História Eu,Um Meio-Demônio - Capítulo 7


Escrita por: ~

Exibições 17
Palavras 602
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Esporte, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Harem, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Saga, Sobrenatural, Super Power, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Cross-dresser, Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Mutilação, Necrofilia, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Self Inserction, Sexo, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


O Tempo não me deixa escrever
Mas acho que nas férias teremos mais postagens
Boa Leitura

Capítulo 7 - Maldição e Hospitalização


Fanfic / Fanfiction Eu,Um Meio-Demônio - Capítulo 7 - Maldição e Hospitalização

Narrador[ON]

 

A Vida de Alisya estava em perigo...

Uma humano normal não sobreviveria tanto dano na região das costas...

O Sangue de Enzo escorria pela pele de Enzo era diferente dos demais...

O Liquido Rubro e grosso vinha das costas de Alisya,ele escorria para os Braços de Enzo e fazia do Meio-Demônio um alvo fácil para os olhares na rua...Além,é claro,da alta velocidade da qual ele corria...

Ao chegar na frente de um Hospital,O Corpo de Enzo se encontra com o Chão,mas antes ele consegue deixar o de Alisya seguro na frente da porta do Hospital...

Logo alguém percebe os Dois no chão e levam eles para dentro do Hospital...Enzo é posto em uma cama e é observado por alguns enfermeiros,Alisya,porém,foi levada para a emergência e posta em uma Mesa de Cirurgia...

Algumas vezes Matoka falava com Enzo,mas ele não respondia:

-Ei,humano...Acorda...Acorda,Filho da Puta!

Mas nada adiantava...

Em uma Hora,Enzo abre os olhos,coloca os óculos,ainda estando com roupas cheias de Sangue e olha pela Janela do quarto...Lá ele vê um carro com três pessoas descendo,eles estavam armados com SMG's e ele sabia quem eram aqueles homens...

Enzo abre a janela do quarto,mesmo sendo no terceiro andar,ele deixa o medo de lado,mais um vez,para derrotar um inimigo que era mais forte que ele,porém ele não desistiria contra aqueles que lutavam pela injustiça...

O Meio-demônio pula pela Janela,caindo em cima do Carro deles...

O Sangue de Enzo Pingou na lataria escarlate do carro esportivo...Os homens olhavam para Enzo com ódio e Enzo olhava com os olhos vazios para a caçamba do carro...

Os Homens não se importam muito com Enzo,Miraram as SMG's para o Hospital e começaram o Plano deles...

Um Massacre na sala de espera...

Mas o Meio-Demônio não ia deixar as coisas acontecerem daquele jeito...Ele correu para a frente dos homens,estendeu os braços e bloqueou a passagem...

Os homens se entreolharam e começaram a disparar em Enzo...Este começou a resistir aos tiros,continuando de pé,até que não pudesse mais...

Ele então arrasta-se,com os pés no chão,até os homens e começou a proferir palavras sobre eles enquanto derramava sangue por todos eles:

*Rubrum Acus Artem*

O Sangue começa a entrar no corpo dos homens...Até que este começa a ser perfurado pelo sangue que entra e Sai em alta velocidade e pressão...

Os homens começam a correr para o Carro,mas percebem,no meio da viagem de fuga que o carro estava com o motor perfurado,e não só isso,mas quase pegando fogo...

Enzo se vira para a porta do hospital,abre a porta,em meio a um som de explosão e Aplausos...

O Jovem Meio-demônio cai no chão sangrando e uma equipe de enfermeiros o leva de volta para o Quarto...

Algumas horas depois,Enzo acorda e pergunta:

-Onde está Alisya?!

Um enfermeiro se assusta e diz:

-A-Alisya?Esse é o nome da garota que veio com você para--

-Sim!Onde ela está?Como ela está...

-Ela está na cama,descansando...A Cirurgia deverá ser adiada...Estamos com falta de bolsas de sangue do tipo A+ então...Temo que teremos que--

-Use o meu Sangue... - Enzo diz sem pensar

-M-Mas,você perdeu muito,senhor se você...

-O Meu tipo é O-,eu não ligo se eu ter que morrer para salvar ela...Apenas salve ela...

-E-Entendo,Senhor...

Logo,extraíram o Sangue de Enzo e prepararam a cirurgia de Alisya...

Enzo Teria salvado-a...Porém naquele dia,Enzo na verdade Matou Alisya,No meio da cirurgia...Matou de tal modo que os dez doutores que tratavam da cirurgia se traumatizaram com o que aconteceu...

Naquele Dia Enzo tinha matado um inocente e sabotado um Hospital pequeno com 12 doutores e 20 enfermeiros...

O meio-demônio não esqueceria daquela maldição que iria persegui-lo para todo o resto de sua Vida...


Notas Finais


Obrigado por lerem
Comentem e Divulguem :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...