História Eunice, a garota de olhos vermelhos. - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Exibições 5
Palavras 1.226
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Escolar, Romance e Novela

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 3 - Capitulo 3


Fanfic / Fanfiction Eunice, a garota de olhos vermelhos. - Capítulo 3 - Capitulo 3

POV LINZY

_Eu acho que ela trabalha em um restaurante, agora fiquei curiosa._ Disse Linzy curiosa.

_ Imagine se ela tiver dois empregos? Seria bem louco._

_Coitada, não ia ter tempo para fazer nada._ Vi a Nice vindo já vestida para ir  andando a escola, já que era um pouco longe._ Vamos Nice?_ Disse a ela sorrindo.

_ Vamos né._

Fomos a pé para a escola, ficamos conversando  e a Nice comentou que umas garotas da nossa escola perseguiram ela.

_ Ué, por que?_ Falei com um ponto de interrogação no rosto.

_ Sei lá... Será porque eu chamo atenção?_

_Deve ser isso haha._ Disse Bryan rindo._Nice,  você trabalha num Maid café?_

_Que? Claro que não. Mais até me deu vontade de vestir aquelas roupas fofinhas de empregada._

Enquanto eles conversavam, eu fiquei pensando se minha mãe voltaria para mim, mas eu acho impossível pois ela me abandonou. Eu não fiz nada para ela que eu saiba. Meu pai disse que ela não me queria, talvez  seja isso.

_Olha Linzy, foram aquelas garotas que me perseguiram!_ Nice aponta sem vergonha. Quando pisamos na escola, desviei o olhar daquelas garotas.

_ N-nice, não aponta! E falta de educação._

_ Mal educada!_ Bryan fala brincando_

_ Eu não sou não._ Nice inflai as bochechas.

Entramos na sala e se separamos sentando na cadeira, mais o professor não parecia vir nunca.

POV EUNICE

_ Por que o professor está demorado tanto? Agora me deu mais vontade de ir embora, mesmo estando com preguiça._ Falo comigo mesma.

_ Tá falando com quem louca?_ Bryan fala rindo.

_ Comigo, qual é o problema? E proibido?_

_Falei nada._

_ Ninguém liga_ Continuo discutindo_

Ele ri e vira para frente, tem vezes que o Bryan me deixa com raiva mais ele e legal.

_ Gente cadê o professor? _ Um garoto sobe em cima da cadeira tentando ver se tem algum sinal do professor pela janela.

_ Vamos aproveitar e sair da escola!_ Uma menina fala_

O tempo todo estava olha pela janela ao meu lado, vendo a “paisagem”, quer dizer, a quadra. Uns garotos estavam jogando basquete.

_ ALUNOS! TEMOS UM ALUNO NOVO!_ O professor entra rapidamente e todos ficam que nem anjinhos.

Todo mundo começou a fofocar sobre o aluno novo, eu enquanto isso pensava que teria mais um para aturar na sala.

_ Pode entrar!_

O garoto entra e as meninas ficam loucas.

_ Esse e o Naruse Takumi, ele veio do Japão. Recebam ele bem!_

Bem, ele parecer ser calmo, mais de beleza ele realmente tem.

_ Sente se atrás da Eunice, a garota de olhos vermelhos ali atrás._

Ignoro o menino e abro um caderno para desenhar. A primeira aula era de matemática e hoje não estava tão disposta.

_Por favor abram na pagina 22 e façam até a 30_

A sala inteira fica revoltada, e eu respondi ao professor.

_ Ah, por favor! Deixa só três paginas!_ O professor tinha me ignorado_ YA! Não está me ouvindo, olha para cá!_ Falo isso com raiva enquanto a sala fica em silêncio.

_ Vá para diretoria agora!_ Ele fala apontando para a porta._ Pegue seu estojo e o livro e fique por lá!_

_ Vai procurar oque fazer.._ Falo baixinho mais ele escuta._

_OQUE?!_ Saio correndo da sala.

Claro que eu não iria para a diretoria. Eu resolvi fazer meu dever no banheiro. Entrei nele e tranquei a porta e fiquei sentada no vaso sanitário.  Tinha passado já 1 hora e eu ainda estava fazendo o dever, com a maior dificuldade. Recebi uma mensagem da  Linzy dizendo que  todos já desceram para almoçar, eu feliz fui correndo para a sala, deixei meu livro e o estojo na mesa e peguei uma garrafinha com suco de uva dentro e saio correndo de lá.

