História Everything Has a Purpose - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Alexy, Armin, Castiel, Debrah, Iris, Kentin, Kim, Lynn, Lysandre, Melody, Nina, Personagens Originais, Rosalya, Thomas, Viktor Chavalier, Violette
Tags Amor, Homofobia, Klexy, Realidade, Vida Real
Visualizações 26
Palavras 1.451
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Hentai, Lemon, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Spoilers, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Essa fanfic é baseada em situações vividas em um RPG's, alguns fatos e situações não estão de acordo com o jogo. Agradeço a compreensão e peço que tenham paciência com as palavras erradas e situações diferentes.

Capítulo 1 - Primeiro dia


Fanfic / Fanfiction Everything Has a Purpose - Capítulo 1 - Primeiro dia

 Era o primeiro dia de aula e eu estava extremamente animado. Quando me levantei da cama ainda faltava uma hora e meia, o que me fez dar uma risada baixa para não acordar Armin que acabou dormindo no meu quarto enquanto jogávamos. Enquanto andava pelo meu quarto pegando o resto das coisas que havíamos comido ontem eu sorria feito um bobo, quando sai do quarto eu simplesmente olhei em volta e só pude ouvir meu pai dormindo do quarto dele e Armin do meu então dei de ombros e desci até a cozinha começando a arrumar as coisas.

Quando finalmente terminei de lavar as vasilhas e copos deixados por uma noite de jogos eu escuto um barulho vindo do quarto dos meus pais, o que me faz olhar para a escada e vejo minha mãe descer enrolada num roupão.

- Bom dia Ale..

Ela fala e beija minha bochecha quando eu me abaixo um pouco, então ela olha para a pilha de pratos e copos molhados e balança a cabeça logo olhando para mim novamente.

- Alexy, você sabe tão bem quanto eu que não deveria fazer maratonas de jogos com seu irmão na madrugada que as aulas começam.. Ele não vai acordar tão cedo querido..

Ela fala e eu sorrio olhando para cima como se não tivesse sido tudo combinado. Armin não queria ir ao primeiro dia de aula então nós simplesmente jogamos até que ele dormisse, o que foi bem tarde. Quando ele acordar já vai estar tarde demais para ele entrar na escola e ele acabaria por ficar em casa.

Eu dou de ombros olhando para minha mãe e dando um sorriso culpado e ela simplesmente suspira e aponta pro quarto dizendo para eu me arrumar enquanto ela preparava algo para eu comer, eu concordo com a cabeça enquanto andava rapidamente de volta a escada e logo subi em silêncio e entrando no quarto para escolher uma roupa.

[…]

Quando terminei de me arrumar eu sorrio olhando para a raiz do meu cabelo no espelho e logo piscando para mim mesmo divertido. Quando saio do banheiro eu sinto o cheiro de panquecas e café invadirem a casa e desço rapidamente as escadas, quando chego a porta da cozinha encontro minha mãe terminando de fazer o café e meu pai a observando, eu adorava chegar em momentos assim, era a coisa mais linda do mundo ver como meu pai a observava, a felicidade e amor que ele guardava naquele olhar me deixava orgulhoso de ter uma família como a minha.

- Bom dia Pai

Eu falei e ele passou a mão pelo cabelo cabelo o despenteando um pouco e me fazendo resmungar baixo e tentar arrumar o mesmo novamente em frente ao meu reflexo na torradeira.

- Bom dia Ale

Ele fala rindo enquanto serve uma caneca de café para mim e coloca algumas panquecas em um prato, logo minha mãe se aproxima e derrama calda sobre as panquecas e eu me sento em uma das cadeiras da cozinha e começo a comer sem querer me atrasar.

- Eu provavelmente vou chegar mais tarde hoje, então não deixem o Armin fazer meu quarto virar um furacão.

Eu rio brincando e eles me acompanham rindo fraco. Quando termino de comer eu me levanto e beijo a bochecha dos dois assim que termino de lavar as minhas louças então eu subo rapidamente até o banheiro para escovar meus dentes, quanto termino sorrio para o espelho e passo pelo meu quarto, passando um pouco de perfume e pegando minha bolsa e fones antes de descer e sair de casa em direção a escola.

Eu olhava no celular a direção certa para não me perder no primeiro dia de aula e fingia ignorar os olhares curiosos e enojados que as pessoas davam em minha direção, logo coloquei meu fone e sorri abertamente vendo que a primeira música que tocava era Amnésia - 5SOS, que era uma das músicas que já eu era plenamente apaixonado e combinava com aquela manhã calma.

Enquanto eu andava cantando baixo pude ver de longe o início do que era provavelmente a escola, o que me fez andar mais rápido em direção a mesma. Quando me aproximei da escola verifiquei o horário e sorri abertamente entrando na escola assim que soube que não estava atrasado.

