História Eu vou te matar, Minseok! - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Chanyeol, Chen, Sehun, Xiumin
Tags Aniversario De Namoro, Fluffy, Jongdae Seme, Xiuchen, Xiumin Uke, Yaoi
Visualizações 78
Palavras 858
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Fluffy, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


AAAAAAAAAA, eu amo xiuchen

FOCA AQUI
o cabelo do Chen está igual em KoKoBop
Xiumin é o cabelo do dance practice de "The Eve"

amém, Xiuchen.

Capítulo 1 - .que dia é hoje?


- Você sabe que eu te amo, né?

Jongdae perguntava mais uma vez à Minseok, que montava mais um de seus jogos de plataforma no computador.

- Eu sei, Chen. - O mais velho respondeu com os olhos colados na tela do computador a sua frente. - Já é a... sexta vez que você me pergunta isso em menos de sete horas.

Jongdae bufou jogando seu corpo para trás sentindo o mesmo ser preenchido por uma sensação gostosa que a cama de Minseok o trazia. Observou o namorado anotar coisas no caderno e voltar a sua atenção a tela do computador. Ele fazia isso tarde inteira e agora emendava com a noite.

- Minnie. - Chamou manhoso observando o namorado deslizar o mouse do computador sob a escrivaninha e murmurar algo. - Pode largar esse computador e vir dar atenção ao seu namorado? - Disse já com raiva do mais velho.

- Dae, e tenho que terminar isso. A entrega é daqui dois dias! - O rapaz com os óculos finos e redondos respondeu sem despregar os olhos do computador.

Jongdae xingava e gritava com Minseok mentalmente. Pegou seu casaco em cima da cama do mais velho e calçou seus sapatos brancos, abriu a porta do quarto e saiu sem se despedir. Minseok se assustou com o barulho da porta de seu quarto batendo forte e quase jogou longe o caderno que estava em suas mãos. Olhou ao redor e percebeu que Jongdae já não se encontrava presente no quarto.

- Porra. Eu sou vacilão demais.

Largou o computador, tirou os óculos do rosto jogando-os na escrivaninha e saiu do quarto tentando não fazer barulho. Deu alguns passos e estava de frente a porta que tinha o número 1001 em cima, abriu a porta e adentrou no quarto vendo o loiro quase deitado na cadeira de rodinhas mexendo no computador.

- Não quero mais atenção agora. - Jongdae, que parecia bravo, soltou ríspido fazendo Minseok rir e ir até o mais alto, que não tirou os olhos da tela do computador. - Pode ir terminar seu jogo bobo, Minseok.

O Kim percebeu que a situação estava feia pro seu lado quando Jongdae chamou seu nome, já que o mais novo sempre usava apelidos para se referir ao mais velho.

- O que você tá fazendo, Dae? - O moreno de cabelos encaracolados perguntou indo para atrás de Jongdae para ver o que o rapaz fazia. Não obteve resposta e decidiu apelar.

O de cabelos escuros levou as mãos até os ombros do loiro, que pareceu relaxar só de ter as mãos do mais velho em seus ombros, e começou a fazer uma massagem ali. Só assim ganharia atenção.

- Agora você quer atenção, né, Minseok?! - Exclamou se ajeitando na cadeira retirando as mãos do namorado de si. - Agora eu estou ocupado! - Falou pausadamente.

Ouviu Minseok murmurar um "Uhum" e não ouviu mais nada por alguns segundos. Jongdae teve vontade de olhar para trás, mas não iria se deixar levar só de pensar na possibilidade de Minseok estar tirando a camisa e deitando em sua cama.

- Dae? - A voz de Minseok soou rouca perto da orelha o loiro, que o fez estremecer. Minseok sorriu. - Você sabia que eu te amo?

Jongdae sorriu minimamente e suspirou arrastando o mouse sob a mesinha.

Em um movimento rápido, Minseok sentou no colo de Jongdae de frente para o mesmo colocando uma perna de cada lado das pernas de Jongdae. O loiro, por um impulso, segurou a cintura do mais velho, que tinha os pequenos e puxados olhos em si e não sentiu o tecido da camisa.

Seus olhos percorreram desde onde as suas mãos estavam, até o queixo do mais velho, olhando seu corpo totalmente definido. Engoliu em seco, sentindo o olhar malicioso de Minseok em si, que sorria ainda mais malicioso. Jongdae corou tão brutalmente, que sentiu seu corpo queimar. Mais precisamente, nos países baixos.

- Então, Dae. O que você fez hoje? - Minseok passou os braços ao redor do pescoço de Jongdae, que ainda estava meio boquiaberto com a imagem de Minseok sem camisa sentado no seu colo. - Você conseguiu terminar aquele seu mini-livro?

Jongdae sabia onde Minseok queria chegar, o loiro queria a mesma coisa. Jongdae fazia movimentos com os polegares em círculos na cintura do mais velho, que sorria com segundas intenções. Voltou a realidade quando sentiu os lábios finos de Minseok contra o seu pescoço, estremeceu dos pés à cabeça.

Minseok adorava provocar o mais novo, ainda mais quando o mesmo estava irritado. Levantou suas nádegas minimamente enquanto deixava selares pelo pescoço de Jongdae e logo depois sentou novamente já sentindo a ereção que se formava no loiro.

- Xiumin do céu! - Jongdae disse arrastado enquanto Minseok ria contra sua pele.

- Eu te amo, Jongdae. Muito mesmo!

Jongdae sorriu. Era só isso que ele precisava ouvir. Só um simples eu te amo fazia Jongdae feliz, mas ainda tinha outro detalhe.

- Você sabe que dia é hoje, Minnie?

Minseok semicerrou os olhos e desviou o olhar do mais novo ajeitando a coluna deixando-a reta. O moreno pensou por alguns instantes e seus olhos pequenos e puxados quase saíram para fora.


- Opa. - Minseok riu envergonhado


- Você tá morto, Kim Minseok!



Notas Finais


amém, xiuchen
é uma Two shot
amanhã talvez tem mais

ter vida social? desculpa, eu escutei shippar xiuchen
dnd


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...