História Eu, você e os dois babacas - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Jikook, Jimin Uke, Jungkook Seme, Namjin, Taeyoonseok
Exibições 46
Palavras 1.241
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oin pessoaaaas
Tudo bem?
Essa é minha primeira fic, então desculpe algum erro
Nos vemos nas notas finais
(desculpem pela capa boxta)
<3 <3

Capítulo 1 - One


Fanfic / Fanfiction Eu, você e os dois babacas - Capítulo 1 - One

Os dois garotos brincavam de pega-pega, corriam por aí sempre deixando escapar uma das suas risadas fofas e contagiantes. Eles se amavam... Só não sabiam disso.

 

— Jungkook, será que dá para prestar atenção na aula? — A professora gritava irritada, fazendo Jungkook virar para frente e a olhar com um olhar debochado.

— Não. — Risos ecoavam pela sala, fazendo a professora ficar mais irritada do que já estava.

— Parem de rir, agora! — A sala ficou em silêncio — E você Jungkook, saia da minha sala! — A professora apontava para a porta. Jungkook se levantou arrastando a cadeira, fazendo com que ela produzisse um som estridente.

— Com todo prazer.

Enquanto o garoto saia da sala e a professora voltava a explicar a matéria, um par de olhos inocentes observava o que havia acabado de acontecer com certa curiosidade.

Jimin. 16 anos. Notas altas. Um sorriso encantador.

Tudo para que ele fosse um garoto adorado por todos, mas não, todos o invejavam por ser o queridinho dos professores, a as garotas por ele ser dono de uma beleza encantadora que até meninos param para admirar. As vezes o garoto era feito de saco de pancadas, o arrastavam para um lugar mais isolado, o insultavam e depois o batiam até ele ficar desacordado. E o garoto de olhos inocentes fingia esquecer de tudo, só que na verdade está se machucando por dentro.

— Jimin-ssi, pode vir resolver essas equações, por favor? — O garoto se levantou, andando até a lousa, sendo recebido por vaias, xingamentos e bolinhas de papel   — Alunos silêncio! Pode começar Jimin-ssi.

Jimin resolvia as contas com facilidade, enquanto os alunos o olhavam com desgosto. Ao terminar, ele sorriu para a professora, fazendo com que ela se derretesse por dentro. Afinal, quem não se derreteria por um sorriso tão lindo como esse?

— Parabéns Jimin-ssi, alunos batam palmas por seu colega de classe!

Mas tudo que recebeu foram vaias, mais xingamentos e mais bolinhas de papel.

A professora tentava fazer eles pararem de insultar o garoto, enquanto o mesmo apenas sorria sem graça enquanto sussurrava um “tudo bem”. Mas foi a gota d’água quando um dos alunos o xingou de algo que ele achava o pior dentre todos os xingamentos.

— Seu gordo inútil!

Jimin é muito inseguro com sua aparência, ouvir isso, para ele, era muito torturante.

— Professora, eu... posso ir ao banheiro? — Perguntou, com a voz já embargada pelo choro que vinha.

A professora preocupada com o garoto não tardou de responder um “sim”, Jimin sussurrou um “obrigado” e saiu da sala. A sua mãe havia o ensinado que, em todos os momentos, precisa ser educado com as pessoas.

 

Jungkook andava despreocupadamente pelos corredores do colégio, sem se preocupar se algum inspetor iria o ver, já estavam acostumados com isso, tão acostumados que deixavam o garoto sair impune.

Jungkook. 16 anos. Notas medianas. O pegador do colégio.

Jungkook é o tipo de garoto que tem um charme irresistível, e já pegou a maioria das garotas do colégio. Ele é o único de seu grupo que não faz bullying com Jimin, ele acha uma coisa ridícula, para que se preocupar em bater em um garoto se ele pode estar com uma garota na cama? Pena que nem todos têm esse pensamento, mas não quer dizer que ele seja bom.

E enquanto observava tudo ao seu redor, um garoto de madeixas alaranjadas passou correndo ao seu lado, não demorou muito para deduzisse que fosse Jimin. O que eles fizeram dessa vez? Ele iria atrás do garoto se ele se importasse com o mesmo, e seria mentira se dissesse que sim. Então deu de ombros voltando a andar pelo colégio.

