História Evanescence - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias The Vampire Diaries
Personagens Bonnie Bennett, Caroline Forbes, Damon Salvatore, Elena Gilbert, Elijah Mikaelson, Finn Mikaelson, Jenna Sommers, Katherine Pierce, Matt Donovan, Rebekah Mikaelson, Stefan Salvatore
Tags Romance
Exibições 3
Palavras 874
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Tortura
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


voltamos com mais um capitulo, espero que gostem...
então vamos a leitura<3

Capítulo 2 - Por Katherine


Fanfic / Fanfiction Evanescence - Capítulo 2 - Por Katherine

~~POR KATHERINE~~

Não estou aqui para reclamar da minha vida, mas vai por mim é tão ruim ser o que sou, não estou abusando da sorte, mais não me sinto feliz a ponto de achar tudo em minha vida normal, por que sou Katherine Petrova amor, nada do que faço é normal.

Venho de uma família Real, que a séculos brigam pelo poder, não pensem que estou me achando a última Coca-Cola do deserto, mais quando se há responsabilidades não temos como escapar, mais é isso que tento fazer, quando vejo possibilidades.

Katherine: Ah! Não amola babá...-digo tirando meu vestido para tomar um banho no lago.

Babá: Minha menina, não faça isso, você vai me colocar em apuros com seu pai...-diz tentando me impedir.

Katherine: Olha babá, deixa que com meu pai eu me resolvo, só me deixe fazer o que quero primeiro, não me amole, se você quiser pode ir embora, por que eu sei cuidar muito bem de mim mesma...-digo já começando a entrar no lago.

Babá: Menina não faça isso...-diz preocupada.

O momento que me sinto mais livre é esse, sempre venho nesse bendito lago, é o meu local preferido, aqui ninguém me encontra, é o meu local de silencio e aconchego, nem mesmo meu querido pai sabe que adoro escapar para este local, por que se soubesse mandaria uma escolta para vigiar meus passos, como se eu precisasse disso.

Babá: Menina venha, seu pai deve estar preocupado com a nossa demora...-diz aflita.

Katherine: Calma babá, você age como se fosse a primeira vez que fizesse isso...-digo irônica, amo essa chata medrosa.

Babá: Seu pai me puni se descobrir o que sua linda filhinha anda fazendo...-diz segurando minhas roupas em mãos.

Katherine: Ai babá, ele só vai saber se você for abrir essa sua boca, que com certeza vai ficar bem fechadinha né babá...-digo mergulhando mais fundo no lago, é incrível a textura das aguas, as aguas são verdes como esmeraldas reluzentes, e limpas como a pureza do ar que não podemos observar a olho nu, e correntes como a brisa que semeia a manhã, isso é incrível, nem eu mesmo consigo resistir a beleza deste lugar, o impacto sobre mim é intenso, nem eu mesmo consigo descrever tamanha beleza.

Logo me retiro do lago, e vou em direção a minha babá querida, me visto e logo vamos embora dali, mais parte meu coração deixar esse lindo lugar de liberdade, e voltar para os muros do castelo onde vivi a minha vida inteira aprisionada sem poder se quer me divertir como essas lindas plebeias da aldeia. Na minha posição, era elas que teriam que me invejar, mais o que elas esperariam de tanta riqueza? Viver trancafiadas em um misero castelo? Claro que não, com certeza continuariam sendo o que são para terem mais liberdade. Ali está a minha prisão, o Castelo Franco, com certeza meu pai está a minha espera, para conversarmos sobre o mesmo papo chato de sempre, o “Casamento”.

Adentro o castelo, com ar de desaprovação, eu não queria ficar ali, mais é o jeito voltar.

Babá: Corra menina, vá se trocar antes que vosso pai veja sua situação...-diz aflita.

Katherine: Enrola ele babá, enquanto pode...-digo subindo os degraus rumo ao meu aposento.

Adentrei em meu aposento, fui logo me lavar, ao sair, vesti o vestido que meu pai me deu na véspera do meu aniversário de 18 anos e logo desci, esperando meu pai no lugar de sempre, no jardim do castelo, sorte minha meu pai não ter sentido a minha falta durante a minha ausência do castelo.

Elijah: Minha belíssima filha...-diz empolgado.

Katherine: Diga meu pai...-digo não gostando de sua empolgação.

Elijah: Seu noivo chega no Reino Franco em duas semanas, ele está maravilhado com a notícia de que você minha belíssima filha já tenha se tornando uma mulher e quer conhece-la imediatamente...diz sorridente.

A olho espantada com a notícia, minha liberdade será tirada de mim mais rápido do que pensei.

Katherine: Meu pai, não acha esse encontro precipitado demais! -digo meio angustiada.

Elijah: Minha princesa, isso é uma ótima notícia, isso mostra o quanto esse cavaleiro esta interessado em vossa pessoa...-diz segurando em meus ombros.

Katherine: Meu pai, sei que devo obedecê-lo, mais não me sinto preparada para uma relação assim as pressas...-digo me direcionando ao canteiro do jardim.

Elijah: Filha, eu só quero garantir a sua felicidade e principalmente a sua segurança, casando-a com um rapaz que possa te dar o que você já está acostumada a receber de seus pais...-diz amavelmente.

Sei que a intensão do meu pai é a melhor, mais não posso aceitar casar com um rapaz que nem ao menos conheço, nunca irei aprender a amá-lo, nunca irei entregar o meu coração a um rapaz que não me satisfaça como mulher romântica que sou.

Katherine: Não irei me casar meu pai...-digo séria.

Elijah: Katherine Petrova, você não tem escolha, irá se casar com o pretendente de minha escolha...-diz meio enfurecido.

Katherine: Não irei papai...-digo saindo correndo dali, e me direcionando aos meus aposentos, deitei em minha cama e iniciei o meu lamento, chorei, por que não tenho escolha, minha vida já é programada pra uma pessoa que nem ao menos tenho o conhecimento, não irei me casar sem amor, não mesmo.


Notas Finais


o que acharam pessoinhas?
ate a próxima bjinhos<3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...