História Ever Since Paris. (ziam mayne!) - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Ed Sheeran, Fifth Harmony, Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, One Direction, Zayn Malik
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Ed Sheeran, Harry Styles, Lauren Jauregui, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Normani Hamilton, Personagens Originais, Zayn Malik
Visualizações 32
Palavras 263
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Ficção Científica, Romance e Novela, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


hey bebês, tudo bem com vocêês?

não se assustem com o tamanho do texto, mais tarde ou até amanhã eu posto mais.

xx

Capítulo 3 - {trois. lettre à Zayn.}


Zayn Malik,


Talvez fosse tarde para dizer o quanto eu esperei por uma ligação ou qualquer sinal de sua existência. Talvez fosse tarde demais para dizer que você é o dono do meu coração e que o tempo não apagou você da minha vida.


Eu voltei há Paris este ano e não encontrei você lá, não encontrei você lendo aquele clichê horrível e com o copo de café amargo em suas mãos. Eu sentava todos os dias no mesmo banco ao pôr do sol e lembrava-se de seu sorriso marcante e nossas juras de amor.


Eu hospedei no mesmo hotel e por incrível que pareça no mesmo quarto onde fizemos amor e o ar condicionado no quinze. Eu lembrava da sua pele perfumada e toda nua, dos seus sorrisos e das piadas mais sem graça que você contava.


Bêbados e loucos por amor. Nos ficamos assim por vários dias e a ressaca chegou agora, a saudades de nós dois e dos ‘’eu te amo’’ indiscretos.


Eu chorei, Zayn. Por dias e semanas ao ver aquele colar tão lindo que você me presenteou antes de eu partir. Eu lhe devo explicações do por que eu fui embora e só deixei um bilhete para você.


Reencontrar você foi à melhor sensação de toda minha vida, eu tenho observado você em todos os cantos da faculdade e você não esboça mais aquele sorriso grandioso seu. Por quê?


Doce Zayn, você não sabe o quanto o seu sorriso é lindo! Volte a sorrir, por favor.


Encontre-me no estacionamento assim que acabar o horário de almoço.


De seu, Leeyum.






Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...