História Everything Has a Purpose - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Alexy, Armin, Castiel, Debrah, Iris, Kentin, Kim, Lynn, Lysandre, Melody, Nina, Personagens Originais, Rosalya, Thomas, Viktor Chavalier, Violette
Tags Amor, Homofobia, Klexy, Realidade, Vida Real
Visualizações 9
Palavras 1.588
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Hentai, Lemon, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Spoilers, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Os acontecimentos desta história tem seu próprio rumo e histórias, os personagens não são exatamente os mesmos que os do jogo.

Capítulo 2 - Conhecendo o indiozinho


Fanfic / Fanfiction Everything Has a Purpose - Capítulo 2 - Conhecendo o indiozinho

- Acorda dorminhoco!

Eu ria balançando Armin com a ponta do dedão do pé, já que estava sentado na beirada de sua cama. Quando o mesmo acorda olha para o meu pé em descrença e começa a rir logo jogando o travesseiro em minha direção, que o seguro rindo.

- Me deixa dormir, diz para a diretora que eu estou doente, e vou ficar preso no banheiro pelo resto do dia.

- Não mesmo, você não vai de deixar sozinho no primeiro dia!

Ele suspira enquanto eu falo reclamando, então ele se senta e eu sorrio apontando para o cabide na porta enquanto me levantava da cama.

- Suas roupas. Se não estiver pronto quando eu voltar vou colar uma cueca no seu cabelo Armin.

- Ok, ok, entendi o recado.

Ele ria e eu logo ri junto a ele. Quando sai do quarto eu me espreguicei e segui em direção as escadas. Meus pais haviam saído cedo para poderem trabalhar então o café havia ficado em minha responsabilidade.

Enquanto terminava de fazer as nossas panquecas vi Armin descendo as escadas já vestido e logo sorri de lado voltando a prestar atenção na comida.

- Você já sabe o horário?

Olhei para ele quando o mesmo me perguntou e neguei com a cabeça colocando a última panqueca no prato enquanto ia pegar a calda.

- Melody falou que os horários seriam baseados nas provas.

- Então significa que provavelmente vamos ficar na mesma sala.

- Novamente.

Eu ri e balancei a cauda por cima das panquecas enquanto ele pegava algo pra bebermos.

- Já conheceu alguém legal por lá?

- Só algumas garotas.. Elas parecem gentis.

- Elas devem ter gostado de você.

Ele comenta com um sorriso brincalhão no rosto e eu caio na gargalhada já entendendo onde ele quer chegar. Armin e eu sempre acabávamos fazendo isto, eu virava amigo da maioria das garotas e ele da maioria dos garotos, e de repente nós estávamos trocando amigos.

Em pouco tempo nós dois já estávamos indo em direção a escola, calmamente já que ainda havia bastante tempo, e eu ia lhe contanto das pessoas que conheci na escola.

- Acho que vou me dar bem com a maioria delas, parecem garotas bastante simpáticas e gentis.

Eu falo enquanto ele sorri, mas logo dá de ombros e arruma meu fone que estava virado no meu pescoço.

- É só o primeiro dia, eu só espero encontrar alguém que jogue vídeo games.

Eu rio quando ele fala, e logo coloco os fones o vendo começar a jogar, estava tocando Baby Rexha o que me fez rir enquanto cantava "Bad Bitch" sem soltar nenhum som. Em pouco tempo já estávamos na porta da escola e eu sorrio o levando até o grêmio, que estava com as portas abertas, então eu pude ver uma garota lá dentro.

- Você é o Nathaniel? A diretora me mandou para falar com você.

Ela falava olhando para os lados curiosa e ele logo sorri a falando o que fazer, o que ela concorda e se vira para trás nos vendo e parando na porta surpresa.

- Olá..

- Olá, sou Alexy, e esse é meu irmão Armin.

Falo gentilmente e aceno para Nathaniel o cumprimentando. Enquanto fazia isso eu dei um tapinha no ombro do Armin e o mesmo levantou os olhos do psp olhando para a garota.

- Er.. Hey!

Ela sorri para nós e estica a mão para mim com um sorriso caloroso.

- Sou Lynn, muito prazer.. Bem, vou deixar vocês a vontade.

Eu rio e dou um espaço para ela passar pela porta e logo Armin entra na sala do grêmio para resolver a questão da foto e tudo mais. Nathaniel garante que desta vez estava tudo certo então nós dois concordamos e pegamos nosso horário, um horário exatamente igual, novamente. Ele sorri animado e eu compartilho de sua animação logo saindo com ele do grêmio para podermos experimentar nossos armários.

- É legal que possamos fazer isso, quer dizer, tem muito tempo antes das aulas por aqui.

Eu ri e ele concordou logo abrindo o armário dele para guardamos as coisas, logo eu faço o mesmo. Armin estava encostado na parede e eu estava escorado nos armários lendo as novidades no twitter. Quando olho para cima eu posso ver um garoto, ele é meio baixo e seu cabelo é como aqueles cabelos de índio, eu me arrepio e arregalo os olhos enquanto ele passa por nós arrumando os óculos grandes, logo eu aperto o ombro de Armin, que pausa o jogo para me olhar.

- O que foi?

