História Everything For Love (EXO) - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Lay, Sehun, Suho, Xiumin
Tags Exo, Novela, Romance, Suspense
Exibições 50
Palavras 1.084
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Festa, Hentai, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - I


E aqui estamos no avião, eu entediada escutamos música e minha irmã Débora dormindo, fico me debatendo pra chamar atenção da Débora
-Será que você não dorme? - fala Débora com voz de sono
-Amiga ja dormi, não tô mais com sono, e também não tem nada pra eu comer!! Ja cansei de comer barra de cereal dentro desse avião, podem pelo menos mudar pra bolinho, com suco, credo so barra de cereal - falo me lamentando
-Olha Andy, nós estamos no avião não num restaurante, se não quiser não come horas! - fala Débora irritada
-Eita não me bate, só falei - falei
-Cala boca e tenda dormir, e também só não te bato porquê é perda de tempo - fala Débora virando o rosto pro outro lado
-Oshe filha, pra você saber eu já tenho 17 anos - falei
-Legal e eu 18 que emoção não? Agora dorme e me deixa dormir!! - fala Débora fechando os olhos
Fiquei calada e tentei dormir, e glória a deus consegui
Acordei com alguém me cutucando
-Que é? Débora? Agente já chegou? - falei abrindo os olhos
-Quase já estamos quase pousando, a aeromoça mandou nós apertamos o cinto porquê ja vamos descer
-Glória, vou pisar o chão novamente e comer comida sem ser barra de cereal!! - falei apertando o cinto

Chegamos no aeroporto, tínhamos acabado de chegar em Seul, estávamos exaustas, dias de viagem eu passei parte da viagem escutando música, enquanto Débora dormindo,
-Seul...aqui estamos. - Disse eu com as malas nas mãos andando as poucos.
-Então para onde vamos? - Perguntou Débora
-Não sei.. Vamos chamar um táxi, aí procuramos um lugar pra nós dormir hoje! - Disse eu tirando o celular do bolso. Minutos depois o táxi chega, entramos com as coisas no carro, no caminho olhando a  cidade pela janela.
-Ai, tô com fome.. Vamos parar pra comer alguma coisa.. - Falei com a mão na barriga
-Tudo bem - descemos e famos em direção a um restaurante mais próximo, estava lotado. Entramos e sentamos a mesa mais próxima.
Esperamos uns minutos para sermos atendidas, mais antes uma menina entra. Elas nos olhou e segui sem caminho sem olhar para trás
-Ela me pareceu familiar - falei
-Hum... Porquê? - perguntou Débora
-Não sei.. - falei e fiquei pensando
-Olá! - vimos a menina na nossa frente com com um sorriso no rosto
-Olá - respodemos
-Como vai Andy? - ela falou me olhando
-Ei! Como sabe meu... Espera! Yui? - falei surpresa
-Sim! - ela falou, logo nos abraçamos e ela cumprimentou Débora, se inclinando em forma de respeito
-Coma você está? - falei
-Muito bem, acabaram de chegar? - ela pergunta
-Sim, e estavamos procurando um lugar pra dormir só esta noite, já que a Débora inventou de fazer surpresa pra nossos pais - falei revirando os olhos
-Hum.. Não querem ir pra minha pra minha casa? Há quarto de hóspedes - falou ela
-Pode ser - falou Débora empolgada
-Ótimo, vou chamar o carro pra vir nos buscar ok? - falou ela
-Tá bom, vamos pegar nossa malas - falou Débora
Não demorou muito e o carro chega, ela nos ajuda a botar nossas malas no carro e seguimos o caminho
-Então... A quanto tempo está aqui? - perguntei
-Me mudei recentemente, fui transferida de escola, que tal estudarem comigo? - falou ela
-Parece uma boa ideia, mas você e novata? - perguntou Débora
-Sim - falou Yui
-NÃOOOO - fale
-O que foi Andy? - falou Yui
-Meu celular descarregou - falei
-Eu hein - falou Débora passando a mão no cabelo
-Uê esse grito por causa de uma bateria que descarregou? - falou Yui
-Miga eu tava jogando - falei olhando pra ela
-Quando chegarmos você colaca ele pra carregar - falou Yui
-Ele não é Ela o nome do celular é Rosinha - falai passando a mão na tela
-Meu deus você não é normal - falou Yui rindo
-Ela nunca foi Yui, mais quando ela quer ser normal ela consegui - falou Débora
-Ninguém é 100% normal - falei
-Bang Bang Bang - cantou Débora
-Débora deixa eu escutar com você - falei
-Chega mais pra cá - cheguei e nós começamos a cantar, comecei a cantar alto
-Por favor senhorita não faça muito barulho - falou o motorista
-Desculpa - falei e fiquei  silêncio
Logo chegamos a casa de Yui, vimos pela janela era enorme havia um lindo jardin na entrada
-É lindo... - falei olhando as flores
- Por favor desçam do carro - disse um homem chegando provavelmente era o mordomo
-Podem entrar eu me encarrego de levar as mala até o quarto das senhoritas- falou o mordomo
-Obrigado moço, qual seu nome? - falei
-Me chamo Derik senhora - falou ele
-Me chamo Andy, mais me chame do que você quiser - falei rindo
-Ok Andy - falou ele rindo
-Vamos entrar Derik tá frio e eu tô com fome também - falei entrando
-O jantar já está na mesa, vou lhe levar pro seu quarto - falou ela com carregando as malas
Subimos a escada e andamos num corredor e ele abriu uma porta
-Aqui Andy seu quarto - falou ele dando passagem pra eu entrar
-Bonito - falei olhando
-Vai ficar aqui quantos dias? - falou Derik
-Só hoje mesmo, amanhã eu e minha irmã vamos para casa - falei me sentando na cama
-Ok, então vou indo, dessa e vá jantar - falou Derik saindo
-Já vou - falei
Me levantei e fui tomar banho, entro no box e ligo o chuveiro
-Ahh que água gelada é essa senhor? Misericórdia... Nossa - falei mexendo na caixa de registro.
Temei de me banhar, me vesti e fui pra sala
-Chegou, vamos jantar - falou Yui
-Vamos - falei me sentando
-Porquê o grito Andy? - falou Yui
-Fui banhar e a água do chuveiro tava gelada - falei comendo
-Sabia - falou Débora comendo
-Nossa que comida boa - falei comendo- Melhor que barra de cereal...
-Tu não te esquece disso né - falou Débora
-Eu não, só tinha barra de cereal pra pessoa comer no avião, se por acaso eu viajar de novo vou levar comida..
Ficamos calados e jantamos  silêncio
-Vou dormir boa noite Yui, Boa Noite Deb até amanhã - falei me levantando da cadeira
-Até amanhã.. Ah vamos amanhã cedo pra casa, já falei com nosso pais - falou Débora
-Okay, tchau boa noite
Fui pro meu quarto me deitei e durmi.


Notas Finais


É isso até amanhã!🍃💋


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...