História Eu te amo, Itachi - ItaSaku - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Itachi Uchiha, Sakura Haruno
Tags Itachi, ItachixSakura, Itasaku, Naruto, Novela, Romace, Romance, Sakura, Sakura×itachi, SakuraxItachi, Tentendotempo
Visualizações 85
Palavras 1.125
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Festa, Ficção, Ficção Científica, Hentai, Luta, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Sobrenatural, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Praticamente 20 dias sem postar ;-; mds...

"AUTORA SUA VAGABUNDA" k calma calma minha filha :v

Estava estudando e meio ocupada nesses tempos, mas aqui stoy yo de novo

Boa leitura sz

Revisado em: 20/08/2017 - 20:15

Capítulo 4 - Uchiha


Fanfic / Fanfiction Eu te amo, Itachi - ItaSaku - Capítulo 4 - Uchiha

 Chegamos lá. Ocorreu tudo como planejado. Hinata era o centro das atenções e ela estava muito feliz, o que não pôde deixar de eu acabar ficando também, mas algo me dizia... que ela estava escondendo algo. Nós cantamos parabéns normalmente, e em seguida Hinata cortou o bolo que era de maça e canela - pelo visto o morango estava em falta, já que é a fruta favorita dela -. O primeiro pedaço foi pra mim, não deixei de ficar melhor ainda agora, poxa, quanta consideração!

 

 - Hina... imagina, não precisava! - Mentira, precisava sim. Ai dela se não me desse o primeiro pedaço de bolo. -Estou tão feliz por você! 16 anos! - Disse eu contendo as lágrimas que insistiam em escorrer dos meus olhos.

 

 - Precisa sim - Abrindo um sorriso largo ela disse animada - Se não fosse por ti, mana, eu nem estaria desse jeito maravilhoso que estou agora! - Nos abraçamos em seguida.

 

 Ocorreu tudo como planejado, a alegria era nítida nos olhos da Hyūga ela estava feliz com as pessoas que amava e que a amavam. Agora era 11:00 da noite e já estava bem tarde pra nós duas voltarmos sozinhas pra minha casa. O plano era voltar de carro a noite com Neji, mas ele já tinha caído de tanta bebida. Alias, Naruto encomendou alguns drinks para nós... mas, eu pelo menos, não irei beber hoje.

 

 - E agora Naruto... o que eu faço? - Perguntei pro Uzumaki e na hora percebi que seus olhos estavam avermelhados. Quem será que teve coragem de trazer drogas pra mansão Hyūga?? Isso vai dar muito trabalho pra limpar de manhã... 

 

 -S-Sakura-Chan... - Naruto se apoiou em mim e eu o segurei, se não ele iria cair. - Não se preocupe... o irmão do Teme vai te levar...

 

 - Quem? Irmão do Sasuke?? - Eu corei.

 

 - Itachi... relaxa, pelo que eu saiba, ele não usa nada. - O Uzumaki disse pra mim e em seguida se virou - Eu... preciso descansar. - Falou e em seguida foi pra cozinha.

 

 Se minha mãe chegar em casa e ver que eu não dormi lá, ela vai me matar e ainda comer os meus órgãos.

 

 - Droga... não quero graça com Uchihas, pelo visto vou ter voltar sozinha.

 

 O senhor e a senhora Hyūga tinham saído logo depois de cantar os parabéns, eles tinham ido numa reunião de negócios na Coréia e só chegariam domingo que vem. A irmã de Hinata, Hanabi, estava na casa de uma colega e iria dormir por lá. Os outros Hyūgas já tinham ido embora. Agora, só ficamos nós, amigos da Hyūga.

 

 O único jeito, era voltar para casa sozinha ou ser morta de manhã. Irei apenas me despedir de Hinata ou ver se ela vem comigo. Também tenho de me despedir dos meus colegas.

 

 Estava no extenso corredor do segunda andar pensando no que iria fazer. Desci as escadas indo em direção à cozinha. Percebi que a música tinha mudado drasticamente. Tomei um susto. De um pop levemente animado, foi para uma eletrônica muito alta que me doía a cabeça. Os vizinhos vão ligar pra polícia...

