História Eutanásia - Capítulo 23


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Fugaku Uchiha, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hanabi Hyuuga, Hinata Hyuuga, Hyuuga Hiashi, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Jiraiya, Kaguya Ootsutsuki, Kakashi Hatake, Karin, Kiba Inuzuka, Killer Bee, Matsuri, Mebuki Haruno, Metal Lee, Mikoto Uchiha, Minato "Yondaime" Namikaze, Moegi, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Orochimaru, Personagens Originais, Rock Lee, Sai, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Shikaku Nara, Shikamaru Nara, Shino Aburame, Shion, Shizune, Suigetsu Hozuki, Tayuya, Temari, TenTen Mitsashi, Tsunade Senju, Yamato
Tags Gaaka, Naruhina, Naruto, Nejiten, Saiino, Sasusaku, Shikatema
Visualizações 49
Palavras 1.846
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Escolar, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oiii Desculpa pelo cap curto.

Boa leitura!

Capítulo 23 - Chegada.


Neji povs on

Entrou dois caras vestidos em um terno branco e com duas metralhadoras na mão mirando na cabeça de Rian que ficou parado. Logo um som de toc toc se fez presente na sala. Era Maryy-chan ela estava com um taco de basebol nas mãos e tinham luvas pretas que pareciam ser de couro. Ela estava com um vestido rodado que vinha um pouco acima dos joelhos estilo macaquinho uma blusa de mangas compridas por baixo do vestido e uma meia calça grossa com botas de cano médio curto com saltos... arrasou na produção querida.

Tá agora a minha fala saio meio gay. Ela andou atentamente a frente parando do meu lado, seu olhar parou em Tenten amarrada que tinha o nariz sangrando, ela estava desmaiada.

-eu odeio esses clubesinhos de crianças que se acham gangster... Mais não passam de boquinha de fumo de esquina.

-como conseguiu entrar aqui?- Rian perguntou frio.

-um tirinho aqui outro ali... Foi bem fácil!- falou Maryy sorridente como uma criança inocente que me fez ter frio na espinha.- acho que você já sabe que vai morrer... A não ser que abaixe essa arma.

Ele foi abaixando a arma que estava apontada para mim... Não fácil demais... olhei para Tenten ao seu lado amarrada e inconsciente. Ele apontou a arma pra ela pronto pra aperta o gatinho e eu me joguei por cima da cadeira que foi ao chão. Três tiros ecoaram pelo local. Senti uma dor aguda e um líquido escorrendo pela minha blusa. Minha visão estava meio turva mais logo foi normalizando e uma dor forte que ia aumentando a cada segundo.

Olhei para o lado e vi o cadáver de Rian com dois tiros em cada olho provavelmente levou um tiro de cada cara que tinha entrado na sala com Maryy.


Duas horas depois.
Tenten povs on

Eu ouvi um barulho chato de bip... Mais perai no céu tem esse cheiro de hospital? Acho que senti algo ou melhor um calor na minha mão. Então eu não morri levei um tiro talvez... Mais eu deveria estar sentindo alguma dor aguda e não é isso que tá acontecendo só tô com o corpo todo dolorido. Abri os olhos com dificuldade. E vi Neji na minha frente sentado em um tipo de banco segurando a minha mão que no caso estava enfaixada.

-Tenten você está bem ? - ele perguntou.

Eu balancei a cabeça em concordância. Até aonde eu me lembre só levei umas bolachas e apaguei. Olhei para Neji ele estava com outra roupa. Ele usava uma tipoia.

-o que aconteceu?

-Maryy-chan apareceu bem na hora digamos que o Rian ia atirar em você e eu me joguei na frente da cadeira que foi ao chão por isso você torceu o pulso eu sinto muito...

-você tá brincando não é? - ele me olhou sem entender. - se não fosse por você eu teria levado um tiro sabe disso não é? Eu deveria estar morta então você não deve se desculpar. Eu que devo agradecer. E você está bem?

-sim só um tiro de raspão no braço... Tive muita sorte. Maryy já foi mandou melhoras.

- tô devendo uma a ela...- falei.

