la - e retiro debaixo de meu travesseiro para desligar. Me sento preguiçosamente na cama colocando o celular no criado mudo ao lado e fico encarando o chão por uns segundos até me levantar por completo e me rastejar até o banheiro para fazer a higiene matinal. Ao terminar, volto para meu quarto e preparo meu uniforme para depois do banho, escuto minha mãe mexer alguma coisa da cozinha e sinto o cheirinho de café fresco subir até meu quarto e impregnar a casa inteira.

 Ligo o chuveiro e deixo que a água recubra todo o meu corpo, me lavo rapidamente e logo saio abrindo o box e pegando a toalha que está pendurada no suporte. Me seco e coloco o uniforme, deixo os cabelos em um coque mal feito e após secar o banheiro desço até a cozinha para tomar café com minha mãe. 

  - Olá querida! - Veio me receber com um beijo na testa largando a colher em cima da pia.

   - Bom dia! - Falo puxando uma cadeira para me sentar e pegando um pão. 

Começamos a tomar café e como não costumamos falar enquanto estamos comendo, principalmente pela manhã quando nos encontramos mais sonolentas, o silêncio tomou conta do ambiente. Ao terminar, me levanto e agradeço pela comida, minha mãe faz um gesto positivo com a cabeça. Subo novamente para meu quarto e solto os cabelos me sentando na penteadeira que por sinal não tem muitas coisas em cima. Pego a escova que está ali por perto e começo a escovar meus cabelos, penso em prende-lo mas logo desisto e deixo solto mesmo. Passo uma pequena quantidade de rímel nos olhos e estou pronta.

 Escovo os dentes rapidamente e passo um desodorante e um perfume que gosto, pego minha mochila e desço as escadas e me despeço de minha mãe, com um beijo em sua testa. 

 - Se cuide, querida! - Ela diz e eu abro um sorriso para ela fechando a porta.

 Não demora muito até que eu chegue no colégio, encontro com minha melhores amigas Jessica e Tiffany e nós partimos para os corredores próximos das salas. Jessica como sempre, falando sobre Donghae e o quanto ela o admira mas nós sabemos que não é só admiração o que ela sente pelo bonitão. Deixe-me falar um pouco sobre ele. Donghae é um grande jogador de basquete do time da escola, nossa escola tem um time de vôlei masculino e feminino - que eu e as meninas fazemos partes, não me pergunte o porque de eu estar no time - um time de futebol masculino e feminino também, e por fim o time de basquete que é somente masculino. Donghae se destaca por ser o mais bonito e o melhor do time e por isso várias meninas correm atrás dele. Ai está o problema! O cara é um tremendo galinha e Jessica criou essa admiração por ele só porque o bonitão a segurou pela cintura quando ela estava próxima de cair um tombo enorme! 

Mas, deixando o bonitão de lado, vamos falar sobre o outro bonitão que eu nem deveria chamar assim por ele ser o namorado de Tiffany, o Nichkhun. Eu acompanho esse namoro a muito tempo! Desde a primeira vez que ele veio falar com ela elogiando-a após um treino de vôlei quando nós éramos do primeiro ano. Hoje estamos todos no terceirão e hoje também se completa os lindos 3 anos de namoro dos pombinhos! Tiffany nos conta que ele reservou um restaurante bem nobre da nossa pequena cidade e que depois da aula iria se arrumar e precisava muito da nossa ajuda! - eu não sou muito boa com moda, vou mais porque ela gosta dos meus conselhos - .

 E por último dessa nossa lista de garanhões do colégio, o inteligente, bonito e bom em quase tudo, pode entrar, Byun Baekhyun. A maior parte das meninas são apaixonadas por ele, porque o Nichkhun já é da Fany, o Donghae está digamos, interessado na Jessica e o que sobrou foi o mocinho. Ele está na minha sala então eu posso dizer várias coisas sobre ele, mentira eu não posso, afinal eu nunca conversei com ele e nem faço questão, na verdade a vida dele não me interessa muito. Ele tem vários rumores a seu respeito, isso eu posso dizer com certeza.

(...) 

Depois de receber a nota da prova de Matemática, me encontro solitária no terraço do colégio me lamentando pela nota horrível.

  - É um 8 não importa como você olhe para ele! - Digo a mim mesma enquanto me debruço sobre a folha.

 Sinto uma bolinha de papel atingir os meus cabelos e grito um " Ei! " pegando a bolinha do chão e desamassando-a um pouco, vendo um 0 como nota. Imagino que essa pessoa tenha ido pior do que eu e eu devo aconselhar. Subo as escadas que dão acesso a um outro espaço e vejo um garoto sentando de costas para mim, apoiado com os braços no joelho apoiando sua cabeça, seus cabelos em um tom quase preto são levados para trás a medida que o vento bate.

  - Hum... Bem... - Tento achar as palavras certas. - Você não deveria se preocupar com isso... pode conseguir algo melhor na próxima! - Digo sorridente quando ele se vira para me encarar.

