História Everyone comes with scars - Capítulo 17


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Tags Camren
Exibições 144
Palavras 777
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Voltei, como prometido.
Espero que gostem...
Perdão pelos erros, estou morrendo de sono.
PS: pra quem inventou o horário de verão: EU TE ODEIO

Capítulo 17 - Capítulo 17


P.O.V.'s Lauren Jauregui

  Eu fiquei olhando pra ela fixamente, tentando entender aquela frase.

  Ela abriu a porta do motorista e saiu indo até o banco de trás, resolvi não discutir mais sobre aquele assunto.

  Fui junto com ela e peguei as compras.

  -Camila?

  -Oi?

  -Almoça comigo amanhã, podemos conversar com mais calma e você me explica por que acha que me perdeu, pode ser?

  Ela ficou me olhando por algum tempo, parecia pensar se devia aceitar.

  -Tudo bem Lauren, precisamos mesmo conversar.

  Eu a abracei meio de mal jeito por estar com as mãos cheias.

  -Não desiste da nossa amizade não Camz, eu quero fazer isso.

  Quando ela ouviu o apelido que eu usava com ela quando éramos crianças, seus olhos brilharam. Ela sorriu levemente pra mim.

  -Eu te disse que não desistiria Lolo. E eu não vou.

  Beijou meu rosto e saiu sem me olhar mais. Eu sentia que tinha algo que eu não estava vendo e deveria estar.

  Guardei as compras em casa e fui até a casa da Dinah, precisava da opinião dela.

  Bati na porta dela e depois de alguns segundos ela abriu a porta com cara de quem havia acabado de acordar.

  -O que faz aqui branquela?

  -Preciso de ajuda.

 
  Estávamos sentadas na sala de estar, eu havia contado tudo o que havia acontecido para ela, que ficou olhando pra minha cara com uma expressão de quem não acreditava no que eu estava falando.

  -Lauren, eu já conheci pessoas lerdas, mas você acabou de ultrapassar o limite da lerdeza.

  -Mas o que...

  -A Camila te ama Lauren, ela ficou se mordendo de ciúmes seus com Alexa.

  -Você acha que ela gosta de mim?

  -"Eu te perdi pra sempre, Lolo" - Ela imitou Camila. - CLARO QUE ELA GOSTA DE VOCÊ LAUREN.

  -Eu não sei o que fazer Dinah.

  -Eu já te fiz essa pergunta, vou repetir. Você ainda ama a Camila, Laur?

  -Ela mexe comigo DJ. Mas eu não a amo mais daquele jeito, o que ela fez congelou meu amor por ela.

  -Congelou mas não o matou totalmente Laur. Eu posso ver nos seus olhos que você ainda sente algo muito forte por ela.

  Franzi o cenho, confusa sobre o que ela estava falando.

  -Saudades?

  Ela negou com a cabeça.

  -Amor.

  Algum tempo depois dessa conversa, voltei para a casa e no caminho fui pensando em tudo o que aconteceu, eu estava envolvida com Alexa, e pretendia continuar com ela.
  Eu não amava mais Camila, eu realmente iria apostar nisso.

  No dia seguinte, quando estava saindo de casa, o carro de Alexa estava parado no outro lado da minha rua. Fui até ela e ela me mandou entrar, eu o fiz e quando virei pra ela, fui puxada pela nuca num beijo suave.

  -Bom dia!

  -Bom dia, meu bem!

  Sorriu pra mim e começou a dirigir, fomos até a empresa em um silêncio confortável. Quando ela estacionou o carro eu resolvi contar sobre o almoço com Camila, seria melhor que ela descobrir sozinha.

  -Alexa?
 
  -Oi?

  Ela sorriu e me deu um selinho.

  -Eu vou almoçar com a Camila hoje, precisamos conversar sobre alguns assuntos, queria que você ficasse sabendo por mim.

  A expressão dela foi de feliz para séria em poucos segundos.

  -E por que não pode conversar dentro da empresa, Lauren?

  -Alexa, por favor, não confia em mim?

  -Confio, é claro, mas a Camila te olha de um jeito que não me agrada, ela pode tentar algo.

  Ela falou de forma manhosa. Puxei ela para um beijo carinhoso.

  -Ela não vai tentar, e se tentar, eu não vou corresponder.

  Ela sorriu e me beijou de novo.

  Estava sentada em uma mesa no restaurante perto da empresa esperando por Camila. Depois de alguns minutos de espera ela entrou pela porta do restaurante e me procurou pelo lugar.

  Me viu e veio na minha direção, sentou na cadeira à minha frente e sorriu pra mim.

  -Lauren, desculpe a demora, eu acabei pegando o trânsito parado.

  -Tudo bem, vamos fazer os pedidos.

  Fizemos os pedidos e enquanto esperávamos, começamos a conversar.

  -Camila, uma coisa que ficou na minha cabeça desde que você chegou é, por que exatamente você voltou?

  Ela me olhou com receio.

  -Seja sincera, por favor.

  -Eu voltei por você Lauren, por que eu esperava poder reconquistar seu amor, ou pelo menos a sua amizade. Eu te amo Lauren, o sentimento só cresceu por todos esses anos, eu sei que você superou tudo isso, mas se eu tivesse uma chance de te fazer feliz, eu... daria tudo de mim.

  Uma lágrima desceu pelo seu rosto e a abaixou a cabeça.

  -Eu vou ao banheiro, licença.

  Saiu rapidamente em direção ao banheiro.


Notas Finais


Bom, é isso.
Beijinhos ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...