História "Eu vou ficar bem" - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtanboys, Drama, Revelaçoes, Romance
Exibições 4
Palavras 2.065
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Artes Marciais, Comédia, Drama (Tragédia), Luta, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Boa leitura.

Capítulo 7 - Eu vou matar ele.


  

  Jimin estava na sacada do prédio olhando o movimento na rua, foi quando ele viu Danny sair correndo do prédio e parar olhando o chão. Parecia que ela estava triste ou que chorava. " Oque será que aconteceu? " . Pensa ele pegando o seu celular.

   - Jiminnie!! - Hope chegou na cobertura.

  - Oque foi? - Ele continua encarando ela que continuava imóvel.

  - Lucy estava levando uma bronca de seu pai, e parece que Lee tem haver com isso! - Hope se aproxima dele.

  - Olha ela alí, vou manda mensagem para ela. - Disse ele.

   Mensagem:

  [Jimin] Você está bem? - Ele vê ela olhar o celular.
  [Lucy] Estou sim! ( Carinha sorridente)
  [Jimin] Não é o que parece! (Carinha triste) Olha para a cobertura. - Ela encara a cobertura é vê Hope acenando para ela que sorri forçado.
  [Lucy] Hope Sempre exagerado.
  [Jimin] Mim espera, to descendo!
  [Licy] Eu vou andando.
Surge Kook e Ayang junto com o resto dos meninos.

   - Nossa parece que a briga foi feia! -  Disse Suga encarando Toados.

   - Vocês ouviram? - Pergunta Ayang.

   - Tudo! - Disse Rapmon.

   - Jimin, Lucy precisa do seu apoio, o pai dela praticamente abandou ela só por que ela disse que não iria deixar a Coréia, nem de ser atriz  e nem deixar de ver todos vocês e principalmente de ver Jimin ou de beija-lo.  - Disse Ayang.

  - Ela disse isso? - Ele sente o seu  coração quase sair pela boca.

  - Eu tava lá e ouvi. - Disse Jungkook.

  - Agente ouviu tudo la de cima, ela é uma amigona - Disse Jin.

  - O pai dela deu uma pancada muito forte no rosto dela- Disse Ayang.

  - Oque? - Jimin fica irritado. - Ele fez isso?

  - Fez! E a pancada foi tão forte que a boca dela sangro.- Diz Kook.

  - Eu vou matar ele. - Jimin desceu as escadas correndo e foi seguido por todos. " Jimin, não faça nada". Disse Rapmon

   Tomado por raiva, ele invade o apartamento vendo Lee, Adalto e Diego sentado no sofá. Ele viu um homem e uma mulher e o mesmo deduziu que era  Yoshida  já que ele estava escorado na parede olhando Lucy pela janela. Jimin foi até ele e o pegou pela gola da blusa o socando fazendo ele cair sobre uma mesinha de madeira onde ficava um abajur.

   Helena acabou caindo de costa bo chão.

   Jimin deu mais alguns socos nele antes que Suga, Jungkook e Hope retirassem Jimin de cima dele. - Você nunca mais encosta um dedo em Lucinda? - Grita Jimin.

  Diego tento ir para cima de Jimin mais Rapmon e V segura ele. - Calma cara. - Diz V.

   Jin ajuda Helena que havia caído no chão. - A senhora está bem?

  - Estou! - Ela sorri para Jin

. - Nos desculpe. - Jin se curva.

  - Tudo bem. - Diz ela sorrindo.

  - Chega! - Grita Adauto levantando Yoshida junto com Lee. - Meninos saíam daqui.

  - Eu nunca vou aceita Lucy e você - Diz Yoshida.

  - Sua opinião não vale nada para mim. Se ela quiser ficar com migo, nada nos impedirá. - Tiraram Jimin de lá e o mesmo se soltou dos meninos. - Eu vou ver a Lucy.

  Jimin corre para o estacionamento e pega o carro e sai dirigindo, ele encontro Lucy duas quadra depois da ibighit.

   Ele para o carro ao lado dela e ela logo reconhece. - Jimin! - Diz ela assim que ele baixa o vidro. - Entra? - pede ele.

   Ela arodia o carro e entra, ele logo pega no queixo dela e a faz encara ele. - Ainda está sangrando. - Ele limpa com a manga de sua blusa. 

   - Ayang te disse? - Pergunta ela um pouco triste.

   - Os meninos ouviram Tudo, ela só confirmou. - Disse ele precionando o pequeno ferimento que insistia em sair sangue.

  Ela tira a mão dele é encara a mesma com alguns machucados. - Oque foi isso? - Pergunta ela preocupada.

