História Eu te ODEIO Jay Park (imagine) - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Got7, Jay Park
Personagens BamBam, Jay Park, JB, Jinyoung, Mark, Personagens Originais, Youngjae, Yugyeom
Visualizações 58
Palavras 887
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Luta, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - Um dia novo!


 

 

     Você morava no Brasil, depois de ter seus 19 anos e ter uma boa quantia no banco, decidiu-se mudar para a Coreia, acha que é um ótimo pais, seu lema para sair do seu país de origem era que não tinha muitas expectativas de vida garantida por ali, então foi decisão tomada e seguida, agora você está em terras desconhecidas e totalmente gelada

 

          -Ahh-você bufa de frio- vai direto para um hotel qual tinha condições para pagar- so posso pagar isso por uma semana, até la tenho que ter um emprego nas mãos!-você pensa alto.

 

        essa uma semana, passou como água, e nada de um emprego, você foi despaixada, e foi até a lojinha mais perto para vender seu celular, para pagar um hotel meia boca, naquela noite você viu que sua unica opção era trabalhar de faxineira, você olhava a lua pela janela do seu quarto, e goticulas brancas começaram a cair.

 

       -Oh está nevando!-você se aproxima mais ainda da janela, impressionada com o que vê.

 

o frio tomou conta do comodo em que estava, então você decidiu ir se deitar.

 

    na manhã seguinte....

 

    Você acorda e pega suas malas, faz suas higienes no banheiro imundo daquele lugar e depois sai, desce e entrega as chaves, pois teve dinheiro para pagar uma noite só, com suas malas em mãos você volta para as ruas gélidas de Seul, de em casa em casa, luxuosa, você vai tocando a campainha e pedindo emprego de faxineira em troca de abrigo, com a promessa  de ser temporário, mas todos negavam veemente.

 

     -Parece que ninguém precisa de uma merda de empregada nessa porra de país!-você diz em total frustação com a ponta do nariz vermelha e a boca seca você volta a procura de casas.

 

     Andando por um bairro mais isolado você encontra uma mansão que lhe chamou bastante a  atenção então você ve o nome "Park" na plaquinha, toca a campainha e espera por uns segundos, até que um jovem bonito e elegante sai do casarão

 

        -Senhor poderia falar com o  seu chefe!-você pergunta olhando o homem através das grades.

 

        -Pode falar!-ele sorri brilhante- sou eu mesmo!

 

       -Oh desculpe incomodar, é que eu vim do brasil e não consegui um prego...-você para por uns estantes para pensar no que ia falar-eu gostaria de saber se o senhor não tem uma vaga de faxineira em troca de moradia, prometo que será temporário!-você faz o olhar pidão.

       

      -Aish-ele vira o rosto com uma careta plantada na mesma- muito fofa- ele resmunga- sua sorte é que eu demiti a minha já faz uma semana!-ele abre o portão- sou Jaebeom Park, mas me chame de Jay- ele te estende a mão.

 

     -Serio que esta me contratando?-ele balança a cabeça positivamente- AAAAAH-você solta um gritinho e pula no colo do mesmo o abraçando- ow desculpe- você se afasta rapidamente.

 

       -Deve ser custume do seu povo-ele sorri- vamos entrar?

 

       -Sim!-você leva sua mala para o casarão

 

     Você...

 

     Eu estou tão contente por conseguir finalmente alguém bondoso

 

 

      -Desculpe eu esqueci de perguntar, qual é o seu nome?

 

    -È _____!

 

    -Tem quantos anos __?

 

   -19 senhor!

 

   -Por favor me chame só de Jay, bom  vou te levar ao seu quarto, que era o da ultima empregada que tive aqui!

 

   ele me leva para o fundo da casa e me mostra uma mini casinha, um tanto grande, ele abre a porta e me apresenta o enorme comodo

 

    -Tem televisão, cama, banheiro com banheira e água quente, tem uma sala, tem tudo o que precisar, só não tem cozinha porque eu faço questão de que almoçe e jante comigo.

 

      -Desculpe a pergunta, mas o senhor não tem pais?

 

      -Só a minha mãe, que mora na China, ela gosta daquele lugar!-Ele sorri.

 

     -Obrigada senhor!

 

 

    -Jay!-ele me repreende.

 

    -Sim Jay-sorrio.

 

ele sai da minha casinha, eu nem acreidto que eu tenho uma cama box!

  a qual eu pulo em cima, como estava tarde, eu tomo meu banho de banheira, pela primeira vez e depois vou durmir...

 

........

 

   No dia seguinte....

 

-Sr.____, acorde trouxe seu uniforme!

 

  -Obrigado!-pego os trajes de sua mão e os coloco na cama.

 

 vou ao banheiro e faço minhas higienes matinais, depois como uma maçã, e coloco a roupa

 

      -Que merda é essa?-me olho no espelho e eu estava parecendo uma puta, com um vestidinho curto, meias 3/4 de renda preta, parecia uma mulher de filme porno!

      

 

Tiro as meias e colco uma legging, depois saio da minha casinha e vou para o casarão, onde eu pego os itens de limpeza e começo pela parte de cima, estava faxinando o banheiro quando Jay aparece na porta e me olha

 

         -Que roupa é essa?-ele pergunta me olhando feio.

 

       -a que o senhor me deu, como eu achei muito curta eu deci-ele me corta.

 

     -Eun não quero você usando essa calça ridícula! tira isso agora-ele diz autoritario.

 

     -e quem é você pra me dizer o que eu devo usar?-pergunto calma.

 

    -JAY PARK E EU ESTOU MANDANDO!-ele berra

 

     -GRANDE BOSTA VOCÊ NÃO MANDA EM MIM!-aumento o tom de voz

 

    -ABAIXA O TOM DE VOZ QUE QUEM MANDA AQUI É EU!

 

    -F-O-D-A-S-E!

 

    -SE NÃO TIRAR!

 

   -HHAHAHA vai fazer o que?-digo em tom de deboche

 

   Nesse momento ele tira uma faquinha do bolso, e me prensa na parede com o objeto encostado na minha garganta, eu olho assustada pra ele

 

   -Vai tirar ou não?


Notas Finais


e ai minhas baby´s groot´s o que acharam da reforma? hun espero que tenham gostado bjos da tia Pucca


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...