História Everlasting Love (G!p) - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony, Liana Liberato, Tyler Blackburn
Personagens Demi Lovato, Dylan O'Brien, Keegan Allen, Lauren Jauregui, Liana Liberato, Troian Bellisario
Tags Hot Lésbico, Intersexual, Lauren Jauregui, Liauren, Romance
Visualizações 47
Palavras 1.428
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Orange, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Cap 5 como prometido!!


Queria me desculpar pelos séculos de ausência, aconteceu umas coisas e grande parte delas me fez até esquecer que tinha uma fic! Mas ontem decidi seguir em frente com tudo e aqui está mais um cap a vocês! Obrigada pelos favoritos e comentem por favor ❤❤❤

Capítulo 5 - Five


Fanfic / Fanfiction Everlasting Love (G!p) - Capítulo 5 - Five


POINT OF VIEW: LIANA LIBERATO

7:00 a.m - Segunda-feira

Acordo com o barulho irritante do meu despertador, sorrio ao lembrar que Lauren estava mais uma vez comigo, olho para o lado na esperança de encontra-la e meu sorriso se desfaz assim que encontro a cama vazia, ela sempre faz isso. Desligo o o despertador e suspiro olhando para o teto.

Estamos juntas há três semanas e tem sido as melhores três semanas da minha vida, como todo início de relacionamento! Mas esse definitivamente é diferente de todos, a cada dia que passa eu me apaixono cada vez mais pela minha amiga-namorada. Ainda não me arrependi de ter dado uma chance a esse louco amor. A única coisa que eu não desejo é que sua ex, vulgo Ashley saiba disso, ela com certeza não irá largar do meu pé e pelo o que Gabi me contou ela parece desconfiar.

Olho para o relógio e corro para o banho que não demorou nem 10 minutos. Coloquei um roupão e sequei meu cabelo com o secador, eu não estava tão atrasada. Abro a porta do armário e fico completamente indecisa, vestido ou short ? Optei pelo vestido listrado muito confortável e calcei um coturno de couro marrom. Pego minha mochila e desço para o café da manhã. Meus pais comiam calados na mesa, me olharam e sorriram fraco.

- Bom dia.- Disse meu pai, sorri de lado.

Peguei algumas torradas e passei geléia e em seguida enchi meu copo com suco de laranja, o meu favorito. Comi rapidamente enquanto minha mãe me olhava, me deixando constrangida.

- Eu tenho maquiagem, se estiver precisando.- Ela falou em tom de deboche.

Eu não uso maquiagem para escola, acho completamente desnecessário e na minha opinião fico bem sem ela, mas pelo visto não é assim que minha mãe pensa.

- Melissa...- Meu pai a chamou e balançou a cabeça negativamente.

- O que ? Só estou falando, olha pra ela parece está morta ! Depois você acha estranho ela não ter namorado.- Ela diz se exaltando aos poucos.

Meus olhos se encheram de lágrimas, por que ela fazia isso ? Por que cisma em me julgar e procurar defeitos ?

- E olha essa...

- Melissa cala a boca !- Meu pai gritou, finalmente agindo contra isso.

Bati meu copo na mesa e sai correndo batendo a porta com toda a minha força. Pude ouvir a voz do meu pai, provavelmente discutindo com minha mãe mas não entendi nada. Minhas lágrimas finalmente caíram e eu limpei rapidamente ao entrar no ônibus da escola.

4:06 p.m

Lauren estava lá me esperando como sempre fazia, abri a porta do carro e fui impedida de sentar por conta de uma mala! Lauren sorriu, ela estava linda, cabelos úmidos demonstrando o banho recente, uma blusa preta do The 1975 e shorts! É tão raro ver Lauren Jauregui de short, que eu até sorri ao ver, porém eu ainda me perguntava o motivo da mala.

- Que mala é essa ?

- Sua mala.

- O que ?

Eu fui expulsa de casa e não sabia.

- Vamos fazer uma viagem.- Ela falou sorridente e jogou mala para o banco de trás.

- Viagem ? Eu ainda não estou de férias Lauren.

- Eu sei, mas você não vai morrer se faltar dois dias, ou será que vai ?- Revirei os olhos.

Não, eu não morreria.

- E meus pais ?- Pensei no que aconteceu de manhã e entrei no carro antes que Lauren pudesse me responder. - Vamos.

Ela me olhou surpresa com a minha atitude e segurou minha mão.

- Você pode ligar para eles no caminho.- Ela  diz se aproximando.

- Não, não precisa.- Falo a olhando.

Ela iria contestar mas a beijei antes mesmo que conseguisse! Me arrepiei com o contato das nossas línguas e segurei sua nuca explorando mais sua boca, o beijo continuou rápido mas nossas bocas logo se separaram quando o ar fez falta a Lauren.