 

 - Espera... o quê??? - Desci as escadas e me assustei com o que vi na minha frente - Hinata!!! - Gritei.

 

 No local havia luzes Neon e várias Strippers na sala dançando em cima do "palco" (mesa improvisada ), no  lugar do bolo, tinham várias bebidas e drinks espalhados pela extensa mini-bar que tinha na cozinha. O que será que aconteceu com o bolo?? Pera, isso aqui é uma festa de aniversário ou uma festa de arrego? 

 

 Bem que eu poderia beber algo... Não Sakura! Você precisa cuidar da sua amiga, lembre-se que ela dá a louca quando bebe!

 

 - Gente, se divirtam e beijem muito na boca! - Hinata que estava em cima do palco falava estranho, provável efeito da bebida. Após isso... se eu já estava chocada, gora meu queixo foi ao chão. Hinata rasgou o próprio vestido e jogou em qualquer canto, ela revelou os grandes seios saltitantes, e os mamilos, se não estivessem cobertos por duas fitas crepes pretas estariam à mostra também. Ela usava um projeto de saia azul minúscula, tipo colegial. Uma meia-calça sexy preta rasgada. Continuava apenas com o salto.

 

Naruto irá às loucuras quando vê-la desse jeito. Qual homem que se entende como hétero não iria?

 

 Então ela virou de costas e começou a rebolar, no momento os homens começaram a gritar coisas como: "Gostosa" "Se te pegar te quebro no meio", "Puta", entre outros. Corri em direção a Hinata e no meio da multidão gritei:

 

 - Hinata sua louca! Desde daí agora! - Gritei para que ela pudesse me ouvir e desistisse dessa loucura toda.

 

 - Desculpa Sakura, somos amigas, mas se nem minha mãe manda em mim quem dirá você! - Ela se virou e cuspiu as palavras na minha cara.

 

  -Oooooooooh! - Gritou a multidão.

 

 Sei que é efeito da bebida... mas... se eu não estava bem antes já, imaginem agora.

 

 Sentia uma vontade imensa de chorar mas tinha de controlar as lágrimas. 

 

 Continuei gritando o nome dela, mas foi uma tentativa falha. Espero que não fotografem isso... droga! Se isso aparecer amanhã no jornal da cidade ela vai me matar. "Primogênita dos Hyūga's é pega fazendo StriapTease durante a ausência dos seus pais em sua festa de aniversário", fico até imaginando como será/seria a matéria...

 

 Fui andando chateada em direção à saída da mansão Hyūga, apenas olhava pra baixo. Eu tinha que ficar lá pra cuidar da Hinata de um jeito ou de outro, era até por isso que não bebi nada, mas... pelo jeito foi atoa, só espero que ela fique bem e que não faça mais nenhuma besteira... Se Kiba não cuidar dela, amanhã eu mato ele!

 

 A Mansão Hyūga ficava num dos bairros mais nobres do Japão, dava de frente a uma grande Avenida, que eu poderia chamar de estrada, pois mais pra frente não havia nada, só o caminho para ir pro campo. Estranho.

 

 - Acho que vou pedir um taxi... - Sim, e eu falo sozinha.

 

 - Não será necessário. - Uma voz sexy e rouca disse atrás de mim. Eu me virei e fiquei encantada e surpresa.

 

 Ônix

 

 Olhos tão negros que mais pareciam duas pedras de ônix. Um homem de longos cabelos negros, divididos em uma franja até o queixo, estava de frente a mim. Ele usava uma blusa azul marinha e uma calça preta. Pude reparar também, num chinelo da mesma cor da calça e que ele usava um colar... mas o que mais me chamava a atenção eram duas linhas de expressão em seu rosto. 

 

 - Quem... Quem é você? - Foi tudo que eu pude dizer.

 

 - Uchiha, Uchiha Itachi

 


Notas Finais


Fiz rápido e ainda por cima revisei :v por isso q ficou curto... k

Se gostarem não se esqueçam de comentar e favoritar, isso é ótimo pra influenciar a autora a continuar fazendo a Fic :3

Beijinhos e até a próxima (acho que logo logo posto outra). K


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...