  - 8 não é o seu número de sorte, não é? - Ele diz rindo e pegando a bolinha de minhas mãos.

 Ele desamassa por completo o papel sem maiores dificuldades e me oferece novamente, nem preciso pegar para ver o 100 na nota dele. Fico totalmente sem graça e provavelmente corada.

 - Me desculpe, pensei que você fosse igual a mim. - Digo abaixando a cabeça. - Você é Baekhyun, não? - Digo e ele confirma. - Aposto que não se preocupa com nada! Sua vida é uma beleza! - Digo sorrindo.

 - Você que pensa! - Seu olhar se torna preocupado mas ele volta a falar. - Eu odeio ser popular com as garotas. - Ele diz. - jurava que estava tentando flertar comigo mas isso soou como uma indireta - .

Me despeço dele para deixá-lo sozinho, sinto como se ele quisesse isso mas parece que arruinei seus minutos alone quando o sinal para a próxima aula bate e eu caminho em sua frente para a sala. Chegamos quase que ao mesmo tempo e vou me sentar, Tiffany me olha sorrindo - no mínimo pensando sobre o jantar com o namorado -  admiro muito essa paixão entre os dois.

 O professor de educação física entra em sala e faz a chamada rapidamente, explica como vai funcionar a aula e seguimos para a quadra. Os garotos estavam em um treino para uma competição de atletismo contra as outras turmas da escola e os competidores do momento seria Baekhyun e seu amigo Chanyeol. Os dois começam a correr e eu como estava perto do professor, ele me pede para anotar o tempo de cada um e vai ao banheiro. Fico observando os dois correrem de um lado para o outro torcendo em pensamento para Baekhyun, admito. As meninas fazem uma rodinha próximas de mim.

 - Torcendo para quem? - Jessica pergunta.

  - Ninguém. - Digo dando de ombros.

  - Aposto que é para Baekhyun! - Yoona que inclusive já ficou com ele diz.

  - Não, não, não! - Elas dão uma risadinha. - Ele até pode ser bom nos esportes, inteligente e até... bonito... mas... não! Ele deve ser um tremendo galinha! Se de 100% de garotas, 90% são apaixonadas por ele, eu com certeza faço parte dos 10%! - Digo e me dou por surpreendida ao ver ele atrás de mim.

 - Galinha? - Ele pergunta bravo. - Anotou o meu tempo? - Ele pega bruscamente a prancheta de minhas mãos e começa a fazer anotações.

 - Ei me devolva! - Digo irritada.

  - O que está acontecendo? - Chanyeol chega próximo.

 - Ela parecia tão ansiosa quando falei com ela! - Baekhyun diz sem olhar para mim.

   - Eu sou ansiosa! - Digo alto. 

 - Pois então não finja se preocupar com os outros quando seus reais sentimentos não são esses! - Ele grita.

Pego a prancheta de suas mãos e acerto em cheio sua cabeça. Ele passa a mão sobre o local e me olha ainda mais irritado.

 - VOCÊ! - Diz gritando.

 - Eu realmente estava preocupada com você! - Grito. - Dor e sofrimento...é por isso que, eu odeio pessoas como você! - Grito e largo a prancheta no chão saindo correndo dali, já passei vergonha demais para uma aula só. 

Tiffany é quem vem atrás de mim, Jessica até queria mas Fany explica que o professor não permitiu. Ela se senta ao meu lado aos fundos de nossa escola e me espera dizer algo.

 - Olha eu sinceramente não tinha nada contra ele, mas agora eu odeio ele! - Digo cruzando os braços e fazendo bico, Fany dá risada.

  - Parece uma criança! - Ela continua rindo e eu acabo rindo junto.

 - Falando sério agora, desde as primeiras vezes que eu falei com ele, eu senti uma leve ligação, não sei explicar. - Digo.

 - Fala sério? - Ela ri. - Mas.... - Ela para de falar de repente.

 - Mas o que? - Digo e ela volta a me olhar como se tivesse se lembrado.

 - Tem uma lenda que se chama " O fio vermelho do destino "  e ele diz assim: 

“Um fio invisível conecta os que estão destinados a conhecer-se…

Independentemente do tempo, lugar ou circunstância…

O fio pode esticar ou emaranhar-se,

mas nunca irá partir.”  - Ela termina de falar e fico pensativa por uns momentos. 

- E você acha que eu e ele temos esse fio invisível? - Digo dando gargalhadas.

 - Não sei, deixe o tempo dizer isso a você. 


" Agulha e a linha
Tenho que tirar você da minha cabeça "


Notas Finais


Oi!
Não sei se alguém tinha lido a última fanfic que havia começado, sim eu peguei aquele capítulo. A história daquela outra, seria a mesma dessa, mas eu queria recomeçar. Não sei se mudei alguma coisa, mas enfim.
Espero que tenham gostado, comentem e deem suas sugestões e críticas (construtivas) rsrs.
Até o próximo!
~Beijinhos


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...