História Eu vou protege-lo - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Hora de Aventura
Personagens Marshall Lee, Principe Chiclete
Tags Gunlee
Visualizações 29
Palavras 605
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 5 - Pelo menos naquela noite...


Marshall estava tomando banho,ja eu estava arrumando a bagunça de seu quarto,porem,quanto mais juntava as roupas cobertas de sangue,mais me dava vontade de chorar,eu queria ter percebido antes isso,devia ter procurado ele antes,mas nao,fui idiota ao ponto de deixar a pessoa que amo nesse estado

(quebra o tempo)

eu ja havia terminado de juntar tudo e organizar algumas coisas,nao levou muito tempo. entao escuto o barulho do box do banheiro se abrir,a proposito,marshall demorou uns 15 minutos para tomar banho,se bem acho que ele anda tao mal que nem tem tomado banho direito.eu junto todas as roupas sujas,e as coloco em uma sacola preta,afinal ,teria que lavar muita coisa,e nao tinha outro lugar para coloca-las,deixei-o em um canto de seu quarto,logo,vejo marshall sair do banheiro apenas enrolado em uma toalha,pra variar,preta.Ele vai em direçao ao seu quarda roupa,o abre,e fica o encarando,parecia meio espantado

-oq foi marshall?

-é que...eu nao tenho nada pra vestir...-ele fala meio que se encolhendo

o motivo dele nao ter o que vestir?so dar uma olhada para a grande sacola preta cheia de roupas ensanguentadas.eu me aproximo dele,e pego em seu braço,ele acaba soltando um gemido de dor,havia me esquecido desse detalhe por um momento

-ah,desculpa,esqueci por um momento-falo soltando seu braço

-t-tudo bem,nao se preocupe-ele fala baixando a cabeça

-voce tem algum remedio para ferimentos em casa?

-s-sim,esta numa caixinha em cima do roupeiro

-...ok,senta ai,que eu vou pegar

ele faz o que digo e pego a caixinha de primeiros socorros em cima do roupeiro,vou em sua direçao,e me sento ao seu lado,abro a caixa,e de la tiro um remedio em spray para machucados,gazes e fita para curativos,eu estico minha mao ate ele,simbolizando para que ele me mostre suas marcas,afinal,so queria pelo menos,fazer isso,ele nao me da de imediato

-p-pode deixar que eu faço isso,nao se incomode ...-ele fala baixando a cabeça

-marshall,apenas me deixe-me cuidar de voce,por favor,pelo menos isso

ele fica um tempo parado,paresia pensativo,entao,ele estende seu braço ate mim,oque vi diante de meus olhos,fez meu coraçao doer,tive q me segurar ao maximo para nao chorar

-g-gumball,v-voce nao precisa fazer i-isso

fico em silencio,entao pego os remedios no qual e iria passar em seus ferimentos,quando dou uma borrifada do remedio,ele puxa um pouco seu braço,pois tinha doido,percebi que haviam corte fundos,iriam deixar fortes marcas em seus braços.sai de meus pensamentos,e peguei a gaze que estava ao meu lado,logo comecei a enrola-la no braço de marshall,ate cobrir toda aquela area,prendi a gaze com uma fita especial para gazes,um braço estava feito,agora faltava o outro braço,suas pernas...e la vamos nos,tenho que ser forte,para protege-lo,quero isso,mas tambem nao quero machuca-lo...

Depois de tratar de todos os seus cortes ,so ai percebi q ele estava tremendo de frio,afinal,ele havia acabado de tomar banho,e estava apenas de toalha,me levanto,e tiro o moletom rosa que estava usando,e entrego a ele

-toma,pode ficar com ele,voce esta tremendo

-v-valeu gumy...-ele falou baixando a cabeça

-amanha vou levar voce para o reino doce,e nao aceito um nao como resposta

ele fica em silencio ,de repente se levanta,e vem ate mim,para em minha frente,e logo me abraça,com força,retribuo o mesmo,colocando uma de minhas mãos em cima de sua cabeça,lhe fazendo um leve cafune,um leve sorriso se forma em meus labios

-ei marshall...eu vou proteger voce ,aconteça oque acontecer

-...obrigado gumy..eu realmente ..realmente te amo...muito...

-eu tambem te amo marsh,amo muito,muito mesmo

depois disso,nos deitamos na cama dele,nos tapamos,e ele se aconchegou em meus braços,peguei no sono,so depois de perceber que sua respiração estava calma,um sinal de que ja havia adormecido,daquela noite,pude sentir um certo alivio,por estar do lado dele,o protegendo,e que pelo menos ,naquela noite,ele não se ferio

 

 


Notas Finais


desculpa a demora,tive alguns imprevistos na minha vida,muitas mudanças,no caso boas hehe
tive um poukinho de bloqueio criativo,dicuuupaaa
e espero que gostemm
amo vcs meus leitores
desculpa mesmo pela demora ;-;-;-;-;-;-;-;-;-;-;-;-;-;


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...