Quando entrei logo parei na entrada dos corredores sem saber muito o que fazer, até que vejo alguém falar comigo, uma pequena menina de cabelos roxos com um sorriso tímido.

- O-olá.. V-você precisa de ajuda?

Ela falava entre cortes tímidos e eu percebi que ela não tinha costume de falar com pessoas desconhecidas, eu logo sorrio aberta e amigavelmente, falei a olhando.

- Oie, sim por favor, eu sou novo por aqui e queria saber o que eu preciso fazer no meu primeiro dia. Aliás, sou Alexy.

Ela dá um sorriso fraco e enquanto eu dava uma risada e ela logo abaixa a cabeça com as bochechas meio coradas.

- Posso te levar até o grêmio.. É bem perto da minha sala. M-meu nome é Violett.

Ela fala tímida e eu sorrio concordando com a cabeça, então ela sorri fofa e sai andando enquanto eu a sigo, poucos passos depois ela aponta para uma porta.

- Este é o grêmio, p-procure o Nathaniel, se ele não estiver aí ele estará n-na biblioteca.

Ela fala e eu concordo com a cabeça logo agradecendo, aperto a mão dela como um agradecimento o que a faz ficar meio corada e eu sorrio acenando com a mão assim que bato na porta.

- See you later Anjinha.

Ela cora com os olhos levemente arregalados e sorri abertamente entrando na sala rapidamente, o que me faz dar uma risadinha. Logo a porta do Grêmio se abre e vejo um garoto loiro minimamente mais alto que eu, vejo ele olhar para mim curioso e logo se endireitar com um sorriso calmo.

- Olá, sou Nathaniel, representante do Grêmio Estudantil, em que posso ajudar?

Ele pergunta abrindo a porta para que eu pudesse entrar e eu logo entrei o olhando.

- Olá, sou Alexy, um dos alunos novos. Vim conferir se a minha ficha junto com a do meu irmão estavam corretas.

- Ah, claro. Sim sim, elas estão quase completas, só falta uma foto sua e o pagamento das duas fichas.

Eu concordei com a cabeça e agradeci logo saindo do grêmio tentando me lembrar onde havia um lugar para tirar fotos. Enquanto eu andava bati em alguém sem perceber e logo olho para a garota a minha frente e dou um sorriso envergonhado.

- Me desculpe por isso, eu estava distraído.

- Ah, não tem problema.

Ela sorri abertamente e eu vejo seu estilo vibrante e animado que combinam com seu cabelo avermelhado.

- Sou Alexy, você é?

- Íris. Precisa de ajuda Alexy? Você parece meio perdido.

Ela ri e eu sorrio pedindo com os olhos para ela me ajudar, a mesma sorri e me pega pelo pulso enquanto continuavámos andando em direção ao portão.

- Você deve estar indo fazer a foto certo? Vem, vou te levar ao lugar certo.

Ela fala e eu rio a seguindo apressado entre as ruas até chegarmos a uma lojinha de um senhor muito educado. Quando voltamos a escola ela se despede de mim e sai andando pelos corredores me fazendo dar uma risada fraca e bater na porta do grêmio novamente esperando Nathaniel a abrir, mas em vez dele uma garota abre e olha para mim com o cenho franzido.

- Pois não?

- Eu gostaria de falar com Nathaniel, tenho que entregar a foto e o dinheiro da ficha.

Falo e ela logo percebe a maneira que falou e sorri meio envergonhada, ela abre a porta para que eu entre e sorri de lado enquanto organizava as coisas.

- Sou Melody, sou uma representante também então pode entregar para mim enquanto Nath está na aula.

Eu sorrio divertido pela mudança de humor da garota e logo entrego para ela as coisas tanto minhas quanto do Armin e a olho curioso.

- Eu preciso assistir alguma aula hoje? Ou seria só escolher os horários?

- Não se preocupe com isso, os horários são baseados na prova que você fez para nós antes de entrar na escola, pode ir embora descansar. Até amanhã Alexy.

Ela fala e eu concordo com um sorriso animado e logo saio do grêmio em direção a saída, enquanto passava pelos corredores eu passo em frente a sala de Violett e Íris e sorrio acenando para elas como uma despedida, as duas acenam disfarçadamente e Violett somente sorri corada.

 Em pouco tempo eu já estava perto da minha casa e estava bem orgulhoso do primeiro dia de aula, ja fiz duas novas amigas, conheci um garoto gentil é uma garota diferente. Essa seria uma escola bem interessante de estudar.


Notas Finais


Espero que tenham gostado do primeiro capítulo, é muito bom para mim poder escrever ❤ Aishiteru Tinne-chan! A pessoa que me apoiou para começar a escrever.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...