História Eu te amo - primeira parte - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Overwatch
Personagens D.Va, Genji, Hanzo, Junkrat, Lúcio, Mccree, Mercy, Personagens Originais, Pharah, Reaper, Reinhardt, Soldado: 76, Tracer, Widowmaker, Winston
Tags Mchanzo, Overwhatch, Reaper76, Yaoi, Yuri
Exibições 62
Palavras 1.222
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Colegial, Comédia, Escolar, Famí­lia, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Saga, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Agora sim este é o primeiro capitulo.
desculpa pelos erros de português ~-~
Bjjs até as notas finais.

Capítulo 2 - Novato


Fanfic / Fanfiction Eu te amo - primeira parte - Capítulo 2 - Novato

Hanzo pov’s on

Olá meu nome é Hanzo Shimada, tenho 18 anos e estou no 3 colegial. Eu estudava em uma escola dentro do meu clã, mas meu pai disse que o ensino estava baixo demais para os meus padrões e como ele é meu pai não posso retrucar, ele me colocou em uma escola (escola não ta mais para universidade) chamada Overwatch. Cai entre nos eu não queria ter mudado de escola, tive que deixar meus amigos e na nova escola só tem o meu irmão lá de conhecido ahhh, mas vamos ter de enfrentar né. Desci as escadas e vi meu pai na cozinha preparando o café da manhã e Genji como sempre reclamando da vida ate ele me ver, ele veio correndo me abraçar.

- Hanzo, bom dia!- Disse ele me erguendo em seus braços e me beijando na bochecha.

- Ahh Genji me põe no chão. –Disse dando leves tapas nos ombros dele.

- Ta bom. – Ele me, pois no chão. – Esta animado com o seu primeiro dia de aula?

- Não muito. – Falei passando a mão em meu próprio braço.

- Hanzo! Pare de ser tão inseguro! - Disse ele pegando no meu ombro. – Lá tem muita gente legal! Vou te apresentar alguns amigos meus! – Se são amigos do Genji são loucos, pode acreditar que são.

- Tudo bem, eu acho. – Paramos de conversar e decemos para se sentar-se à mesa. Alguns minutos depois meu pai chegou com o café da manhã. Na hora que eu ia comer já estava na hora de sair, peguei um bolinho apressado e enfiei na boca e sai que nem um desesperado enquanto Genji vinha sem presa alguma, afinal ele sempre se atrasar para tudo mesmo. Corri como um louco ate o portão da escola, ate que eu esbarrei com algum um menino.

- Eiii! Toma cuidado por onde anda baixinho! – Ele começou a gritar comigo.

- De... Desculpa, é que eu estou com muita pressa. – Respondi pegando minha mochila do chão.

- Isso não motivo para você esbarrar em mim! – Ele estava ficando com raiva e eu abaixei minha cabeça

- Foi sem querer... – Quando eu olhei para ele eu só consegui ver um cara moreno, alto, forte com um porte atlético que usava um chapéu, uma blusa vermelha xadrez, uma calça jeans e um all – star branco com uma estrela preta. Eu não consegui fala nada. Quando eu percebi, eu estava corando violentamente, eu apenas consegui sair correndo tentando esconder minha vergonha. Droga. Fui correndo para o banheiro e me tranquei numa cabine de lá.

Hanzo pov’s off

Mccree pov’s on

Aff depois falam que eu sou mal educado, mas tudo bem.

Olá meu nome é Jesse Mccree, tenho 18 anos e estudo na Overwatch á três anos. Eu estudo aqui desdos meus 15 anos de idade minha mãe e meu pai trabalham aqui, então foi fácil entrar. Desde que eu entrei já fui para diretoria umas 200 vezes (literalmente) e já fui suspenso umas 150 vezes (como eu não fui espulço eu não sei). Chamam-me de bagunceiro, retardado, irresponsável, insolente etc., mas eu não ligo, eu faço o que eu gosto de fazer o resto que se dane. Acho que esta na hora de entrar para sala. Sai correndo pelos corredores ate chegar na sala. Quando cheguei vi aquele menino que me atropelou na entrada, não acredito que aquele garoto esta na mesma sala do que eu.

- Atrasado de novo, não é Mccree? – Perguntou o professor Winston arrumando alguns papeis.

- Foi mal. É que eu tive alguns imprevistos. – Falei jogando um olhar fatal para aquele garoto que me atropelou, quando ele viu o meu olhar fatal corou imediatamente e virou o rosto.