-Tenten...- ele me chamou.

-que? - falei.

-você não tá grávida, sabia? - oche.

-mais e claro que não estou de onde você tirou isso criatura?- falei meio alterada.


Gaara povs on

Enquanto Karin se vestia eu preparava alguma coisa... Quase chorei quando tive que jogar meu risoto fora... Eu fiz uma coisa fantástica e que qualquer jovem que mora sozinho tem que ter em casa... minhojo lógico. E o melhor so tinha daqueles de potinho.

Eu estava aguardando os três minutos do cozimento do minhojo encostado na pia enquanto pensava... O que eu mereci pra receber tantos vacos hoje? Vou tentar ligar mais uma vez pra aquela pessoa. Peguei o celular e disquei o número.

-alô? - perguntou a pessoa do outro lado da linha.

-Oi sou eu Gaara...

-eai Gaara tudo certo?

-preciso de uma ajudinha... Com uma pessoa...- falei.

-a claro por que eu tenho cara de Madre Teresa pra ficar ajudando geral agora ne?

-credo! - falei. Nossa que ignorância...

-foi mal tô de mal humor... acredita que a polícia levou meu carregamento de armas... da pra acreditar nisso... E o pior eu tô aqui agora em uma sala com o policial... Diz Oi Greg!

-(Oi ) - ouvi a voz masculina do policial. 

-Meu Deus você quer que eu ligue para alguém? - perguntei preocupado querendo ou não era só uma criança eu acho...

-não meu papis vem me pegar eu tenho que ir amanhã eu te ligo vai começar o clube das winx.- eu ainda pode ouvir um grito dela- Greg trás a pipoca o clube das winx vai começar!!!

(Sei que você vai querer ser uma de nós. Winx quando damos nossa mão nos tornamos poderosas por que juntas somos invencíveis! )

Desliguei o telefone morrendo de rir... O policial também tava cantando. Fui mecher os minhojos para conferir se estavam bons.

-sei que você vai querer ser uma de nós...- cantarolei sem perceber.

-Gaara se tá cantando a música de abertura do clube das winx?- levei um susto que fez com que Karin desse altas gargalhadas.

Acabei rindo um pouco também tenho que admitir foi engraçado. Depois de comermos assistindo acreditem ou não doce vingança escolhido por Karin. Estava na hora de dormir, pelo menos eu Tava caindo no sono. Olhei para Karin ela já estava adormecida no sofá. E como meu último ato de cavalheirismo hoje a peguei nos braços e a levei até seu quarto quando eu a coloquei na cama quando eu ia a soltar ela segurou meu braço e falou :

-fica comigo por favor!- ela falou.

Eu acenti e deitei do lado dela, porém nenhum toque eu iria dar... Eu estava meio que petrificado. Ela se virou para mim pegando um de meus braços e o abraçou como se fosse a tábua da salvação. Eu resolvi a abraçar podem me chamar de mole e fazer ships sobre nós...

E assim nos dormimos.


Temari povs on.

Eu e Shikamaru estávamos no maior bem bom quase chegando aquele ponto interessante. Quando ele estava levantando minha blusa a campainha tocou. Obviamente levamos o maior susto.

-tá esperando alguém? - ele perguntou.

-não...- respondi.

Quando eu abri a porta dei de cara com uma menina que deveria ter uns 18 anos. Ela era loira como eu e olhos verdes escuros, de certa forma se parecia comigo. Ela estava com duas malas, e vestia uma calça de cintura alta preta e que tinha uns rasgadinhos e uma regata branca com um casaquinho leve por cima na com roxo claro.

-acho que você errou de endereço. - falei fechando a porta na sua cara.

Logo o telefone fixo da sala começa a tocar e o Shikamaru atendeu com aquela expressão de preguiça.

-alô?- ele falou. - vou passar pra ela!- ele virou o telefone pra mim e eu peguei.

-alô? - falei.

-Oi querida liguei pra saber se a Akeno chegou - era tia Charlotte.

-Akeno ia chegar hoje? - perguntei incrédula como o tempo passou rápido.

