História Eu te amo, Hyung. - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Bts, Coxinha_sarrada, Jikook, Jimin, Jimin Day, Jiminday, Jungkook
Exibições 71
Palavras 529
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Fluffy, Yaoi
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Consegui! E a tempo!

Capítulo 1 - A surpresa que deu errado.


Fanfic / Fanfiction Eu te amo, Hyung. - Capítulo 1 - A surpresa que deu errado.

  Jimin sorriu. Era o milésimo sorriso que ele dava, só naquele dia. Todos os membros tinham o dado parabéns, ele tinha ganhado tantos presentes, estava tão feliz. Até Jungkook fugir de si.

  Ele estava na sala, sozinho, devia ser quase meia-noite. Jeongguk tinha dado seus parabéns para o mais velho, entregado o presente, mas não apareceu de novo depois disso.

  Jimin ficou tristonho, claro. Qualquer um saberia que ele precisava de seu dongsaeng ali, ainda mais em um momento como esse. Era um dia especial para o Park, mas não era mais tão especial assim, já que agora não tinha o garoto de cabelos castanhos ali, junto de si.

  O platinado mordeu o lábio inferior com força, evitando chorar. A um bom tempo ele já não se importava mais com o filme de romance que rodava na sua televisão, ele só se importava com a distância de Jeongguk naquele dia tão importante. Ele estava com saudades, triste, e também, com raiva do Jeon. Com raiva pelo mesmo ter afastado-se de si.

  Todos do grupo sabiam da fragilidade do pequeno, ele era dócil e meigo, mas também era muito sentimental. Por conta de críticas acabava entrando em dietas sem noção, chorando noites a fio, sem ninguém saber. Eles tinham notado que o menor entre todos tinha emagrecido, até demais. Não tinha mais o abdômen de antes, e isso deixava as fãs um pouco triste. Mas sempre vinham críticas e mais críticas, e Jimin nunca soube lidar com isso.

  Sempre foi Jungkook que cuidou do garoto de cabelos acinzentados, mas agora ele não estava ali. Jimin agora estava sozinho.

  Lágrimas silenciosas começaram a cair dos olhos claros do aniversariante, escorrendo pelas suas bochechas e indo de encontro a seu pijama laranja fofo. Ele abraçou sua almofada com toda a força que tinha, para então chorar de verdade.

  ---

  Jungkook estava preocupado.

  Tinha preparado uma surpresa para seu Hyung, mas o mesmo não subiu mais para o dormitório. O relógio batia quase meia-noite e o castanho começava a se desesperar. Ele não poderia dar seu presente especial ao seu amado Hyung favorito?

  Mordeu a própria mão, cheio de medo do que havia ocorrido. Mas ele não poderia abandonar seu pequeno na sala, sem dar sinal de vida.

  Vestiu um roupão e desceu as escadas de pressa, suas pantufas batendo nos degraus de madeira e seu cabelos bagunçado tampando sua visão, deixando-a ofuscada.

  Ele esperava tudo. Tudo mesmo. Um Jimin se entupindo de comida, passando mal, vendo coisas inadequadas - o que era bem improvável, já que seu Hyung era bem inocente -, tudo. Menos o Park chorando agarrado a uma almofada.

  O Jeon correu em direção ao sofá, sentando-se desesperadamente no sofá. Seu coração se partia aos poucos com a imagem de seu pequeno chorando. Jimin virou seu rosto na direção do Saeng, vendo-o olha-lo preocupado. Mesmo com raiva do maior, o de cabelos cinzas engatinhou até ele, afogando-se em seu abraço reconfortante.

  Não importava quanto tempo passasse, não importava o que acontecesse, isso sempre se repetiria.

  -Hyung, eu te amo. - Jungkook falou antes de deixar um selinho nos lábios de Jimin, que se aconchegou ainda mais no peito de Jungkook.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...