História Adventure Of A Lifetime - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias Coldplay, Grey's Anatomy
Personagens Chris Martin, Guy Berryman, Jonny Buckland, Personagens Originais, Will Champion
Tags Chris Martin, Coldplay, Drama, Romance, Sexo
Exibições 25
Palavras 1.980
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Hentai, Mistério, Musical (Songfic), Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Esse cap tá muitoooo emocionante , chorei .
Aproveitem a leitura <3


Músicas para o capitulo

Gravity - Coldplay

Capítulo 14 - Gravity


Fanfic / Fanfiction Adventure Of A Lifetime - Capítulo 14 - Gravity

Acordei com Chris , Greta e Dave ao meu redor . Chris me chacoalha em seus braços , implorando para que eu abra os olhos.

Ao abrir meus olhos , Dave esta com um pano cheirando a perfume no meu nariz .

- Chris , ela tá acordando – Dave tenta acalmar Chris

- Amor , olha pra mim! Olha pra mim , Olivia ! – os olhos de Chris estão cheios de lagrimas.

- Amor !! – ele me sacode ,eu estou grogue e não consigo responder a Chris

-Põe ela na cama Chris – ordena Dave

Eu fui posta na cama e de repente minha respiração se normaliza , Chris pediu que todos saíssem do quarto e eu vejo ele parado com os braços cruzados olhando pela janela. Eu finalmente consigo falar algo , minha voz está rouca

-Chris! – ele corre em direção a cama

- Santo Deus , finalmente você falou!- ele senta e segura minha mão com cuidado.

- Você está bem ?  Um medico está vindo para te examinar

- Sua mão tá bem ? – eu falo olhando para a mão machucada após os socos que ele deu em Eric.

- Sim , estão bem – Chris me puxa para um abraço amoroso.

- Chris , eu estou bem . Foi apenas um susto – eu tento acalmar o coração dele que bate como se fosse explodir.

- Eu não consigo me imaginar sem você , Olivia! Essa noite eu achei que eu iria te perder , eu quase matei aquele filho da puta! –ele continua a me abraçar

- Está tudo bem , fique calmo. Eu estou bem- eu fico de frente para ele.

- Eu não entendi como ele obteve meu endereço e como ele entrou aqui.

- Gwyneth , ela ajudou Eric – eu falo com raiva

- Como pode? – Chris está com o sangue fervendo

- Ela me mandou uma mensagem , veja meu celular

Chris procura e checa meu celular e confere que é mesmo o telefone da Cobra Paltrow .

- Dave!!! – Chris grita e Dave entra pela porta

- Veja essa merda! – Chris mostra o celular para Dave

- Porra! Porra! Porra! – Dave pega meu celular e sai porta a fora com Chris.

Eu levanto da cama e vou em direção a porta , Eric não está mais lá . Tem uma equipe de seguranças fazendo uma varredura e Chris está com seu pai na linha.

- Jenny já está no hangar com as crianças, o jato parte em 10 minutos . Obrigada pai .- ele desliga a ligação e eu estou parada no corredor .

Chris chama Dave e dá algumas instruções , rapidamente ele volta em minha direção.

- Venha Olivia , para o quarto , já. – ele me leva em direção a suíte principal .

- Cadê o Eric? – eu pergunto

- A policia já levou aquele delinquente ! não se preocupe – ele me senta de novo na cama.

- As crianças vão pra casa do meu pai em Londres , mandei reforçar toda a segurança . Seu pai está vindo pra cá –ele avisa , agora com a voz mais calma

- Como você tem o numero dele? – eu estou surpresa

- Não foi difícil conseguir , Dave cuidou de tudo . – ele senta do meu lado e me puxa para um confortável abraço.

Eu ainda estou em choque e eu consigo fazer com que meu ar volte , eu começo a  chorar compulsivamente e Chris chora junto de mim, estamos agarrados como se aquilo fosse nosso fim .Toda nossa dor , vem junto de nossas lagrimas . A cada flash eu  me agarro mais forte ao Chris.