   - Isso não foi nada! - Ele sorri e a puxa para beija-la. Ele cola sua testa na testa dela. - Quer comer algo? - Ele se Afasta dela e dar parti no carro.

   - Vamos comer a onde?

   - Que tal irmos para uma sorveteria.

   - ta bom.

    Jimin seguiu por mais alguns minutos e para num estacionamento. Ainda tímidos, eles andam um do lado do outro. Calados.

   Passaram por uma floricultura e Jimin pega um dinheiro do bolso e entrega para a dona que cuidava de um ramo de rosas. Ele pega apenas uma rosa branca sem Lucy ver.

   - Você é Linda. - Ele começa a cantar enguanto os dois andavam - Nos ficamos bem juntos? - Ele entrega a flor para ela e a mesma começa a rir pegando ela. -  Eu sempre imagino isso você ficando comigo, comigo.  - Ele continua andando e cantando. Lucy continua andando ao lado dele, segundo ou outro sentindo o perfume da flor.  - Você é a minha linda garota. - Disse ele por fim sorrindo e dando um pequeno empurrão nela que o olha sorrindo.

    - Nossa! Sua voz é linda. - Diz ela encarando a flor. 

    - Já mim disseram isso! -  Disse ele sorrindo.

   - Há!!! - Ela para e ele a olha. - Convencido.  Que música é essa?

   - Beautiful! - Ele sorri.

   - É de vocês?

   - Sim.

   Ele atravessa a rua puxando ela pelo braço. Ele entra num prédio de dois andares que era uma sorveteria. Assim que ele entra é logo rodiado por fãs, Lucy ficou olhando de longe, ela para disfarçar, ela encara o celular e ver um número desconhecido.

[  NúmeroDesconhecido ]
- Oi.
[Lucy] - Oi. Eu poderia saber quem é?

  Dois homens se aproximaram dela pedindo autógrafo. Jimin se aproxima dela e a puxa. - Espera! - Ela entrega o papel para eles e se deixa ir com Jimin.

   Ele a leva até uma mesa entre várias do andar de baixo. Jimin senta na frente dela e não demora para que uma garçonete venha pedir o pedido deles.

   - Ah, Jimin? - Ela da um grito. - Posso tira uma foto. - Não demora muito e eles são a rodiados de fãs do ruivo.

   Ela se levanta e deixa eles sozinhos. Lucy vai para uma mesa que fica na janela.

    Seu celular vibra.

   [NúmeroDesconhecido] Você não se lembra mais de mim? (Carinha triste)

   Lucy fica curiosa com aquela pessoa e na hora que vai responder Jimin aparece.

  - Mim desculpa, eu esqueci que deveria está cheio de pessoa por aqui! - Ele se senta.

  - Sem problemas. eu acho que terei que mim acostumar. - Ela sorri e guarda o celular.

   - Eu sei que é chato. Mais minha atenção as minhas fãs não podem faltar.

  - Mais eu não quero que se sinta obrigado a afasta suas fãs por minha  causa, pelo contrário, assim como dou atenção aos meus fãs, você tem que dá atenção a suas fãs, somos profissionais. E se teremos algo, teremos que aceitar e compreender o amor dos nossos fãs. 

  - Você é incrível. - Ele beija os labios dela a deixando surpresa. - Que ótimo que você entende o amor das minhas fãs.

   Mensagem de texto chega para os dois.

  [Monager] Preciso falar com você!

   - Monager mim mandou uma mensagem! - Avisa Jimin

   - Para mim também! - Diz Lucy. - Oque será?

   - É bem fácil ser sobre nós dois. - Diz Jimin.

   - Ele disse que será no meu apartamento. - Avisa Lucy

   Tomaram um sorvete juntos e depois voltaram para o apartamento. Jimin teria uma pequena reunião com Monager e Lucy faria parte.

   Lucy subiu para o prédio é acabou se encontrando com seu pai. Ele estava com Lee. - Não se preocupe senhor Lee eu cuidarei. - Dizia Lee apertando a mão dele.

   Jimin apertoa mão de Lucy e de mãos dadas passaram por eles dois. Lucy olhou para ele e viu o olho dele roxo e o nariz dele com um bandete. Ela encarou a mão de Jimin, e ver a mesma com algumas pequenas feridas. " será que eles brigaram?. - Se Pergunta ela.

   Lucy abre a porta do apartamento e vê Monager, seu mestre e os meninos.

   - Que bom que chegaram! - Disse Monager. - Eu já conversei com os meninos e os mesmos vão nos deixar sozinhos. - Os meninos passaram por eles, V e J-hope fizeram caretas oque fez Lucy sorri.