- Esta tudo bem. Agora sente-se por favor, quero apresentar um novo aluno para vocês . – Me sentei na primeira carteira que vi pela frente.

- Bem eu quero apresentar a vocês o novo aluno. Hanzo Shimada pode vir aqui na frente, por favor. – Ele se levantou da cadeira a onde estava sentado e ficou de pé. O pior é que eu estava sentado à frente e pode velo perfeitamente.

- Meu nome é Hanzo Shimada e espero me torna amigos de todos! – Falou sem tirar o sorriso do rosto, aff, para que tanto fingimento. Mano, na moral, serio ele parece aqueles filhos de riquinhos, um patricinho, um mimado e varias outras coisas. Ficamos meia hora ouvindo algumas coisas sobre álgebra e mais um monte de baboseira, ate que bateu o sinal do almoço saímos correndo igual doidos, menos o aluno novo. Tenho certeza que ele vai ser aqueles alunos certinho que não faz de errado, é a cara dele. Peguei meu lanche e sentei num banco perto do jardim, estava tudo de boa ate...

- Eu posso sentar aqui com você? – Era aquele patricinho. Ele estava pedindo para sentar do meu lado, hahahaha só pode ser brincadeira. Vou inventar uma desculpa.

- Não, esta ocupado. – Falei firme. Quando abri os olhos o vi baixando á cabeça.

- Olha não precisa mentir ta bom, é só falar que não. – Disse se afastando de cabeça baixa. Neste momento senti meu coração aperta, mas deixei isso de lado e terminando o meu lanch. Depois de termina de comer fui dar uma volta pala escola ate avistar, o patricinho (vou chamar ele assim para sempre) sentado e sozinho ele estava com uma cara de quem ia chorar, mas por que? Será que eu devo falar com ele ou continuar andando. Parei de pensar, tomei coragem e fui falar com ele.

- Ei, por que esta assim? – Perguntei e ele levantou a cabeça assustado.

- Eh... Nada. – Disse virando o rosto para o outro lado. Eu não o sei por que, mas tive a maior vontade de sentar ao lado dele. Sentei-me do lado dele e fui me aproximando dele ate encostar nele, ele se assustou e levantou a cabeça e olhando para mim.

- Por que você sentou do meu lado?

- Por que eu quis! Não posso mais sentar aqui?! – Comecei a gritar.

- Estamos conversando não discutindo, esta bem?- Ele falou na maior paz do mundo.

- Por que você tem que ser assim?

- Assim como? – Perguntou olhando para mim com uma cara interrogativa.

- Tão certinho. – Respondi olhando para ele.

- Como assim? Tão certinho? – Perguntou olhando para mim com uma cara de raiva e tristeza.

- Eh. Você tem um jeito de riquinho e tal... – Ele me interrompeu.

- OLHA SE FOR PARA VOCÊ FICAR-ME XINGANDO É MELHOR VOCÊ NÃO CHEGAR PERTO DE MIM! – Ele pegou as suas coisas é saio de perto de mim. Quer saber que se dane, estou tentando ajudar ele e ele não quer. Peguei minhas coisas e fui para minha casa.

Mccree pov’s off

Hanzo pov’s on

Por que tudo mundo tem que me zuar? Era na outra escola agora aqui! Vou para minha casa que é o que eu faço de melhor. Eu sai correndo nem vi o que estava acontecendo a minha volta, ate que eu tropecei. Que merda. Levantei devagar e respirei fundo e continuei andando ate chegar em casa. Abri o portão, joguei minha mochila no sofá e fui para meu quarto tomar banho. Depois de ter tomado banho fui dormi para o dia seguinte, tomara que eu não veja aquele idiota...

 

CONTINUA...

 


Notas Finais


Fala pessoal do meu kokoro (coração). o que acharam? Uma bosta não?

escola:https://www.google.com.br/url?sa=i&rct=j&q=&esrc=s&source=images&cd=&ved=0ahUKEwj4uaugpuDPAhWMF5AKHbDcAaAQjRwIBw&url=http%3A%2F%2Fnippongoomy.tumblr.com%2Fpost%2F21156095945%2Fcampus-nakamiya-kansai-gaidai&bvm=bv.135974163,d.Y2I&psig=AFQjCNEcT9orKHNqIhGDUrM-A9BTZh32sw&ust=1476740777994969

PS: não vou botar o banheiro da casa do hanzo, por que não é uma parte importante (e vai tentar pesquisa banheiros japoneses para ver o que é que da).


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...