História Eu Te Quero (2 Temp) - Capítulo 33


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Alex, Fran, Gabs, Jullie, Lari, Lesbicas
Exibições 50
Palavras 1.093
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Homossexualidade, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 33 - Olhos Abertos


Fanfic / Fanfiction Eu Te Quero (2 Temp) - Capítulo 33 - Olhos Abertos

Rafa: Faça alguma coisa
Mendes: Estou esperando alguém abrir a maldita da porta, pode esperar?
Rafa: Ouviu a voz da Francielle?
Mendes: Não faço ideia de qual das vozes é a dela
Rafa: A que mandou você entrar
Mendes: Como vou saber que é ela mesmo?
Rafa: Eu estou falando que é a voz dela. Fala de novo
Mendes: É a polícia, abre a porta
Alex: Já vai - ela abre a porta - No que posso ajudar? Rafael?
Mendes: Francielle?
Alex: Ow, não. Eu sou a Alex
Rafa: Alex?!
Mendes: A irmã dele, a gente pode entrar? Seu irmão me falou algumas coisas e eu preciso conferir
Rafa: Sai da frente, Alex
Alex: Sabe o que é... Espera, meu irmão?
Rafa: Deixa a gente entrar e falar com a Francielle
Alex: Você ta todo machucado, o que andou fazendo... Maninho?
Rafa: Alex, pelo amor de Deus, para de falar feito uma matraca e deixa a gente entrar
Alex: Já viu as horas? Isso são horas pra visita?
Mendes: Posso falar com a dona da casa?
Alex: Não vai dar, ela ta dormindo desde a hora que acabou a briga com a irmã dela
Rafa: Eu ouvi a voz dela
Mendes: É, ele ouviu
Alex: Tão ouvindo demais e agora eu vou voltar pra dentro
Mendes: Eu ouvi vozes diferentes
Alex: É a TV
Rafa: Você sabe que não mente muito bem, não é?
Alex: Não enche, Rafael. Volta pra casa e cuida desses machucados
Rafa: Eu quero entrar, saia da minha frente
Alex: Já falei que não é hora e a Francielle está dormindo
Rafa: Me deixa ver...
Alex: Vai pra casa, já falei
Mendes: É um direito seu não querer a gente ai dentro, mas me responda uma coisa, senhorita
Alex: Sim
Mendes: O que seria isso? - ele aponta na perna dela
Alex: Não sei, deve ser alguma coisa da rua
Mendes: Ok, tenha uma boa noite
Alex: Vai pra casa, sério - ela entra
Rafa: Sério? Só isso?
Mendes: Venha comigo
Rafa: Não, eu quero entrar lá dentro
Mendes: Só venha comigo
Rafa: Não...
Mendes: Sabia que você é chato?
Rafa: Sabia
Mendes: Ótimo - eles vão até o carro, entram e dão partida
Rafa: Não acredito que vamos embora sem fazer nada
Mendes: Só olha - ele pega o rádio - Central, aqui é o policial Mendes, estou com um suposto sequestro com vítima ferida
~ Aqui é a central, já estou vendo a sua localização e o reforço já está a caminho
Mendes: Preciso de ambulâncias também
~ Certo
Mendes: Uma última coisa, sirenes desligadas, não quero assustar e não quero que acabe com uma tragédia
~ Entendido
Mendes: O mais rápido possível - ele desliga o rádio - Se isso não for nada, estamos perdidos
Rafa: Eu sei que tem alguma coisa lá
Mendes: Eu espero mesmo
Rafa: Por que pediu reforço se você nem acredita?
Mendes: Aquelas manchas no roupa dela não era nada da rua, tive quase certeza que era sangue
[....]
Fran: Nem deixou o policial entrar, que feio, Alex
Hanna: Ótimo trabalho, amor
Mendity: Senta
Alex: Não quero
Mendity: Senta logo, você disse que ia matar essa vadia e não fez isso, não vou mais acreditar em você
