História Eu vi o amor em seus olhos - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Sou Luna
Personagens Amanda, Ámbar Benson, Ana, Cato, Delfina, Gaston, Jazmin, Jim, Luna Valente, Matteo, Miguel, Monica, Nico, Nina, Pedro, Ramiro, Rey, Ricardo, Sharon, Simón, Tamara, Tino, Yam
Tags Lutteo Gastina Simbar
Exibições 120
Palavras 946
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishoujo, Escolar, Festa, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Estupro, Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 2 - II


🌙P.O.V Luna

Eu vou ter que deixar o Simon aqui em Buenos Aires?? Queria que as férias não acabasse, não que não quero estudar é que eu queria ficar mais tempo com o Simon. 

Eu mandei uma mensagem dizendo que eu ia para Buenos Aires, mas o Simon ainda não tinha visto. Eu fui jantar e vi o celular. O Simon ainda não tinha visto a mensagem, fiquei preocupada por que o Simon sempre olhava as minhas mensagens. 

Monica -- Luna, você vai ter que dormir bem por que amanhã vai ser um longo dia

Luna -- Ta... 

Monica -- O que foi? 

Luna -- O Simon ainda não viu a mensagem que eu mandei 

Miguel -- Não se preocupa que ele vai ver

Luna -- Tomare... -- Eu terminei de jantar e fui ajeitar as minhas malas antes de dormir. Eu terminei de fazer a mala e fui dormir. 

◆Sonho ON

Eu estou patinando sozinha toda arrumada, de short branco, uma blusa rosa brilhante e uma faixa de flor na minha cabeça. Eu estava patinando só mas aparece um menino 

Luna -- Quem é você? 

XxXxX -- A pessoa que vai te ajudar a patinar melhor

Luna -- Qual o seu nome? 

XxXxX -- Eu não vou dizer meu nome real, me chame de Mauricinho -- Ele me puxa para patinar e ficamos patinando. Até que alguém me empurra fazendo eu cair no chão -- Você ta bem? 

xXxXx -- Por que ta ajudando ela?!

Sonho OFF◆

Que sonho foi esse? Só quando eu estou sem a minha medalhinha que eu fico com esses sonhos estranhos. Tentei dormir denovo mas não consegui. Fiquei acordada até todos acordarem e fui me banhar. Desci levando a minha mala e minha mochila. O Simon não tinha visto ainda a minha mensagem. Parece que ele não vem se despedir de mim :( 

Monica -- Luna, vamos tomar café depois vamos para o aeroporto 

Luna -- Ok... -- Tomei café e levei a minha mala até o porta-malas do carro. Entrei no carro com minha mãe e meu pai. O carro já estava começando a andar 

XxXxX -- Luna! -- Eu olhei para trás e era o Simon. Sai do carro e fui até o Simon -- Pelo menos me da um abraço 

Eu e o Simon nos abraçamos e deixamos umas lágrimas cairem 

Sra Sharon -- Vamos logo Luna, o voo já vai sair

Luna -- Eu vou sentir saudades Simon

Simon -- Também, vou te mandar mensagens todo dia

Luna -- Eu também -- Eu entrei no carro e fiquei olhando para ele pela janela. Ele deu tchau pra mim e eu fiz também 

Chegamos no aeroporto e embarcamos. Fiquei ouvindo música com os fones de ouvido e acabei caindo no sono ouvindo. 

Em Buenos Aires♕

Chegamos em Buenos Aires e fomos de carro até a mansão da Sra Sharon 

Miguel -- Luna, o seu quarto é lá em cima -- Eu segui ele até o meu quarto e coloquei a minha lá -- Não se preocupa que ele não vai ser branco para sempre, a Sra Sharon permitiu que nós pintassemos o seu quarto

Luna -- Ai que bom -- Eu me sentei na cama -- Posso ir patinar? 

Miguel -- Não, você vai se perder 

Luna -- Eu não vou muito longe, deixa por favor 

Miguel -- Ok, não esquece os protetores 

Luna -- Obrigada pai -- Ele sai do quarto e eu pego os meus patins. Fui para fira da mansão e coloquei os meus patins, protetores e capacete. Coloquei a minha mochila nas minhas costas e fiquei patinando por Buenos Aires. 

Parei em frente a lugar cheio de pessoas patinando e se divertindo. Entrei e era uma pista cheia de pessoas patinando e dançando. Fui na pista e fiquei olhando as pessoas. Eu estava patinando de costas até que me esbarrei em alguém 

Luna -- Você? Oque ta fazendo aqui? 

Matteo -- Eu sou o dono dessa pista e você o que ta fazendo aqui? 

Luna -- Pergunta para a sua namorada 

Matteo -- Oque ela tem que contar para mim? 

Luna -- Olha, a Sra Sharon contratou os meus pais para trabalharem na mansão dela aqui em Buenos Aires, e por sorte eu vou ter que estudar no mesmo colégio que a Âmbar 

Matteo -- E você vai ter uma surpresa 

Luna -- O que? 

Matteo -- Amanhã você vai ver -- Ele me puxa para patinar 

Luna -- Para Matteo, eu não sei patinar muito bem -- Ele continuou a segurar a minha mão e patinar até que alguém me empura me fazendo cair-- Ai

Matteo -- Você ta bem? 

Âmbar -- Por que ta ajudando ela?!

Matteo -- Por que você empurrou ela sem motivo e você na ajuda ela -- Ele estende a mão pra mim -- Eu te ajudo

Eu pego na mão dele e ele me ajuda a levantar 

Âmbar -- Agora ta sendo o protetorzinhi dela? 

Matteo -- Não começa com os ciúmes agora

Luna -- Eu vou sair daqui por que esse assunto é muito íntimo -- A Âmbar me puxa pelo braço -- Me solta

Âmbar -- Tão distraída, pena que não sabe patinar 

Matteo -- Ela sabe patinar 

Âmbar -- Melhor do que eu?! 

Eu sai dali deixando uma lagrima cair, a Âmbar pegou pesado dessa vez. Ele só pensa nela mesmo e coitado do Matteo. Como ele aguenta ela?? A pergunta é essa. 

Eu sinto alguém me puxando pela mão 

Luna -- Me solta Matteo, eu quero ir embora 

Matteo -- Luna -- Ele segura a minha mão -- Não liga para a Âmbar 

Luna -- Como? Eu não sei patinar bem, ela... Deixa pra lá -- Eu tiro a mão dele da minha e vou para a mansão 


Continua

..



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...