Chris se solta e ficamos deitados um de frente para o outro. Após um longo suspiro , ele me encara.

- Por favor , não me deixe – aqueles lindos olhos que uma hora estava tão alegre , agora só tem dor e  desespero.

- Não deixarei – eu encosto minha testa contra a dele .

-Daremos um jeito , eu prometo – ele tenta me acalmar e minhas lagrimas acabam .

- Chris , olhe pra mim – eu levanto a sua cabeça

- Eu não vou te deixar , você me salvou .- eu beijo Chris como se aquilo fosse apagar tudo de ruim que eu estava sentindo.

Nosso universo paralelo começa a renascer das tantas lagrimas que deixamos cair sobre a cama . Nossos corações começam a bater com calma e nossa sanidade parece retornar após esse trauma e todo esse terror.

Não sei por quanto tempo ficamos assim , fechei meus olhos por alguns segundos e quando os abri Chris está parado sentado em uma poltrona que fica em frente a cama .

- Eu me acalmo te vendo dormir – ele fala de maneira doce e parece ter tomado banho .

- Que horas são ? – eu pergunto

- Quase 00:00 , seu pai está na sala – ele se aproxima e beija minha testa.

- Eu preciso de um banho primeiro. – eu aviso , me levanto da cama.

- Eu avisarei a ele – Chris sai do quarto e eu vou em direção a meu banho.

                                                                       *

Eu estou de moletom e com uma blusa do Chris , estou de rabo de cavalo . Me vi no espelho e parece que envelheci 10 anos por conta do choro. Eu vou em direção a sala e estão sentados meu pai , Luke , Chris , Dave e Jhonny.

Meu pai se levanta , assim como Luke e ambos me abraçam . Eu finalmente me senti segura , após Chris me acolher e agora com meu pai e Luke , me sinto bem de novo.

Meu pai me senta junto a ele e Luke e todos estão a me olhar

- Chris , quais medidas vocês tomaram com aquele demônio ? – meu pai está sério

- Luiz , a policia o prendeu mas acho que isso não adiantará – Chris me olha com amor.

- Esse maluco tem que ser internado ! – Luke está realmente irritado.

- Eric estava sendo monitorado 24 hrs por dia , já até tinha uma namorada . Não entendo o porque dele ter vindo atrás da minha filha – meu pai parece ter tido precaução.

- Gwyneth se juntou a ele , ela está com problemas – Chris parece envergonhado

- E seus filhos ? Estão seguros? – nunca imaginei essa resposta do meu pai , normalmente ele já teria mandado socar o Chris por ter me posto em perigo.

- Já os embarquei para a casa do meu pai em Londres, a segurança foi toda reforçada. – Chris responde

- Já estamos com um pedido de guarda total para o Chris , estamos esperando o advogado conseguir a assinatura do Juiz plantonista  - Dave revela.

-Chris , eu não quero minha filha em perigo ! Se você acha que sua ex-mulher irá coloca-la em perigo eu tomarei minhas próprias providencias , já chega de ameaças a vida da Olivia – ele está começando a se exaltar.

- Ela não será um problema , minha ex sogra já sabe de toda a situação e está internando Gwyneth agora mesmo em uma clinica psiquiatra. – ele responde

- Olivia , você quer ir pra casa? – meu pai é categórico

Chris parece com medo e eu lembro do pedido que ele me fez alguns minutos antes.

- Não pai , eu vou ficar e seguir meu plano inicial – eu digo e meu pai parece ter levado um tapa na cara

- Que segurança ele irá oferecer a você ? – ele está de pé falando comigo como se eu fosse uma criança

- Veja papai , eu ficarei. Você pode me ajudar na segurança ? – eu tento tirar a atenção do meu pai

-Filha , Deus sabe se te acontecer alguma coisa ! – ele fecha os olhos e abre

- Não vai pai ! – eu fico de pé e o abraço.