- Para onde vamos ?- Pergunto sem querer falar sobre o meu desinteresse em ligar para os meus pais.

- É surpresa.

- Você sabe que eu odeio surpresas!- Suspiro.

- Mas ainda assim é uma surpresa.- Ela me dá um selinho rápido e coloca o sinto.

4 horas depois...

Acordei com Lauren me balançando, já haviamos chegado ? A viagem foi tão longa que acabei dormindo. Me ajeito no banco e percebo que estava enrolada em uma coberta, sorri fraco. Olho para fora estávamos no meio de uma floresta, já está a noite e tudo está muito escuro, amedrontador.

- Não precisa ter medo.- Diz Lauren me fazendo olha-la.

- Estou me controlando.- respondo fazendo-a soltar uma risada baixa.

- Vamos sair.- Ela diz e logo sai.

Abro a porta e olho o local, nenhuma presença de animais assustadores a não ser o som das corujas. Sai do carro e peguei minha mala no banco de trás. Lauren trancou as portas e segurou minha mão me passando segurança, sorrio largo e ela me rouba um selinho.

- Boba.- rio.

A luz da varanda da casa era a única coisa que iluminava o caminho e muito mal na verdade. Atropecei algumas vezes mas consegui me manter de pé, apenas arranquei risadas de Jauregui. Idiota. Adentramos a casa que era linda mesmo sendo pequena! Eu já me sentia confortável só de olhar, suspirei e fechei os olhos esquecendo qualquer tipo de problema e deixando apenas a paz me invadir. Lauren me despertou ao puxar a mala da minha mão para leva-las ao quarto de cima. Olhei em volta procurando o que fazer e segui o corredor indo para a cozinha, notei algumas sacolas de mercado sobre o balcão e decidi guardar as compras.

Após guardar os alimentos andei até pia para lavar as mãos e ao olhar pela janela acima da pia vi um lago no mesmo campo em que a casa ficava. Não havia nenhuma árvore no meio que atrapalhasse a visão, os postes nos cantos iluminavam o campo até o lago, perfeito.

- É lindo, não é ?- Me assusto ao ouvir sua voz. - Desculpa.

- Você tem que parar de chegar como um rato.- Falo me virando e vejo ela por uma garrava de vinho e duas taças sobre o balcão. Sorrio.

- Vou praticar.- ela diz piscando. -Você quer ? - Pergunta se referindo ao vinho.

Assenti.

- Ravenna e Tyler iriam amar esse lugar.- Falo voltando a olhar.

- Eles chegam amanhã.- Ela diz e eu me viro imediatamente sorrindo com a notícia.

- Sério ? Vai ser divertido!

- Vai sim.- Ela diz se aproximando e me entrega a taça.

Dou um gole rápido e em seguida faço uma careta, o vinho é muito forte, talvez um dos mais fortes que já tomei, senti mais o gosto do álcool. Prefiro os mais suaves.

- Não gostou ?

- Acho que é muito forte.- Sorri fraco.

- É, eu também, mas já me acostumei.

Ela encosta no balcão e fica me analisando, senti meu rosto corar mas infelizmente essa cena me lembrou o que aconteceu de manhã o que me fez desviar o olhar dos seus olhos e abaixar a cabeça.

- Você é linda Srt.Liberato.- sorrio largo. -Eu tenho muita sorte.- Fico vermelha.

- Acho que eu tenho mais.- Falo finalmente a olhando.

Ela se aproxima olhando em meus olhos, os desviou olhando cada cantinho do meu rosto enquanto eu apenas me hipnotizava com seus lindos olhos verdes.

- Não, não tem.- Ela quebra o silêncio e passa seus dedos em meu rosto encostando seu corpo no meu. - Olha para você, qualquer um se perde com esse olhar inocente, com essa beleza.- Seus lábios ficava cada vez mais próximo dos meus. - Perfeita pra mim.

Seus lábios tomaram os meus com desejo ávido mas ainda assim lento. Minha língua explorava sua boca deixando o beijo mais quente. Passei minhas mãos em sua cintura por dentro da blusa e a puxava  aos poucos. Lauren percebeu minha excitação e sorriu entre o beijo me empurrando até meu corpo bater na pia. Quando o ar fez falta ela começou a beijar a curva do meu pescoço com intensidade mostrando o quanto precisa daquilo, eu arfava a cada toque sem em meu corpo. Levei minha perna até sua cintura envolvendo a mesma, ela passou sua mão em minha coxa dando apertões me fazendo arrepiar. Voltamos a nos beijar de um jeito mais feroz fazendo sua mão subir pelo meu corpo junto com o vestido que se encontrava no chão segundos depois.

- Vamos...subir. 


Notas Finais


Comentem por favor ❤❤❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...