Peguei um calendário que estava na estante e conferindo realmente era hoje que ela chegava... Minha mente foi até a porta aonde a menina com duas malas estava eu sai correndo de volta para a porta aonde Akeno estava com um semblante irritado.

-sim ela chegou sim.- falei desligando e encarando minha prima com um sorriso amarelo.- Akeno como você está?

-com frio né! Você me deixou aqui na rua...

-Desculpa eu não te reconheci  você deixou de ser nanica quer dizer... Cresceu...

Logo eu a ajudei com as malas e entramos. Akeno iria fazer Biologia na minha faculdade ela morava na minha cidade natal Suna. Quando eu a ajudei a entrar ela parecia mais calma. Olhei para o sofá aonde Shikamaru já dormia... denovo...

Hinata povs on

Eu estava me preparando para sair. Só estava esperando o Naruto , ele insistiu em ir comigo buscar a minha prima que igualmente como Temari chegaria hoje para fazer sua faculdade de direito. Ela vinha dos Estados Unidos. Era para Neji ir buscar ela mais ele me ligou falando que tinha compromissos... A campainha toca e fui abrir a porta era Naruto. Ele estava com uma calça jeans e uma blusa da polo na cor azul claro e uma jaqueta por cima. Lindo meu loirinho!

-Oi princesa! - ele falou me dando um beijo.

-Oi príncipe!- falei retribuindo.

Fomos para o aeroporto esperando Sara. Logo eu a avistei ela estava com um vestido preto uma calça arrastão e contornos pretos. E estava com um chapéu logo que ela me viu correu pra me abraçar.

-Hina quanto tempo! Como você tá?

-tô bem e você como tá? 

-Estou bem e louca para conhecer a faculdade!

Suspirei... Se ela soubesse o bando de piranhas quer dizer putas quer dizer garotas fúteis que tem lá aposto que iria querer voltar para os Estados Unidos. Pelo menos eu não iria nem se quer ter botado os pés lá... Mais tenho que admitir que tem seus lados bons... Por exemplo as meninas e meu quase namorado...

-Oi meu nome é Naruto Uzumaki.- Naruto se apresentou.

-Meu nome é Sara Hyuuga...- ela estreitou os olhos para Naruto.- o que você é da Hina?

-a E-eu sou o futuro namorado.

-o por que você acha que pode ser namorado da Hina? Quem você acha que é? - ela falou raivosa.

Sara era super ciumenta principalmente comigo e com Neji. Naruto ficou roxo e eu tive que segurar a risada e que foi quase que impossível.

Jota povs on.

Conheci Óbito Uchiha meu chefe a 4 anos desde o dia que eu estagiei na empresa dele ele mostrava o quanto amava sua querida filha Maryy. Eu nunca cheguei a conhecer pessoalmente só algumas fotos de quando ela era criança. Pelo que Óbito me falou ela tinha a minha idade. Parece que a princesinha foi presa ontem o que fez meu chefe pagar dobrado pra mim só pra dar uma de segurança da filhinha. Ou seja ela apronta eu deduro, e o melhor ainda vou fazer a faculdade sem preocupação nenhuma.

Acabei de chegar na casa que e uma mansão enorme. E ouvi gritos de meu chefe ele estava dando uma dura na menina que estava sentada de costas para mim.

-você ainda vai formar alguma gangue sem a minha autorização ?

-não papis...

-você vai sair dando tiro em geral? - ele perguntou.

-não papis...

-você ainda vai matar alguém?

-não papis...

-vai compra armas sem autorização?

-não papis...

-ok. Agora você está de castigo e eu contratei um segurança pra ficar de olho em você! Quero que conheça o Jota!- ele falou apontando pra mim que já estava de saída quando ouvi tudo que a mimadinha que parecia ser das quebradas tinha feito.

Quando eu olhei fiquei estático nunca que aquela menina iria ter 18 anos a cara era de no máximo 14... Algo de errado não está certo...


Continua...


Notas Finais


Espero que tenham gostado e obrigada aos que me mandaram os personagens e para os outros que querem mandar infelizmente por agora não há mais vagas mais quem sabe mais na frente...

Comentários?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...