   Adauto deixa os três sozinhos. - Você quer um café? - Pergunta Lucy.

   - Não o seu Adauto já mim serviu um lanche. - Diz Monager se sentando. - Eu vim falar sobre isso! - Ele mostra o beijo dos dois na foto. - Eu só quero saber se oque vocês têm vai ser duradouro. Porque se espor desse jeito para acabar daqui a duas semanas, isso eu não aceito.

   - Oque agente tem é duradouro, isso aí foi um deslize nosso. - Disse Lucy.

  - Não se preocupe, não vamos nos espor dessa maneira. - Diz Jimin.

  - Vocês dois são a minha melhor descoberta. Jimin se destaca por sua voz e você Lucy, pelo talento que tem é por ser tão meigae isso conquista os fãs.  - Monager se levanta. - Pois pronto, vocês dois sem querer, acabaram virando o casal da Bighit, e isso é bem complicado, ou pode ser uma boa. - Ele sorri. - Eu vou indo, Jimin, vamos que você tem ensaio.

   Jimin sorri. - Ta bem. - Ele vai até Lucy e sela seus labios. - eu vou indo.

  - ta bem. - Lucy leva eles até a porta e se despede de Monager. Adauto aparece com refrigerante e um sanduíche.

   - Vem Aqui. - chama ele mostrando o
lugar para ela senta.

   - Obrigada pelo lanche. - Lucy senta no sofá logo se servindo.

   - Vem cá, deixe-me cuidar desse ferimento. - Adauto tira um remédio em esprei, ele coloca num algodão passando no labios dela. - Isso vai ficar cicatriz.

   - Hm... - Ela pega o refrigerador e da um gole.  - Onde esta minha mãe?

   - Foi pro hotel fazer as malas. - Diz ele colocando um pouco do refrigerante para ele.

    - E Yoshida? - Ela encara ele.

    - Estava com Lee.

    - Hm...

     - Lucinda, ele é o seu pai, não tenha raiva dele.

   - Eu não tenho raiva dele.

   - Não é oque você demonstra mostra. - Diz ele.

  - Oque eu domostro mostra no rosto não é oque o meu coração sente.

   - Ele apenas quer o seu bem.

    - Você quer dizer o bem das empresas dele. - Lucy se levanta. - Sensei, eu estou cansada, eu vou indo pro meu quarto.

   - Está bem, vá descansar.  - Diz ele.

   Lucy vai para o seu quato, ela toma um banho quente, veste uma roupa folgada e vai pra cama colocando o seu celular para carregar.

    Ela vai para a mensagem e vê aquele número desconhecido.

   [NúmeroDesconhecido]: Você não se lembra mais de mim? (Carinha triste) - Ela lê e ve que ele está online.
   [Lucy]: Talvez se você mim dizer o seu nome, eu mim lembrarei. - Ela manda a mensagem e a pessoa logo visualiza.
  [NúmeroDesconhecido]: Nossa, eu pensei que a minha presença tinha mechido com você o tanto que a sua mexeu com migo.
  [NúmeroDesconhecido]: Oshi, eu não sabia disso. Então qual é o seu nome? - Lucy tirava suas roupas para dormir.
  [NúmeroDesconhecido]: Pode mim chama de Príncipe.

   Lucy manda algumas carinhas de riso.

  [NúmeroDesconhecido]: Está bem, eu tô brincando. Você pode mim chamar de Jinhwan. (Carinha piscando)
Lucy fica surpresa.
[Lucy]: É o Jinhwan do iKon?
[Jinhwan]: Esse mesmo. (Carinha piscando)
[Lucy]: Como você conseguiu meu número?
[Jinhwan]: Com a Ayang.
Lucy revira os olhos.
  [Lucy]: Ela te deu?
[Jinhwan]: Na verdade eu peque do celular dela. (Carinha sem jeito)
[Lucy]: Ela não mim Disse que era íntima de um dos meninoa do ikon.
[Jinhwan]: Então ela não te disse?
[Lucy]: Oque?
[Jinhwan]: Eu e ela somos irmãos por parte de pai. Agente não se da muito bem, mais gosto muito dela.
Lucy fica surpresa.
[Lucy]: Ayang sempre mim surpreendendo.
[Jinhwan]: Pois é, eu tenho que ir, vou entra no show agora. Bjs Boa noite.
[Lucy]: Bom show. Bjs, Boa noite




Notas Finais


Jinhwan do iKon entrando na fic.
Hm, oque vai acontecer?
Oque vocês acham?
Ele vai tira a atenção dela?
Bjs .


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...