História Everyone comes with scars - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Tags Camren
Exibições 139
Palavras 892
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hallo, chegay.
Desculpem a demora.
Obrigada pelos comentários, vocês né motivam muito!❤

Capítulo 15 - Capítulo 15


P.O.V.'s Lauren Jauregui

  Alexa estava parada na minha frente, a boca entreaberta em sinal de surpresa e os olhos fixos nos meus. Depois de alguns segundos assim ela desviou o olhar e sua expressão era de quem tinha acabado de perceber algo que não gostou.

  -Você não precisa fazer isso por pena, Lauren. Eu posso superar isso, não é a primeira vez que isso me acontece de qualquer forma, não quero ser uma cadeia pra você.

  -Acredite, eu não estou fazendo por pena. Eu também já passei por muita coisa desagradável Alexa, me dê uma chance? Uma chance pra nós. É a minha vez de tentar fazer isso dar certo.

  Ela me olhava como se pensando na resposta, alguns segundos que pareciam minutos se passaram até que ela deu seu veredito.

  -Eu aceito Lauren, nós vamos ter essa chance.

  Eu abri um sorriso enquanto ela falava. Alexa havia aceitado, se ela gosta tanto de mim, eu posso passar a retribuir cada vez mais esse sentimento.

  -Obrigada, muito obrigada por esse voto de confiança Alexa, eu não tenho nenhuma experiência com relacionamentos, mas prometo tentar te fazer feliz.

  Ela sorriu abertamente pra mim, e eu me aproximei abraçando sua cintura. Escondi a cabeça na curva do pescoço dela, que tinha os braços em volta do meu, estávamos em um abraço confortável e carinhoso. Com certeza foi uma boa escolha ficar com Alexa. A única dúvida que rondava minha mente era: Ela seria capaz de curar as feridas do meu coração?

 
  Na hora do almoço, eu havia combinado de almoçar com Dinah, saí da empresa e mandei uma mensagem perguntando se ela já estava no restaurante, ela respondeu que já estava lá me esperando.

  Entrei no restaurante e procurei ela com o olhar, quando a achei acenei com a cabeça e fui até a mesa em que ela estava.

  -Branquela, o que houve? Você nunca me chama pra almoçar se algo não estiver errado.

  Me sentei na cadeira à frente dela e dei uma risadinha. Ela me conhecia como ninguém. Enquanto ela tomava refrigerante num copo gigante, eu contei sobre o namoro.

  -Realmente. Sobre o que aconteceu, eu estou namorando.

  Dinah se afogou com a bebida, ela tossia escandalosamente e eu não sabia se ajudava ela, ou ria da situação constrangedora, todos os clientes próximos à nossa mesa olhavam pra ela com uma expressão assustada.

  Depois de uns segundos ela se acalmou e me olhou seriamente.

  -É bom que isso não seja brincadeira folha A4, senão a próxima a afogar aqui vai ser você.

  -Não é, pedi ela em namoro hoje, mais cedo.

  Ela me fuzilou com o olhar, e eu não entendi o por que.

  -Depois de tudo que ela te fez, Lauren?

  -Ela fez pra me chamar a atenção DJ, ela gosta de mim.

  Eu não estava entendendo o por que dela estar brava, quando falei que estava ficando com Alexa ela não tinha se mostrado descontente.

  -Lauren, ela ficou com o cara que te maltratava, ela não presta.

  O que? Ela estava achando que eu estava namorando a... Camila?

  -Dinah, eu estou namorando a Alexa...

  Ela arregalou os olhos, divinamente surpresa.

  -Por que achava que eu estava com a Camila?

  Ela estava nervosa, como se tivesse falado algo que não devia.

  -Por nada Laur, eu me enganei. Mas me conta, por que decidiu isso?

  Eu contei tudo o que havia acontecido, e quando contei sobre ter pego carona com a Camila, ela fez uma careta. Dinah apoiou meu namoro, segundo ela, seria algo ótimo pra mim.

  Voltei para a empresa após o almoço com DJ, e encontrei Alexa na recepção. Dei um beijo na bochecha dela que se assustou, quando percebeu quem era ela sorriu e me abraçou. Fomos até o elevador juntas.

  -Te procurei para almoçar comigo, mas você já tinha ido.

  -Almocei com a Dinah hoje, já tinha combinado com ela.

  Ela fechou a cara na hora.

  -Quem é Dinah?

  Eu ri com vontade, Alexa era extremamente ciumenta.

  -Minha melhor amiga.

  Apertei o nariz dela em tom de brincadeira, ela corou e desviou o olhar do meu.

  -Ah, desculpe.

  Eu a abracei e ela prontamente retribuiu enterrando a cabeça no meu pescoço. Ficamos assim até chegarmos no andar das nossas salas.

  -Tudo bem.

  Ela me olhou sorrindo.

  -No fim do expediente vou te levar em casa.

  -Não Alexa, não se preocupe, eu vou de ônibus.

  -Eu insisto, por favor namorada.

  Nós rimos.

  -Já que insiste, eu aceito namorada.

  A tarde passou rapidamente, fiquei atolada nos assuntos pendentes do projeto, não vi ninguém a tarde toda. Quando deram 18:10, Alexa entrou pela minha sala me chamando para ir embora. Eu desliguei tudo, peguei minhas coisas e fomos saindo juntas, no elevador Alexa me beijou intensamente até chegarmos no térreo.

  Chegamos no estacionamento e quando eu ia entrar no carro, ela me prensou nele e enlaçou meu pescoço com os braços, me beijando. Ficamos nisso por algum tempo até um barulho alto de carro arrancando tomar o espaço, antes do carro sair dali eu pude ver quem dirigia.
 
  Camila.

 


Notas Finais


Perdoem os erros, pls!
Depois eu volto, beijinhos! ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...