História ☆Eu sou o Stalker☆ - Capítulo 23


Escrita por: ~ e ~AliceQueAmaDoce

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 9
Palavras 446
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Escolar, Romance e Novela
Avisos: Linguagem Imprópria
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 23 - ☆Final☆


Acho que... eu sei quem é você... por que você passou a me evitar no whats, como na vida real? Por que... por que parou de me amar?

 [15:23] Visualisado

Pov's Lais

Já fazia um bom tempo que Eduardo tinha me evitado por seus amigos e sua faculdade. Mais no comesso achei normal, mais ele me evitou agora comaletamente, mais ele visualizou 

Oi... Eduardo

[15:25] visualizado 


Ele so visualiza, eu podia estar errada mais as chances eram minimas

Oi... Lais

[15:26] Visualizado 

Te espero no morro do lado da sua faculdade, quero te falar algo

[15:26] Visualizado

Nem olhei a proxima mensagem, so peguei minha jaqueta e sai de casa. Fui andando era longe mais fazia um bom tempo que eu não corria nem fazia nada esportivo. Comessei a correr pulando sobre as coisas e andando sobre as paredes sentindo o ar gelado sobre o meu rosto e minhas mãos 

Não demorou muito para eu chegat no lugar, ele já estáva sentado debaixo da árvore 

-Lais me desculpa- mais tudo estava planejado para Lais, já tinha percebido que tinha pessoas indo atrás de Eduardo para mata-lo 

-eu te amo- Ultimas palavras de Lais, a mais alta abraça o menor levanto tiros de "Torados" uma outra mafia que tentava se vingar dela. Mais eles também morreram Lais tinha chamado sua mafia para matá-los e levarem Eduardo para outro lugar

-LAIS!!- eduardo desesperado grita -LAIS ACORDA- ele grita novamente com Lais em seus braços chorando, ela leva sua mão até o rosto de Eduardo 

- Na-não cho-chore -Eduardo segurou a mão de Lais escondendo-se nela - e-eu fiz i-isso po-por você- Lais fala com dificuldade e os outros da sua máfia estava de cabeça baixa chorando também 

-Não vá Lais! Eu vou te levar!! Não- Eduardo falou entre soluços 

- E-eu te a-amo - Lais apagou, morreu, bateu as botas. Os amigos de Lais chegaram e os alunos da universidade ouviram e chegaram rapido como a polícia os amigos de Lais da máfia impediram de chegarem perto, e arvore também morreu perdeu as folhas. 

No enterro

Os pais de Lais não estavam Mais sim toda a máfia e Eduardo, era de noite, tinham levado velas e colocado no funeral de lais junto com flores. Eduardo não conseguia expressar nenhuma emoção desdo dia que ela morreu além de tristeza

7 anos depois

-teste 59- Eduardo falou se levantando ligando a robo que era muito parecida com Lais, 

-eduardo?- Sua mãe entrou em seu quarto, ea robo o abraçou

-Eduardo, estou feliz em te ver- O garoto tinha colocado tudo em sua memoria, ela sentia emoções, sabia correr, gravava tudo, e não morria

-Também estou feliz em te ver Lais- Eduardo a abraçou, sentindo o perfume que tinha colocado nela

-Eu te amo Eduardo-


Notas Finais


ACABOUUUUUUU, NÃO SEI SE FASSO LIVRO DOIS OU NÃO...

MAIS ACABOU DESCULPA A DEMORA PARA O CAPITULO ME PERDOEN E ESPERO QUE TENHAM GOSTADO DELA. FLW


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...