 

Chris se aproxima de nós dois

- Sr. Vergara , dou a minha palavra que seguirei todas as suas recomendações , ponha quantos seguranças achar necessário e me diga o que fazer . –Chris está serio.

- Tudo bem , o meu chefe de segurança está ai fora e ele fará todos os planos de segurança de você e de todo grupo! – meu pai é taxativo .

- Dave , verifique isso por favor ! – Dave sai , sendo seguido por Jhony.

- Obrigada Sr Vergara – Chris se afasta e sai em direção a cozinha.

Meu pai se volta a mim.

- Filha , você tem certeza disso ? – ele está preocupado

- Tenho pai , eu estou bem – Luke e meu pai me abraçam e meu pai vai em direção ao escritório de Chris .

Luke alivia o ambiente pedindo que eu leve ele até o quarto do Chris , eu rio e indico o quarto , vamos até o quarto e Luke se joga na cama

- Ai minha nossa , é aqui que aquele Deus grego dorme – e eu começo a rir do fanatismo do Luke

- Para com isso Luke ! Levanta dai ! – eu estou gargalhando

- Aonde é a gaveta de cuecas ? – ele é um palhaço

- Você tá falando do meu homem ,bitch! – começamos a rir descontroladamente .

Eu abro as portas grandes de vidro que dão para a piscina .

Eu e Luke ficamos um tempo sentados com os pés dentro da piscina , rindo de outras coisas engraçadas que Luke solta e que me fazem esquecer toda aquela coisa de minutos antes .

Somos interrompidos pelo meu pai que chama Luke para irem embora , papai se despede de mim e agradece a Chris .

Eu continuo com os pés na piscina enquanto Chris se senta em uma das cadeiras de piscina .

Dave e Jhonny se sentam e começam a discutir sobre os planos para a viagem, mantenho quieta por toda a conversa.

Jhonny irá dormir na casa do Chris , Greta preparou um quarto pra ele. Dave se despede de todos e avisa que o carro virar nos buscar as 10:00 da manhã.

Finalmente estou sozinha e Chris aparece e se senta ao meu lado .

- Amanha será um dia melhor – ele segura em minha mão

- Eu prometo – ele me beija e eu sinto um alivio tão grande.

- Eu gostaria de ir para a cama agora – eu sinto minhas pálpebras pesarem .

- Então vamos – ele me ajuda a ir para dentro .

Uma vez que estamos dentro do quarto Chris deita ao meu lado da cama , depois de escovarmos os dentes e começa a cantarolar uma música . Ele levanta da cama e diz :

- Eu preciso testar uma coisa -e sai em direção ao piano da segunda sala.

Eu não me mexo pois estou cansada mais escuto uma melodia linda vindo do piano e isso acaba me ninando.

Chris me acorda , ainda é noite ele quer que eu vá até a sala, eu levanto sonolenta abraçada a ele , me sento em um sofá branco que fica próximo ao piano e Chris começa a tocar aquela melodia de antes só que agora tem uma letra.

Vejo papeis riscados por todo o chão , ele estava compondo.

Ele toca olhando fixo pra mim , parece até que já toca ela há tempos. Eu me levanto e fico em pé e ele para de tocar

- Gravity , é o nome dessa música – ele fala olhando para o piano

-  É linda – eu me aproximo e beijo delicadamente Chris

- Você gostou ? – ele pergunta

- Adorei , você é incrível – eu me sento sobre ele e ficamos abraçados .

Chris me carrega para o quarto e voltamos a nossa pequena fortaleza , deitamos abraçados enquanto Chris me mantem junto a ele cantando trechos da recém feita Gravity. E eu só consigo escutar o final das palavras adormecendo no conforto daquele abraço.


Notas Finais


Obrigada <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...