Alex: Me obrigada sua vadia safada
Mendity: Como é? Acho que não ouvi direito
Alex: V.A.D.I.A S.A.F.A.D.A
Fran: Esqueceu do vaca, cachorra, piranha, puta, sem vergonha, ridícula...
Mendity: Pra mim chega - ela aponta a arma e atira - Vai pro inferno
Alex: NÃO... - ela corre até a Francielle
Hanna: Merda
Alex: Fran, abre os olhos por favor... - ela começa a chorar - Por favor, amor... Não me deixa, por favor, por favor, abre os olhos
Hanna: Não chama ela de amor
Mendity: Que cena patética
Alex: SUA DESGRAÇADA, EU VOU TE MATAR - ela se levanta
Mendity: Opa, opa, parada bem ai. Ela pediu por isso e a próxima é você
Alex: Então vai logo, atira sua vadia
Mendity: Se quiser se juntar com a sua ex vadia, por mim tudo bem - ela levanta a arma
Alex: Vai em frente
Hanna: Não, não, não, não - ela entra na frente
Mendity: Sai da frente
Hanna: Eu não vou deixar você fazer isso
Mendity: Ela vai morrer e se você não sair da frente, você vai junto
Hanna: Você não seria louca, eu estou com você nessa
Mendity: Não parece, sai da frente
Hanna: A Alex não
Mendity: Alex sim, vou mostrar quem é a vadia safada
Alex: É você, sua ridícula escrota
Mendity: Morre - ela atira
Hanna: NÃOO - as duas caem
Mendity: Eu mandei você sair da frente, Hanna... Como você foi burra... Burra, burra, agora ta ai, você deveria seguir o plano, era só acabar com elas e ir embora, mas não, você foi burra sua idiota, agora me deixou sozinha.. Merda, eu to sozinha... Merda...
Mendes: A CASA ESTÁ CERCADA, SAÍAM COM AS MÃOS PARA CIMA
Mendity: VÃO PRO INFERNO
Mendes: SAÍAM COM AS MÃOS PRA CIMA, VOCÊS NÃO TEM PRA ONDE IR
Mendity: SE ALGUÉM ENTRAR, EU MATO TODO MUNDO
Mendes: VAMOS CONVERSAR
Mendity: NÃO TEM PORRA NENHUMA DE CONVERSA, SE ALGUÉM ENTRAR, TODAS VÃO MORRER
Mendes: FICA CALMA, NINGUÉM PRECISA MORRER
Mendity: Eu preciso sair daqui... Como vou sair daqui?
Hanna: Não tem mais saída
Mendity: Você ta viva... Você ta viva? - ela se ajoelha do lado da Hanna e solta a arma
Hanna: Você atirou em mim, Mendity, estávamos juntas nessa
Mendity: A culpa foi sua, não era pra ficar na frente dela
Hanna: Eu... Amava ela
Mendity: Não, você não amava ela, nunca amou de verdade
Hanna: Eu amava sim.... Sempre amei... E agora você matou ela...  Você matou a vadia... Da Francielle e vai levar a culpa... Por matar a Gabriela
Mendity: Mas foi você...
Hanna: Olha pra mim, Mendity... Você atirou em mim... Vai ser culpada por isso também
Mendity: Eu não vou levar a culpa disso tudo sozinha, você não vai morrer
Hanna: Tenho sangue saindo por todo lado... Esse é o meu fim
Mendity: Você não vai morrer
Hanna: Não vou... Nós vamos - ela pega a arma - No final todas morremos - ela atira na Mendity - Esse era o único final pra gente
Mendity: Você.... Você atirou... Atirou em mim
Hanna: Conseguimos... A gente conseguiu... A vadia... Já.. Era
[....]
Souza: VAMOS, VAMOS... VAMOS ENTRAR AGORA. SE PROTEJAM DE QUALQUER COISA, OUVIMOS DOIS TIROS E MAIS UM QUANDO SÓ O MENDES ESTAVA AQUI, VAMOS ENTRAR E É AGORA E OLHOS BEM ABERTOS EM TUDO


Notas Finais


Booora Mila, queremos o próximo, sai logo dessa gripe


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...