- Você viu? Você viu ele?

Pergunto de olhos arregalados e meio incrédulo pelo meu próprio comportamento.

- Não, não vi ninguém. O que foi?

- Ele era tãaaao fofo!

Falo e vejo a cara de espanto de Armin pela minha reação, e logo ele começa a rir feito um idiota me fazendo ficar com as bochechas levemente coradas.

- Pare de rir! Agora estou me arrependendo de ter falado com você.

Falo e ele para de rir aos poucos passando um braço em volta do meu pescoço pra me confortar.

- Ah vamos, foi engraçado, faz tempo que não vejo você histérico.

Ele fala e eu resmungo algo baixo logo o puxando para a sala quando escuto o sinal bater. Inconsciêntemente eu desejo que aquele garoto participe dessa aula, mas eu sei que não iria acontecer, ele parecia tão perdido quanto eu ontem então ele provavelmente iria ficar o dia todo cuidando das coisas da ficha.

Quando nos sentamos Íris e Violett sentaram-se perto de mim e nós podemos conversar, eu até apresentei meu irmão a elas, mas ele não deu muita bola pois estava no meio de uma partida importante.

Quando sai da sala já era o intervalo e eu estava procurando um lugar vazio para que eu podesse ter algumas idéias. Enquanto andava vi Armin se sentar em uma das cadeiras de uma sala vazia e continuei seguindo contra o fluxo até achar um ginásio, eu sorrio vendo o espaço vazio entre as arquibancadas e me sento ali subindo meu capuz e me escondendo debaixo das escadas com paz e tranquilidade, logo coloco minha música mais relaxante e começo a desenhar pequenas modelos nas últimas folhas do meu caderno, em pouco tempo eu já havia começado a desenhar o meu primeiro vestido.

[Kentin Version]

Eu havia acabado de chegar na escola e já dei de cara com Lynn no corredor, ela estava linda, como sempre na verdade. Eu sorri abertamente enquanto ela falava então percebi que ela tentava ser mais gentil comigo enquanto me dava um fora, eu conservei o sorriso e a pedi ajuda sobre o grêmio.

Mudei de escola por causa da garota que eu sou pedidademente apaixonado, sei que ela não me dá muita bola mas estou disposto a fazer isso mudar. Com um sorriso eu me mantinha prestativo e carinhoso sempre, queria que ela soubesse que eu sempre estarei lá para ela.

[…]

Eu fiquei na escola naquele dia, meus pais não estariam em casa de qualquer maneira. Lynn havia ido embora assim que acabou com as fichas, mas eu estava disposto a explorar mais a escola para que soubesse responder qualquer coisa que ela pudesse falar.

Finalmente deu o horário do intervalo e eu sai da biblioteca meio envergonhado pela altura de todos ali perto de mim, poucas pessoas haviam sido realmente gentis comigo hoje, mas eu só queria comer meu biscoito e ficar quieto um pouco.

Eu já sabia que perto da saída da escola havia uma quadra e que lá ficava bastante vazio a maior parte do dia então fui andando para lá sem muito ânimo. Quando chego lá eu pude escutar uma música baixa tocando de alguma parte do ginásio, o que me fez franzir o cenho, logo eu vejo uma blusa colorida escondida entre as sombras e fico parado olhando com um pouco de medo. Aquele cara vai acabar me roubando, o que ele está fazendo aqui sozinho?!

Quando me aproximo mais um pouco eu me arrependi pelas minhas palavras, pois vi que ele estava desenhando um lindo vestido e logo sorri curioso. Enquanto eu prestava atenção no desenho o garoto se virou para mim e corou fazendo uma cara surpresa, mas logo se controlou, eu ainda não tinha capacidade de controlar meu rubor de vergonha e fiquei avermelhado.

- D-desculpe espiar.. É que parecia tão bonito.

Eu falo envergonhado e posso ver um sorriso nos lábios dele, e logo o escuto dizendo calmamente.

- Não tem problema, aliás, sou Alexy, muito prazer.

- M-meu nome é Ken.. Bem, desculpe novamente, eu já vou sair.

Falo e me viro envergonhado por ter sido pego espiando, mas logo escuto a voz do garoto me chamando e paro no meio do passo me virando para ele.

- Não vá, fique, eu só estava detalhando não se preocupe.

Ele fala e eu sorrio por baixo dos óculos logo subindo a arquibancada para me sentar na altura dele.

- Foi você que desenhou isso? É lindo..

- Foi sim.. Obrigado.

Ele fala e nós começamos a conversar sobre desenhos e biscoitos, ele parecia uma pessoa legal então eu poderia acrescentar ele a lista de pessoas gentis que eu conheci hoje.

Alexy prometeu que um dia me faria uma roupa e eu ri concordando, logo ouvimos o sinal bater e ele se levanta se arrumando e olho para ele acenando em despedida.

- Até mais, tenho que ir.

 Ele se desculpava enquanto corria para não chegar atrasado, eu sorria animado e terminava de comer meus biscoitos. O que eu não percebi é que Alexy também sorria, feito um bobo, e estava vermelho como uma pimenta.


Notas Finais


Agradeço que tenham chegado até o final ❤ Próximo capítulo mais personagens irão aparecer.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...