História Everything about you - Tudo sobre você. - Capítulo 20


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Tags Drama, Fama, Justin Biber, Romance
Visualizações 23
Palavras 1.161
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Adultério, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 20 - Que comece os jogos.


Fanfic / Fanfiction Everything about you - Tudo sobre você. - Capítulo 20 - Que comece os jogos.

Eu estou completamente ofegante, o suor escorre da  minha testa para a de Eduarda, seus olhos voltam para o azul normal e ela esta sorrindo completamente grogue, saio de cima dela e me afundo no colchão ao lado dela, ela deita no meu peito alisando minha barriga, tudo que eu escuto são nossas respirações aceleradas, que vão se acalmando aos poucos

_Desse jeito você vai me matar - ela sorri com que eu falo enquanto mecho nos seus cabelos completamente molhados de suor.

_Morrer desse jeito não parece ruim - rio da resposta dela

_ não mesmo baby, não mesmo - ela continua fazendo carinho em mim , faz uma longa pausa

_É possivel que lar não seja um lugar Justin, e sim uma pessoa, é incrivel como eu me sinto em casa , com você, seja aqui, ou no hotel- sorrio com o que ela diz, de maneira tão inesperada

_Acho que é mais que possivel Duda. -  continuo mexendo em seu cabelo, e concluo que gosto das nossas conversas preguiçosas pós sexo _ senti que você era minha casa quando te achei la naquele lugar com aquela lagoa.

_ nós estamos mesmo muito clichês não é? - ela esta radiante e linda olhando pra mim

_Acho que sim, o que eu faço com você? - estamos nos olhando...

_ Continue o lance com meu cabelo por hora - ela deita e por minha mão no cabelo dela, estou rindo

_ Não vamos tomar banho? - mulheres sempre gostam de tomar banho pós sexo concluo mentalmente.

_ Não, gosto do seu cheiro misturado com o meu. - não digo nada, e me sinto completamente perdido ao que ela esta fazendo comigo, todas as sensações os sentimentos, as palavras, não tem jeito, é ela.

 

____________________ fim justin_________________

 

Justin saiu cedo para resolver coisas a respeito do trabalho e da familia, fiquei com preguiça de levantar, minha cabeça esta doendo com esse fuso horario louco, depois do banho e de minha arrumação decido ir até a cozinha procurar algo para comer, demoro quase 10minutos para achar a cozinha, ja faz três horas que Justin saiu e eu me sinto um peixe fora d'água, abro a geladeira, não ha nada familiar pra mim aqui poucas opções de frutas, biscoitos que nunca comi estou perdida, acho um leite e um sucrilhos, isso vai ter que dar, como de bom grado e esta uma delicia..

_oi - dou um pulo da cadeira e quase caio pro chão , um homem de terno aparentemente 40 anos de idade estende a mão pra mim, pego na sua mão em um cumprimento

- é .. oi .. - digo meio atordoada , quem é esse cara?

_desculpa eu não quis assustar você Eduarda, meu nome é Ricardo sou advogado do Sr Bieber. - advogado? pra que advogado?

_ tudo bem, prazer em conhece-lo, mas o Justin não esta, ele saiu ja faz um tempo - tento explicar a situação 

_Não é pra ele mesmo, é para a senhorita. - ele me encara

_Pra mim? - não sei do que esse sujeito esta falando

_ sim - ele se senta a minha frente e tira uma papelada _ não quero que se ofenda senhorita, mas tudo que faremos aqui é extremamente necessaro, vim a mandado do empresario do Justin que detem 60% dos poderes majoritarios dele, ou seja, investe muito nele, apesar que no patamar que Justin esta espera-se que esta a pouco tempo de se auto gerir, mas enquanto isso não ocorre, e ele se sente inapto a fazer nós somos obrigados a tomar medidas cautelares a proteção do sr bieber - estou chocada não acredito que estou vivendo isso _ bom, esse contrato se chama contrato de confidencialidade, tudo aqui deve ser lido e compreendido - ele começa a ler e minha cabeça da um nó, em caso de separação ou qualquer eventulidade eu abro mão de entrar na justiça com ressalvas de pagamento, não sou autorizada a fazer publicidade que não seja com os mesmos patrocinadores do Justin, não posso conceder entrevistas sem a permissão do empresario dele, não posso sair sozinha sem me anunciar, não posso ferir, denegrir ou demosntrar emoções negativas em ambientes publicos... a lista é interminavel e meu solhos estão inundados de lagrimas.

_Senhor Ricardo- me recomponho- aprecio e respeito seu trabalho, mas eu não posso garantir por exemplo que não vou brigar com o Justin em publico porque convenhamos eles estão por toda parte filmam a gente até dentro de casa, e tem outras ressalvas ai que são sem nexo, eu nunca quis dinheiro dele, nunca vou querer, eu não quero a fama dele, eu nao quero NADA desse mundo dele.. eu não faria nada disso, dar entrevistas entre outras coisas, eu to.. pasma que eu tenha que passar por isso para ficar com o Justin - estou chorando compusivamente _ vocês estão me colocando como uma prostituta!

-Ricardo arregala seus olhos castanhos pra mim _ senhorita não entenda dessa forma nós só estamos fazendo noss trabalho de garantir a imagem do Justin

_Eu não sou capaz de fazer mau algum pra ele - pego o pepel e me sentindo mai humilhada do que nunca assino e saio da cozinha a passos largos para o quarto sem olhar pra tras, me perco no corredor e não sei de que quarto eu sai, abro varios até chegar no que estavamos essa manha, cainho até a janela, esta nevando la fora e nem de longe me sinto em casa, não ha nad afamiliar aqui, verifico o celular e nada do Justin não posso culpa-lo por ser ocupado, e eu mesma não quis ir com ele, tomo um remedio para dor de cabeça, porque as coisas são tão loucas pra mim? assinar um contrato de confidencialidade, sou mesmo uma vagabunda para todos - o pensamento me deprime- meu celular apita é um numero desconhecido abro as mensagens e la estão varias fotos  do Vítor com a a Sofia estou paralisada, -como é que é?- 

mensagem: chumbo torcado não doi gata

eu: que atitude mais ridicula a sua Vítor, que idéia é essa pra que você esta fazendo isso?

numero desconhecido : Aqui é a Sofia amor, é só para ter o gosto de ver você perder tudo, seu namoradinho e daqui a pouco o Justin.

-estou pulsando de ódio: Eu  e vítor não namoramos mais, faça bom proveito desse lixo que esta com você, e você que se DANE, para de bancar a louca!

Numero desconhecido : Tem certeza que quer me afrontar Dudinha

Ela então me manda fotos minhas semi nua, eu não acredito que o Vítor ta fazendo isso comigo, começo a chorar desesperada

- Porque você ta fazendo isso sofia esse jogo doentio ja deu!

sofia: te dou uma semana para largar o Justin, se não largar eu jogo as fotos na rede, e voce que se foda sua putinha barata.

Então ela me bloqueia, e eu estou oficialmente, na merda.

 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...