Parou em frente a sala de seu melhor amigo, Yoongi, deu leves batidas na janela fazendo com que Yoongi – que sentava perto das mesmas- olhasse para Jungkook entendendo o recado.

—Professor, posso ir ao banheiro? — Perguntou Yoongi para seu professor de história.

Min Yoongi. Notas medianas. Melhor amigo de Jungkook.

— Pode, mas não demore — O de cabelos esverdeados assentiu, e saiu da sala encontrando Jungkook escorado na porta de enfermaria.

— Vamos?

(...)

— E foi nesse lugar que eu peguei a gostosa da Sun-min — O moreno disse, fazendo o Min se sentir desconfortável e fervendo de ciúmes.

Oh, eu não disse? Yoongi sempre foi apaixonado por Jungkook

Yoongi nesse momento pensava todas as formas de afastar a garota de seu garoto, que nem percebeu que Jungkook já o chamara mais de 2 vezes.

— Ei Yoongi! — O moreno estalou os dedos fazendo finalmente o esverdeado prestar atenção nele — Mas que porra Yoongi, você tá surdo?

Yoongi revirou os olhos e mostrou o dedo do meio para o garoto. Afinal quem disse que só porque amamos a pessoa precisamos ser educados?

— Vai se ferrar! Esqueceu que eu sou mais velho que você? — Yoongi disse com sua típica cara de foda-se.

— Pode ser, mas nem parece — Jungkook zoou, comparando a altura dos dois.

— Hahahha, que engraçado Jungkook — Ironizou, arrancando uma risada do moreno. A risada que ilumina seus dias.

***

Jimin pensava novamente por que seus colegas de classe o odiavam, nunca havia feito nada a ninguém, mas continuava se culpando eternamente por isso. Ele as vezes, sempre, culpava a sua aparência, pensava que por ser feio demais, gordo demais era motivo de piada em sua classe. Mal sabia Jimin que era o contrário.

 

O garoto havia levantado do chão frio em que estava para lavar o rosto, mesmo sentindo lagrimas ainda presentes em sua face, teria que voltar a sua classe. Foi quando ouviu passos entrando no banheiro, no começo pensou que era alguém que iria o atacar com palavras maldosas, mas não, era apenas Kim Taehyung.

Kim Taehyung. Notas altas. Presidente da classe 2B.

Taehyung é o tipo de garoto que todas as meninas gostam, e é muito querido pelos professores. Taehyung sempre quis ser próximo do alaranjado, mas possuía um pouco de timidez quando o assunto era o mesmo. Sempre que via alguém maltratando Jimin seu sangue fervia, mas não podia fazer nada, pois, se seus pais soubessem que o garoto havia entrado em uma briga, ele considerava-se um Taehyung morto.

 

— Uh... Hm.. Jimin?

O alaranjado o olhou com o cenho franzido. O que Kim Taehyung queria comigo?

— O-oi... É.. Se eu estiver incomodando eu posso sair... — Jimin molhou pela última vez seu rosto antes de ir em direção a porta, mas foi cortado por uma mão em seu pulso.

— Você está bem? — O ruivo o encarou por um tempo, antes de sentir as lagrimas voltarem, e balançar a cabeça em sinal de não. Fazendo o castanho o puxar para um abraço. — Shhh... Me conta... O que aconteceu?

— H-Hyung... Eles-eles... — O ruivo não conseguia completar a frase, pois sempre que tentava, voltava a chorar descontroladamente.

— Tudo bem... está tudo bem...

***

Jimin contou tudo que acontecia com ele desde o início do ano ao seu hyung. Taehyung mesmo sabendo o que acontecia com o garoto o ouvia atentamente, sentindo mais raiva ainda dos amigos de Jungkook.

— Mas hyung... Por que está conversando comigo? Não me acha feio, gordo e inútil igual as outras pessoas? — Jimin o olhou, fazendo Taehyung o encarar também.

— Ei... Eu não acho nada disto e você também não é nada disso, ok? Pare de acreditar em pessoas babacas Jiminie. — Os olhinhos de Jimin brilharam ao lembrar de seu apelido de infância. O garoto deu um sorriso fazendo o castanho corar. É, Jimin mexia muito consigo.

 

Os quatro garotos iram ter momentos juntos, mas nem todos serão agradáveis.

 


Notas Finais


E foi isso <3
Espero q tenham gostado
Um beijo, um queijo e até a próxima att
Annyeoong <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...