História Everyone comes with scars - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Tags Camren
Exibições 148
Palavras 747
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá!
Voltei.
Espero que gostem, boa leitura! ❤

Capítulo 13 - Capítulo 13


P.O.V.'s Lauren Jauregui

  Camila ergueu o rapidamente olhar na minha direção, ela estava surpresa, até eu estava surpresa, foi tão fácil ceder, não deveria ter sido, mas foi.

  -Você está falando sério? - Eu assenti.

-Oh meu Deus, Lauren, obrigada, você não tem idéia de como isso é importante pra mim.

  Ela sorria lindamente para mim, seus olhos castanhos brilhavam alegremente. Minha tortura havia acabado.

  -Por favor, não me machuque de novo.

  -Eu não vou, eu prometo.

  Ela continuava sorrindo e eu não pude deixar de corresponder, e quando o fiz, seus olhos brilharam mais ainda.

  -Bom Camila, agora eu tenho que ir.

  -Oh sim, claro, eu vou com você até o estacionamento.

  Eu me levantei, peguei meu casaco e minha bolsa, e fui indo em direção à porta acompanhada de Camila, descemos com o elevador até o estacionamento.

  -Bom, meu carro está pra lá, até mais.

  Quando eu ia sair, Camila me segurou levemente pelo braço, me fazendo voltar a atenção pra ela, e me abraçou.

  Meu coração acelerou tanto que tive a impressão de ele estar batendo em meus ouvidos, ela me apertava no abraço, e me abraçava com carinho, saudade.

  Eu rapidamente correspondi, não foi como quando Alexa me abraçou, eu soube exatamente o que fazer com Camila. Como se eu tivesse nascido pra fazer aquilo.

  Depois de alguns minutos, ainda dentro do abraço, ela me olhou.

  -Eu vou te provar que a minha Lolo está viva, aqui dentro.- Apontou para o meu peito.-Eu posso senti-la, bem escondida. Mas ela ainda está aqui.

  Ela beijou meu rosto, e saiu, me deixando sem palavras.

  Cheguei em casa e as luzes estavam acesas, DJ havia chegado.

  -Querida, cheguei!

  Gritei assim que passei pela porta da sala, Dinah que dormia tranquilamente no sofá, deu um pulo de susto e caiu sentada no chão.

  -SUA PUTA, QUE SUSTO, EU TE ODEIO.

  Eu gargalhava alto, a cena da Dinah se levantando e massageando a bunda foi hilária. Eu joguei minhas coisas do lado do sofá e pulei em cima dela, a abraçando.

  -Dinaaah, eu estou carente. -Disse manhosa.

  -Desculpa Laur, mas isso é com a Alexa.

Eu dei uma risadinha e continuei abraçada a ela.

  -Conversei com Camila hoje. -Ela me olhou surpresa, esperando eu continuar. -Contei que lembro dela, ela me pediu uma chance pra tentar reconquistar nossa amizade.

  - E você cedeu.

  - Como sabe?

  -Você tem um coração muito bom Laur, você não conseguiria negar isso a ela.

  - Eu fui tão fraca, mas me senti tão bem quando a abracei, como se nada daquilo tivesse acontecido, esqueci de tudo, como se só existisse eu, ela, e aquele abraço.

  Dinah me abraçou forte.

  -Você não foi fraca Laur, você seguiu seu coração, deixou o orgulho de lado. Somente pessoas fortes fazem isso.

  -Obrigada DJ, eu te amo.

  -Eu também te amo, branquela.

Ficamos algum tempo abraçadas até que senti meu estômago roncar.

  -DJ, eu tô com fome. - Falei fazendo manha, não estava nem um pouco a fim de cozinhar. - Pede pizza?

  -Por que eu?

  -Eu pago, você pede.

  -Tá né, fazer o que, não tenho grana mesmo.

  Dinah trabalha na empresa dos pais dela, mas ela quase nunca está lá, os pais dela tem muito dinheiro. O salário dela é gasto em roupas e baladas.

  Pedimos a pizza, e enquanto esperávamos ficamos conversando sobre tudo. Dinah havia falado com Normani por mensagem, ela descobriu que os pais da Mani obrigaram ela a namorar aquele cara. DJ não quis acreditar nela.

  A pizza chegou e quando fui pagar, o entregador ficou flertando comigo. Mereço.

  -Quanto deu?

  -Eu aceito um beijo como pagamento.

  Ele piscou pra mim, numa tentativa falha de ser sexy. Revirei os olhos e joguei o dinheiro em cima dele, fechei a porta e voltei pra dentro. Dinah estava gargalhando sentada no sofá.

  -Eu aceito um beijo como pagamento.

  Ela disse imitando o entregador e erguendo as sombrancelhas. Nós rimos alto.

  Estávamos deitadas na minha cama, DJ iria dormir aqui comigo hoje, eu estava com a cabeça apoiada no ombro dela e ela acariciava meus cabelos.

  Eu pensava em tudo que aconteceu hoje, uma coisa que não saía da minha cabeça era o abraço com Camila.
 
  Eu me senti tão bem, como se estivesse no lugar em que deveria estar, eu me senti em casa. E só quando a abracei, quando senti ela nos meus braços, eu percebi quanta falta ela me fazia.

"Eu vou te provar que a minha Lolo está viva"


Notas Finais


Bom, é isso, amanhã eu volto ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...