História Even if they judge - Capítulo 27


Escrita por: ~ e ~tayland

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Exibições 62
Palavras 693
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


relou
sou eu ♥

Capítulo 27 - STALKER Yoongi e mais choro


Fanfic / Fanfiction Even if they judge - Capítulo 27 - STALKER Yoongi e mais choro

P.O.V JEON

Estávamos na hora do intervalo, fui almoçar no refeitório. Quando chegou uma cavala chamada YuRa se achando o último pote de Nutella do mundo.

-Cheguei mundo! YuRa diva is back! Deem bom dia para a flor do dia. –Quê?

-Está muito feliz para quem estava em um hospital né?! –pronunciei-me.

-Oi biscoito lindo, maravilhoso do meu coração. –hum suspeito.

-O que você quer? –perguntei.

-Vem comigo. –nem esperou eu falar e saiu me puxando para o terraço. –Olha eu... O stalker voltou.

-Para de brincadeira Yura Do Hyung está preso. E se você me chamou só pra isso... –estava caminhando em direção à saída.

-Não! É sério João. Olha. –ele me mostrou a mensagem que havia recebido.

-Tá e daí? E o que eu posso fazer hum? –perguntei encarando-a.

-É que eu achei que como você me ajudou uma vez poderia me ajudar novamente. Besteira não é... –agora que parei para prestar atenção eu acho que conheço aquele número. – Então me desculpe por...

-Shii, me empresta o celular. –peguei o celular de suas mãos e digitei o número no meu celular que não me era estranho. Quando apertei o botão ligar apareceu o nome da pessoa e eu me assustei.

-O que foi JungKook O que aconteceu? –coloquei o dedo indicador na dela fazendo um sinal de silêncio quando atenderam a minha ligação. –Alô? Alô? JungKook? QUE FOI? –perguntou a pessoa do outo lado da linha.

-Não foi nada, número errado. Desculpe. –falei.

-Jungkook o que você... –não o deixei terminar e desliguei o telefone.

-O que foi João? Quem era? –perguntou curiosa.

-Ninguém ok? Não precisa se preocupar! Pode deixar que eu cuido de tudo. –E saí correndo do terraço deixando a Yu com cara de “Who?” Cadê a novidade?!

 

P.O.V YURA

Mas porque todo mundo me deixa plantada sem entender nada?! Após, Jungkook sair do terraço desci também indo ao refeitório em busca de comida e de Taehyung. Encontrei  os meninos em fila, Jimin e Jin estavam na fila pela terceira vez.

-Aish Yu. –expressou-se Jimin revoltado. –Isso não é justo eu aqui pegando a fila honestamente e você vem e corta. –falou. Jin também me olhou revoltado.

-Jiminzinho oppa, love, mozão, amor da minha vida, você está na fila pela terceira vez, o que custa você me deixar ficar na fila hun? Ein Oppa? –tentei fazer uma carinha fofa, mais acho que saiu mais parecido com a Samara acabei rindo.

-Ownt custa minha felicidade e minha barriga cheia. –aish que baleia arrogante.

-Ok. –fiz carinha de choro e saí da fila.

-Ah não Yu! Não fica assim eu deixo você ficar sim. –R$R$R$

-Ah Jiminzinho, mozão, Oppa, baleia do mar, te amo ne?! –falei brincando, dando beijinhos em seu rosto todinho enquanto ele não parava de sorrir até ver um JungKook e um Taehyung com cara de quem come jiló pela primeira vez.

-Mais que porra está acontecendo aqui?! Yura, separa, separa agora. E você free willy fique longe dela se não eu arregaço esse focinho que você chama de cara. –Ah mais não vai mesmo.

-KIM TAEHYUNG, você se cresce se eu estou com você é porque eu gosto de VOCÊ. Agora se você não confia em mim e muito menos no seu próprio AMIGO é melhor mesmo terminarmos porque eu não quero ficar com alguém do meu lado que acha que eu vou trair ele com a primeira pessoa que passa ao meu lado!. –DROGA! Saí andando para fora do refeitório recebendo olhares alheios. Desisti de comer.

Na saída esbarrei no Suga, já estava esperando piadinha, mas eu não estava muito bem então só iria ignorar.

-O que foi YuRa? Colocaram cruz e água benta no refeitório pro diabo fugir? –não respondi.

-Desculpa. –foi tudo o que eu disse.

-O quê? Não vai me xingar, gritar, bater? –neguei. –O que você... –comecei a chorar e o abracei. De primeira ele tentou me fazer desgrudar dele, mas quando percebeu que eu não iria soltar ele retribuiu o abraço. Coloquei a minha cabeça em seu peito e chorei mais alto começando a soluçar, acabei molhando a camisa dele.

Droga... agora eu vou ser zoada pelo resto do ano.


Notas Finais


relou
tiau~~~~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...