_ Comida, comida, comida, eu só consigo pensar nisso._ Falo sozinha.

Eu ouço as pessoas falando “ Ela e louca” “ Nossa, ela me assusta” e começo a rir.

Vejo os dois sentados  e vou direto a eles. Vejo muitas garotas perturbando o Naruse, típico. As escolas são assim, não pode nem entrar nenhum garoto bonito que elas ficam com fogo.

_ Oi gente, vocês estão vendo a quantidade de garotas ao lado dele?_  Eu aponto ao Naruse.

_ Não aponta que é feio._ Os dois falam juntos.

_Tá, eu já entendi._ Vou lá comprar um pão na cantina. Chego lá em tem uma fila enorme, me adentro no meio dessa fila e consigo falar com a mulher que atende._ Eu vou querer um pão de forma, quanto tá?_

_ Está 3 reais._

_Nossa._ Retiro os meus 2 reais do bolso._

_ Quer 1 real, eu tenho._ Naruse, simpaticamente, fala._

_ Por favor._ Ele me entrega e pede seu pedido para a mulher ao lado._

Dou o dinheiro do pão e ela me entrega ele. Dou uma mordida nele e vou direto para os dois que me esperam.

_ Oi gente._ Falo comendo meu pão.

_ Pão sem nada dentro?_

_ Qual é o problema Bryan?_ Falo olhando para ele.

_ Nenhum.. Por que você demorou tanto?_

_ Por que? Tem uma fila enorme ali._

_ Nossa, mais ela nem demorou tanto assim._ Fala Linzy rindo.

_ Eu furei a fila, hehe._

Eu olho para Naruse e vejo que ele estava bem desconfortável.

_Nossa, coitado do Naruse né?_ A Linzy fala dando um sorriso fraco.

_ Ele virou agora o ara o aluno mais popular da escola._  Comenta Bryan.

 

Vejo Naruse vindo para sentar conosco.

 

_Mais-_ Linzy me interrompe.

 

_Claro!_ Naruse sorri para Linzy, e puxo ela.

_Por que você me interrompeu hein?_

 

_ Nós temos que ser educadas para as meninas não darem uma voadora na gente._

 

_ Se elas me derem uma voadora eu puxo o cabelo delas._

 

_ Você tá louca?_

 

_ Pior que eu não estou não._

 

_ Oque houve meninas?_ Naruse pergunta.

 

_ Nada não._

 

_ Gente eu vi um moço que vende picolé ali em baixo, depois eu volto!_ Minto para eles.

 

_ Tá bom né._

 

Saio daquele lugar desconfortável, e fico andando pelos corredores, já que a escola e gigante. Pela minha sorte, não tinha ninguém, todo mundo estava lá em baixo no refeitório.

 

_ “Loser oetori

Sen cheokhaneun geopjaengi

Mosdoen yangachi

Geoul soge neon”_ Canto e a minha voz ecoa.

 

POV NARUSE

 

_ Será que ela foi mesmo comprar um picolé?_ Falo estranhando.

 

_ Claro que não. Ela só quis sair daqui._ Bryan me responde._ Do jeito que ela é, ela vai ficar por lá mesmo._

 

 _ Ok, gente depois eu volto._

 

Fui atrás dela por curiosidade, para ver se ela estava mesmo comprando  picolé. Vejo uma menina andando pelo corredor, não sei por que mais  lembra um filme de terror.

 

_ Eh, menina?_ Pergunto a ela.

 

_Oh! Naruse! Você mudou de ideia e agora quer ficar comigo?_ Não era a Eunice._

 

 Saio dali correndo quando me esbarro com uma outra garota. Só tem menina nessa escola?

 

_A-ai, desculpe-me._ Falo me levantando.

_ Aish, por que tem que esbarrar em mim?_ A menina era Eunice falando.

 

_ Você não foi comprar picolé._

 

Quando eu vi o sinal tinha tocado e ela correu.

 

EUNICE POV

 

Por que ele estava me seguindo? Agora além de ser chato ele é um stalkear? Chego na sala de aula, pego minha mochila e vou embora sem avisar eles.

Esse garoto me parece bem estranho.

 

 

 

 

 

 

 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...